Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Problema sanitário

Em tempo de guerra...

... mulheres e crianças primeiro


Curtas afirmações/questões

"O secretário-geral da ONU apelou este domingo ao fim imediato das hostilidades entre Israel e o Hezbollah e condenou o bombardeamento israelita a Cana, que matou pelo menos 52 civis, entre os quais 30 crianças, noticia a agência Lusa. "

Algumas afirmações/questões a propósito destas pérolas:

1) Há vários anos que a ONU exige o desarmamento do Hezbollah;
2) Há muitos anos que está estacionada na região uma força da ONU;
3) Nada disto pesa na consciência de Kofi Annan (isto esquecendo o negócio do seu filho com Saddam).

Nada disto impediu o bombardeamento de cidades no norte de Israel e a acção terrorista que raptou os soldados israelitas. Por isso, ao afirmar que é necessário declarar um cessar-fogo imediato e enviar uma força de paz para a fronteira entre o Líbano e Israel, a comunidade ocidental continua a demonstrar à Palestina e a Israel que eles não podem esperar grande coisa dela. Aliás, como tem acontecido ao longo dos tempos...

AI (não é inteligência artificial)

Amnistia Internacional


"A Amnistia Internacional (AI) pediu esta sexta-feira «um embargo imediato» de armas a Israel e à milícia xiita libanesa do Hezbollah até ser resolvido o conflito no Médio Oriente. A Amnistia mostrou a sua preocupação pela notícia divulgada no Reino Unido de que dois aviões norte-americanos com mísseis para Israel fizeram escala no passado fim-de-semana no aeroporto escocês de Prestwick."

Desde o ano 2000, altura em que Israel se retirou do sul do Líbano, que o Hezbollah se vêm fortalecendo com armamento mais sofisticado fornecido pela Síria e pelo Irão. Pergunta-se onde andariam os membros da Amnistia Internacional?! Agora que Israel está a receber mísseis para assegurar a sua defesa e principalmente a sua sobrevivência, aparece a AI a pedir “um embargo imediato” de armas a Israel e à milícia xiita libanesa do Hezbollah. Sabe-se que é praticamente impossível efectuar qualquer embargo ao Hezbollah pelo que, subtilmente, a ideia é embargar Israel e contribuir para a aniquilação do Estado Judaico.

Durante todo o conflito contra o terrorismo, a AI sempre demonstrou tendenciosa revelando só pretensas violações ocidentais aos direitos humanos. E continua, debitando as sinfonias da Orquestra Vermelha... Vícios que não se perdem...

Terroristas

"A Rússia divulgou hoje uma lista com 17 organizações que considera ser os grupos terroristas existentes no mundo, sem mencionar entre eles o Hezbollah ou o Hamas."

Só não incluíram na lista os EUA, o Reino Unido e Israel, isto porque “parecia” mal.

Freitas, e os louvores

Ao abandonar as funções de Ministro, Freitas do Amaral fartou-se de louvar, com publicação no Diário da República, o pessoal do seu Gabinete. Para quem gostar destas palhaçadas, as 30 agraciações estão disponíveis para consulta no jornal oficial da república.
Há contudo um louvor que ficou pelo caminho porque, ao que dizem as más-línguas, o Primeiro-Ministro Sócrates o travou a tempo.
Mas, via e-mail, chegou-me o rascunho do Louvor que nunca foi, nem será dado à estampa no Diário da República. Ei-lo:
Gabinete do Ministro
Louvor nº 1169/2006

Louvo Luciana Possani, a minha massagista particular de nacionalidade brasileira, pela forma muito
dedicada, leal, por vezes canina, competente, eficaz, profissional e bem sucedida como exerceu as suas funções nas difíceis e exigentes condições da minha pobre coluna, uma verdadeira prateleira de "bicos-de-papagaio".
Trabalhando sempre para além do horário normal a que estava obrigada, sem nunca ter exigido fosse o que fosse em troca, e tantas vezes também ao fim-de-semana, nunca se furtou a esforços para me endireitar a coluna, e só a coluna, nunca adiou uma massagem para o outro dia, nem nunca fez nada pela metade, e nunca fechou as luzes antes de tudo estar pronto - e perfeito - para o dia seguinte.
Louvo, em particular, as mãos de veludo da Luciana, que nunca mais esquecerei.
Foi, o que se pode chamar, uma massagista modelo.

30 de Junho de 2006 - O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Diogo Pinto de Freitas do Amaral.

Pensão Milionária

Marcelo Rebelo de Sousa disse ontem que não receberia a pensão de reforma de três mil euros atribuída a Manuel Alegre por três meses de trabalho na Radiodifusão Portuguesa após o 25 de Abril de 1974.
Entrevistado na RTP 1, Marcelo Rebelo de Sousa disse que não está em causa a personalidade de Manuel Alegre, mas sim “este sistema iníquo, que permite uma pensão destas por três meses de trabalho”.
Fonte: Correio da Manhã

Pianinho

A nossa "famosa" pianista Maria João Pires decidiu abandonar Portugal e "refugiar-se" no Brasil. Mais concretamente para a Bahia, que como todos sabem tem um pouco mais de praia que Castelo Branco.
Segundo a senhora, foi para lá porque se sente maltratada pelo país, mais especificamente pelo Estado Português. Ao que parece não lhe deram o apoio suficiente para o seu "magnífico" projecto artístico.
Acontece que o Ministério da Cultura informou que desde 2000 a Sra. Maria João Pires recebera um milhão e oitocentos mil euros de subsídios!!! 1.800.000 mil euros de subsídios!!!
Por sua vez o Ministério da Educação informou que deu 65 000 euros ao "projecto artístico" e que ainda está à espera de receber os comprovativos de onde o dinheiro foi investido.

Bolas, como gostava se ser assim tão maltratado pelo nosso Estado Português! Com um milhãozito de euros era bem capaz de ir residir para o Brasil e gozar a minha reforma!!!

Anedotas (II)

Mas a que propósito é que Sócrates se encontrou com o H.Chavez? Qual a "interessante" agenda? Estes socialistas são mesmo uns palhaços...

Anedotas

Presidentes
Palhaços

Dada a anedota do acontecimento, a seguir com particular atenção a visita do macaco sul americano ao Irão, que será, com certeza, um momento de particular interesse.
A riqueza da argumentação dos dois Chefes de Estado é do melhor que se pode encontrar actualmente na verborreia política internacional.
Antes de chegar a Teerão, onde de certeza defenderá o mais-do-que-pacífico projecto nuclear iraniano, o político venezuelano já deixou, no Qatar, umas pérolas políticas.
A intervenção de Israel no Líbano foi planificada pelo Pentágono, considera.
Resta saber quem teria organizado o plano de rapto de militares israelitas?
E, como um dislate nunca vem só, o senhor caracteriza de Israel como fascista.
Se para Teerão o Estado israelita age como o III Reich e agora para Caracas Israel segue a doutrina de Il Duce, serão, porventura, os actuais regimes de Caracas e Teerão os libertadores do mundo?
Há muita gente que, de duas uma, ou deturpa a realidade ou a História que aprendeu na escola não foi a correcta. Dá-se ainda a hipótese dos dois casos. Não seria de admirar!
Civismo condicionado

O ar condicionado pinga para o passeio, molhando o transeunte descuidado.
É o equivalente do “lá vai água” medieval...

Mais uma desse excremento...

Privatização do Rivoli

A Câmara do Porto pretende livrar-se do Rivoli. A razão apresentada foi uma reforma estrutural, mas facilmente as razões políticas são descobertas. A cedência do Pavilhão Rosa Mota também levanta muitas questões, mas neste blog a cultura é prioritária, por isso, falemos do Rivoli.

Com a cedência desse espaço a Filipe La Féria o que sucederá à cultura nortenha? Como pode um lisboeta agradar ao Porto quando as culturas são tão diferentes? O que sucederá às nossas raízes culturais? Darão lugar ao fado?

O mais grave é que sem este edifício municipal diversos eventos lá realizados seriam deslocados para outras cidades ou terminados. Se para alguns eventos não faz diferença, o que dizer daqueles que foram colocados no Rivoli por falta de alternativas? Se 70% do investimento cultural se faz em Lisboa é porque no resto do país não temos espaços destinados a esse fim.
O Museu de Serralves e a Casa da Música, com eventos todo o ano e com edifícios próprios, são famosos em todo o país, mas além fronteiras um único evento torna o Porto uma Capital da Cultura ano após ano. Em todos os continentes existem pessoas interessadas em vir ao Porto para assistir ao festival de cinema. Depois de 26 anos de crescimento contínuo ao lado do Porto, muitas vezes com dificuldades, será desta que o Fantas deixará cair o sufixo? Não, foi o Porto que primeiro deixou cair o Fantas.

Está a ser assinada uma petição - Juntos No Rivoli - e ontem decorreu uma manifestação
.

(p.s.): aos portuenses que insistiram na aberração, muitos parabéns pela porcaria...

Piadinha (II)

Joãozinho entra no quarto e pega a mãe fazendo a famosa posição sexual, "cavalgando" no seu pai.
Joãozinho surpreso, sai correndo.
A mãe assustada sai da cama, se veste e vai atrás do Joãozinho, preocupada com o que o garoto tinha visto Joãozinho então pergunta à mãe:
- O que a senhora e o papai estavam fazendo?
Surpresa, a mãe logo pensa em uma desculpa:
- Ora - disse ela. - Seu pai tem uma barrigona e eu estava tentando achatá-la...
- A senhora esta perdendo seu tempo! - disse o garoto.
- Porque? - perguntou a mãe intrigada.
- Toda vez que a senhora vai pro shopping, a vizinha vem aqui, se ajoelha, e sopra tudo de volta!

Orgias


Piadinha (I)

Uma senhora no autocarro lia um artigo sobre estatísticas numa revista. Decide comentar com o viajante do lado:
- O senhor sabe que de cada vez que abro a boca morrem 15 pessoas?
- Muito interessante minha senhora. Já experimentou lavar os dentes?

"Xeque" sem cobertura

"O xeque sírio Omar Bakri foi entrevistado em Londres, há dois anos, pelo jornal ‘Público’: “Não distinguimos entre civis e não civis. Apenas entre muçulmanos e descrentes. E a vida de um descrente não tem qualquer valor”, disse ele.

No ano passado houve os atentados de Londres – sem importância, só morreram 56 pessoas sem valor. Há meses, Tony Blair expulsou o xeque Bakri porque pregava atentados. Ele foi para o Líbano.

Esta semana, Bakri tentou entrar num barco inglês que foi buscar refugiados a Beirute – mas não o embarcaram, apesar do valor conhecido da sua vida. Protestou na CNN: “Como qualquer pessoa tenho direito a ser salvo.” Eu podia dizer que esperava do xeque que quisesse ser mártir. Mas, verdade, verdadinha, não esperava nada
."

Falecimento

Não é para rir, uma notícia destas, mas que dá vontade lá isso dá

Deputado(s) da Nação

Virgilio Almeida Costas, deputado, faltou 45 vezes às 103 sessões plenárias, mas justificou todas as faltas. É o campeão das ausências no Parlamento.
No total, os deputados deram 1.900 faltas (8,26 per capita), mas apenas 13 dessas faltas não foram justificadas.
Será que precisamos mesmo destes tipos? Palavras para quê?

Afinal, a Terra não saiu do sítio

A Terra ficou no mesmo sítio. De nada adiantou que 600 milhões de pessoas ontem tenham saltado ao mesmo tempo, exactamente 13 segundos após as 11h39, mais uma hora em Portugal. Mesmo se tal aconteceu – como reclama um alemão que tentou mobilizar saltitões na ‘net’ – a Terra continua tão longe do Sol como antes.
Boas intenções não dobram as leis da Física. E a intenção até era boa – afastar a Terra do Sol para acabar com o aquecimento global.
Desapontem-se os saltitões – mesmo que 600 milhões de indivíduos, cada um com 75 quilos de peso, fossem ejectados, a diferença de massa da Terra não conduziria a qualquer alteração orbital significativa. Tal ejecção produziria energia equivalente a apenas dois por cento da libertada por uma bomba de hidrogénio moderna e um desvio ínfimo da órbita – uma pequena fracção do raio de um átomo
Fonte: Correio da Manhã

Piadinha

Uma amiga diz a outra:
- O meu marido fugiu com a minha melhor amiga... tenho tantas saudades dela!



Lá diz o ditado...

Galinha a galinha enche o galo o papo!


Image Hosted by ImageShack.us
"Véndu gálinh pr'á escumprár sápátu!"

O Patriota

Clicar na imagem para aumentar o texto

Imigração Qualificada

"Uma operação da GNR de Sintra permitiu anteontem deter um cabo-verdiano de 31 anos, sobre quem pendem suspeitas de ser o maior traficante de cocaína das zonas da Tapada das Mercês, Mem Martins, Serra das Minas e Rio de Mouro. A operação permitiu ainda apreender 154 doses de cocaína, uma lamela com nove comprimidos Nostan, uma pistola calibre 6,35 mm, 13 telemóveis e 4840 euros em dinheiro. Presente ao Tribunal de Sintra, o suspeito recolheu em prisão preventiva ."
O que seria de Portugal sem esta imigração qualificada? Felizmente com a nova lei da prisão preventiva, futuros casos como este vão aguardar o julgamento em liberdade...

Datas com História: 20 de Julho de 1944


Claus Schenk Graf von Stauffenberg conseguiu colocar uma bomba-relógio debaixo da mesa de um dos salões do quartel-general de Adolf Hitler, em Rastenburg, na Prússia Oriental, conhecido como «a toca do lobo» (Wolfsschanze).

Os explosivos, colocados dentro de uma mala de mão, explodiram como previsto, mas Hitler acabou milagrosamente salvo pela grossa mesa sobre a qual estava sentado.

Das várias tentativas de assassinato do ditador alemão, esta foi aquela que esteve mais perto do sucesso.



1. Adolf Hitler
2. Field Marshall Wilhelm Keitel
3. Gen Alfred von Jodl
4. Gen Walter Warlimont
5. Franz von Sonnleithner
6. Maj Herbert Buchs
7. Stenographer Heinz Buchholz
8. Lt Gen Hermann Fegelein
9.Col Nikolaus von Below
10. Rear Adm Hans-Erich Voss
11. Otto Gunsche, Hitler's adjutant
12. Gen Walter Scherff (injured)
13. Gen Ernst John von Freyend
14. Capt Heinz Assman (injured) 15. Stenographer Heinrich Berger (killed)
16. Rear Adm Karl-Jesco von Puttkamer (injured)
17. Gen Walther Buhle
18. Lt Col Heinrich Borgmann (injured)
19. Gen Rudolf Schmundt (killed)
20. Lt Col Heinz Waizenegger
21. Gen Karl Bodenschatz (injured)
22. Col Heinz Brandt (killed)
23. Gen Gunther Korten (killed)
24. Col Claus von Stauffenberg
25. Gen Adolf Heusinger (injured)

Pacifismos...

Irão
Depois de afirmar que a finalidade nuclear iraniana é pacífica, o argumento do Presidente foi quebrado pelo Ministro da Defesa iraniano, aquando de uma visita que recentemente efectuou a Damasco, tendo o governante referido que o Irão pode recorrer ao emprego de força nuclear.
Desta feita o flamejante de Teerão anuncia mudanças no programa nuclear, do qual não prescinde.
Só faltou dizer que o programa deixa de ter um objectivo pacífico para ter um militar. Como aliás, sempre se evidenciou.

Israel (II)


A resposta de Israel é proporcional ao que está em jogo: a sua sobrevivência como Estado independente, livre e autónomo.
Será proporcional esperar uma solução política internacional para o conflito? Mas essa solução não exitiu já? A Resolução 1559 do Conselho de Segurança da ONU não previa já o desarmamento do Hezbollah? Foi essa Resolução cumprida? Não.
Será propocional esperar por uma solução negocial para o conflito? Mas com quem pode Israel negociar? Com um movimento terrorista que domina um governo e apenas pretende o fim de Israel?

O exército permanente de Israel é mais pequeno do que os exércitos do Egipto, do Irão e da Síria. Além disso, Israel é apenas um país que tem de defrontar diariamente uma combinação de inimigos. Israel não tem qualquer outra opção senão basear a sua política de armamento tendo em conta as capacidades de toda a região. É que a história está aí para demonstrar que os conflitos na zona podem ocorrer entre Israel e uma aliança de países árabes, alguns dos quais têm poderio militar muito superior ao de Israel.

Israel (I)

Israel não será refém do terrorismo.

"O Exército israelita está a pedir à população civil, através do lançamento de panfletos pelos aviões do exército, que abandone as suas posições na fronteira israelo-libanesa, numa altura em que a aviação israelita está a bombardear a cidade de Tiro, uma das maiores cidades do Líbano."

"Os alvos preferenciais do Hezbollah e do Hamas são civis. Atacam indiscriminada e aleatoriamente com granadas que se desfazem em estilhaços de metal para maximizar as baixas civis. O objectivo de Israel é atingir a infra-estrutura do Hezbollah e seus meios – locais de armazenamento de armamento, quartéis-generais, pontes usadas para deslocar-se e transportar material para o sul do Líbano, esconderijos dos terroristas, tanques de petróleo – que na grande maioria das vezes estão inseridos em locais civis, pondo em risco a vida das populações.

De cada vez que o Exército de Israel pretende atingir uma infra-estrutura terrorista, avisa a população horas antes através de panfletos deixados cair por aviões, acabando, logicamente, por alertar também os próprios terroristas. Israel não quer matar civis.

Na realidade, o Hezbollah é um braço do Irão na região, que tomou como refém o governo libanês e actua como um verdadeiro Estado dentro de um Estado. Esta é a principal razão pela qual o governo libanês ainda não cumpriu a resolução 1559 do Conselho de Segurança das Nações Unidas – esse governo perdeu controlo sobre a parte sul do Líbano porque a milícia do Hezbollah está muito melhor equipada militarmente do que o próprio Exército libanês.

Durante anos, Israel, tentando prevenir uma escalada de violência na região, evitou responder de acordo com a sua capacidade militar. Sempre que bombardeavam Israel, que suicidas se matavam nos cafés, restaurantes, universidades, autocarros e ruas, Israel respondia atingindo alvos terroristas específicos e não civis, apesar de o ‘modus operandi’ destas duas organizações ser o actuar a partir de áreas populosas, colocando propositadamente em risco a vida da população local, para assim poderem responsabilizar Israel pelos civis atingidos, aos olhos da comunidade internacional
(mais
aqui)."

Sô Dona Marisa Letícia

Marisa Letícia, mulher de Lula, obteve a naturalidade italiana para si e para os seus filhos. Questionada sobre a situação a primeira-dama limitou-se a responder, "Para que meus filhos possam ter um futuro melhor!". Os brasileiros estão indignados, os italianos também! Nós, os portugueses, dos brasileiros já esperamos tudo! Não há povo mais engenhoso, mais indolente, mais divertido, mais falador, mais fantasioso, mais feliz! O Brasil é tudo e é nada, é promessa adiada, e o caricato é ser o poder o maior entrave à afirmação deste colosso.
Agora só resta ao Brasil fundir-se com a Itália. A máfia que se cuide!


Sou viúva mas não sou parva...


... só o futuro do meu marido me dirá se vou emigrar, pois o presente não me garante nada!


Nota: brasileiros, revoltem-se! Nós ajudamos, um pai nunca renega os filhos. Afinal, se não tivéssemos descoberto o Brasil vocês não existiam! E sim, gostamos do Brasil, muito, embora vocês não saibam. E não, não somos atrasados; temos melhores infra-estruturas, segurança, tecnologia e poder de compra. Falta-nos o vosso calor - sol temos quanto baste - para sermos o paraíso. Assim, continuem a emigrar para cá, mas deixem a Letícia ir para Itália. Ficamos todos a ganhar!

Justiça

Não há estado de direito sem justiça. A deformação deste pilar é o primeiro passo para a ruína de um país. Não basta a evolução tecnológica, a criação de infra-estruturas, o aumento do poder de compra. Acima de todos estes direitos está a liberdade, e essa só se conquista quando há equidade social. O pior sinal, o pior, é sentirmos que a justiça não é igual para todos!


Recebi por email este excerto do Diário da República de 17 de Fevereiro de 2006...

.... e não, não acredito em coincidências!

Kulinária: Açorda de Marisco

Ingredientes:

600 g amêijoa
600 g berbigão
600 g camarão
4 ovos
600 g pão de véspera
4 dente(s) de alho
1 dl azeite
1 ramo coentros q.b.
sal q.b.
Pimenta q.b.
Piripiri em pó q.b.

Preparação:

1. Coloque de molho, em separado, as amêijoas e o berbigão para que largem a areia.
Se optar por congelados, não necessita desta operação.

2. Coza os camarões em água e sal e conte 2 minutos após levantar fervura.
Escorra os camarões e reserve a água da cozedura.
Descasque-os, deixando alguns de parte para enfeitar.

3. Abra as amêijoas e os berbigões, retire-os das conchas e
Junte o líquido coado que largaram à água do camarão.
Leve esta mistura ao lume e, quando ferver, deite-a sobre o pão cortado em bocados.

4. Entretanto, pique os alhos e aloure-os ligeiramente com azeite e os coentros.
Junte o pão espremido e mexa com uma colher de pau.

5. Vá batendo o pão sobre o lume e se necessário, junte um pouco de líquido
Onde o pão demolhou, para que a açorda não fique seca.
Tempere com sal, pimenta e piripiri e, fora do lume, retire os coentros.

6. Junte os mariscos e os ovos, misturando bem. Mexa muito rapidamente.

7. Enfeite com os camarões com casca que reservou e polvilhe com coentros picados.
Sirva imediatamente.


Bom Apetite ...

Porto: O antigo Rio de Liceiras

Um artigo de um Domingo no JN do enorme Germano Silva.

Norte é a região mais miserável dos 15

O organismo responsável pelas estatísticas europeias revelou os valores do PIB.
O valor de 100 corresponde à média europeia. Ou seja 70% significa que em determinada região o PIB é 70% do PIB comunitário.Vejam então a confirmação daquilo que há muito digo neste blogue.

Norte de Portugal = 57,4 por cento

Açores 61,1

Centro 61,3

Alentejo 66,4

Algarve em 78,7

Madeira 90,4

Lisboa 104,3

Os números falam por si, de tão escandalosos que são.

Perante isto, a regionalização só por si já não chega, é pouco!

Somos a região mais miseravel da velha União Europeia com 15 estados, mas mesmo assim temos nortenhos, alguns dos quais com responsabilidades a defender a continuação da vassalagem a Lisboa, nós os Callaicos somos realmente um povo de vassalos e sem identidade, é triste dizer-se isto, mas é a realidade. E Lisboa nem precisa de exigir ao norte vassalagem, o povo do norte presta-lhe vassalagem voluntariamente e com a bandeirinha portuguesa na mão ou na janela. Alguns são tão coitados que até estão dispostos a levar uma bandeira do Sport Lisboa numa mão e a bandeira portuguesa noutra, essas pessoas podiam era mudar-se para Lisboa, não fazem qualquer falta ao norte!

Norte=57%, Lisboa=104% e mesmo assim os responsáveis máximos deste país assumem que os maiores investimentos para a próxima década serão em Lisboa, mas não obstante isto os vassalos do norte vão lá bater-lhes palmas com uma bandeirinha de Portugal na mão, de facto os nossos antepassados teriam vergonha em ver aquilo em que nos transformamos enquanto povo, vassalos, economicamente miseráveis e totalmente submissos.

http://jn.sapo.pt/2006/05/18/ultimas/Regi_es_mais_pobres_de_Espanha_.html

E para que não existam mal-entendidos, eu não culpo Lisboa nem os Lisboetas, eu culpo os nortenhos !

Estes números têm que ser divulgados até à exaustão, não podemos escamotear esta realidade!

http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_digital/news.asp?id_news=67273

A região de Lisboa tem um rendimento per capita que é mais de três vezes superior à da região do Tâmega.

Para os nortenhos este país é uma ruina!

Que futuro para o Norte?!

As regiões administrativas do Norte, Centro, Alentejo e Açores, que se mantêm classificadas no grupo das mais pobres da UE - denominado "objectivo da convergência" - terão direito a um montante global de 15.240 milhões de euros durante os sete anos a título do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e do Fundo Social Europeu (FSE).

A região de Lisboa, que é a única acima da média europeia, receberá "apenas" 436 milhões de euros. O Algarve está também ele a aproximar-se da média europeia, e por isso só receberá 254 milhões de euros.

A União Europeia atribui estas verbas às regiões mais pobres da União Europeia, no entanto quem nos garante (ou me garante, já que a generalidade dos nortenhos não está minimamente preocupada) que efectivamente estas verbas serão de facto canalizadas e utilizadas nas regiões mais pobres?

Não estou a ver esses fundos a caírem na região norte (e nas restantes) sem passarem primeiro pelo Terreiro do Paço, até porque em Portugal nem sequer existem regiões administrativas (graças ao fantástico trabalho pró-centralista do PSD e do CDS-PP)!

Já sabemos que este dinheiro não será administrado pelas regiões, porque elas simplesmente não existem, portanto inclino-me para a possibilidade destas verbas virem a ser gastas na OTA e no TGV.

A gravidade da ausência de regionalização é facilmente verificada quando nos últimos quadros comunitários Lisboa foi forçada a devolver fundos a Bruxelas, porque os fundos que não foram gastos nas regiões pobres por falta de projectos nessas mesmas regiões (a responsabilidade é de Lisboa, ou se preferirem do Terreiro do Paço, já que é aí que se planeia,decide e aprova, logo não podemos culpar "regiões" que nem sequer existem) foram efectivamente “devolvidos” a Bruxelas.

A União Europeia concede fundos às regiões mais pobres… mas a maneira como tais verbas são geridas em Portugal é no mínimo dos mínimos obscura, alguém sabe quem é o presidente da CCDRN para o responsabilizar? Apenas meia dúzia sabe quem ele é, o cidadão comum não sabe. Mas o Alberto João Jardim, esse todos sabem quem é, tem que mostrar trabalho para ser reeleito, e mostra-o!

Mas como já disse anteriormente, o povo do norte devido ao voto que teve no último referendo (excluindo o Porto) parece satisfeito com a situação actual, é a região mais pobre da Europa e quem corre por gosto não cansa!

A realidade migratória na diocese do Porto via agência Ecclesia

Transcrevo a notícia da agência Ecclesia, datada do dia 25 de Maio de 2006

A realidade migratória na diocese do Porto “é muito diferente de Lisboa”. O auxílio prestado pelo Secretariado diocesano das migrações destina-se essencialmente aos imigrantes de Leste. “No nosso atendimento mais de 90% são imigrantes de Leste” – disse aquela representante. E acrescenta: “ocasionalmente é que aparece um ou outro imigrante africano ou do Brasil

http://www.agencia.ecclesia.pt/noticia.asp?noticiaid=33086

O norte de Portugal não precisa de imigrantes, pelo contrário, a nossa situação económica faz com que existam cada vez mais emigrantes, no entanto a existirem aqui imigrantes, então prefiro sem qualquer dúvida os europeus de leste. Sei que esta frase desagradará muito aos mais patrioteiros, mas prefiro mesmo os europeus de leste a boa parte dos portugueses da Amadora, independentemente de terem ou não um BI igual ao meu. E sejam eles portugueses ou não, sei muito bem o que não quero aqui na Callaecia.

Morreu o Mike Hammer !!!

Quero eu dizer o Mickey Spillane. Acredito mesmo que todos confundiam escritor e personagem. (ele próprio, porque deu mesmo o seu primeiro nome ao detective...)

Aos 18 anos comecei a ler alguns dos romances do Mickey Spillane. Tornou-se numa leitura sofrega, e cada vez que a Vampiro publicava um era devorado numa noite. Tiros emais tiros, murros que abriam logo um tipo ao meio, e o Mike depois de ser atacado por um bando enorme de bandidos do mais maldoso que há, de ficar amarrado, amordaçado, no fundo de uma cave que se enchia de gás, ou atirado ao rio atado de pés e mãos, lá ressuscitava e dava cabo deles todos! E, claro, as mulheres que lhe caíam aos pés.

Era o meu herói!

É a prova de que o mal nunca vence, e de que o bem, apesar de dizer palavrões, ser bastante bruto, fumar que nem uma chaminé, e nem sempre ser gentil para com as senhoras (excepto a querida Velda) o bem acaba por vencer mesmo que não lhe agradeçam muito.

E agora?

Sem o Mike, quem nos protege dos maus deste mundo?!

Hoje é o dia do grande salto

Hoje é o dia do grande salto para afastar ligeiramente o planeta Terra da orbita solar, e assim, atenuar o aquecimento global.
O momento do salto em Portugal foi às 11h 39m 13s.
Mais informação em http://www.worldjumpday.org

Poupem, dizem eles...


Qual é o país que se fez representar na Cimeira da CPLP, na Guiné, pelo seu Presidente da República e pelo seu Primeiro Ministro?
Qual é o país que fez deslocar os dois altos dirigentes da nação à Guiné, em dois aviões, (um para o Cavaco e outro para o Sócrates), que aterraram no aeroporto de Bissau, com uma diferença de 2 minutos, um do outro?
Só de facto um país rico como Portugal se pode dar ao luxo disto. Será que os dois governantes não podem viajar juntos? Será que somos nós que pagamos estes luxos, orirundos das mentes mentecaptas das cabeças (que deveriam ser) pensantes deste país? Não acham que isto é de facto chamar burros a todos nós?

Belo e doce Bikini faz 60 anos

Ainda em 1935, as mulheres que iam até à praia eram sujeitas a verificações do vestuário. Umas pernocas à mostra poderia ser pecado, e tudo corria muito bem! Tão bem, que logo a seguir deflagrou a 2ª Guerra Mundial.
Apesar de já haver essas magnificas peças de "ida à praia", como bom francês chauvinista que apenas reconhece qualquer coisa desde que seja em feita em França, Louis Reard inventa oficialmente o bikini, nome de um atol que os franceses possuem lá para os lados do Pacifico. Os franceses ficaram tão contentes com esta descoberta, que resolveram provocar umas explosões nucleares lá para essas bandas. Foi um foguetório valente para comemoração desta invenção francesa, apesar de já ter sido inventada uns anos antes.
Timidamente, o bikini lá conquistava quota de mercado nas mulheres e aumentava a ciumeira dos maridos. Mara grande partes dos países e cidadãos respeitadores do mundo, o bikini continuava a ser pecado. Durante muito tempo, o uso de bikini foi proibido nos concursos de Miss Mundo por causa do puritanismo norte-americano. Mas como a união faz a força, renderam-se e os concursos para miss mundo ficaram mais interessantes:
Os brasileiros acharam que o bikini tradicional levava muito pano, e resolveram re-inventar a peça. De cada bikini antigo, conseguiram fazer uns 10 dos novos. A isso se chama poupança, e na minha opinião meramente pessoal, de estética duvidosa. Mas gostos são gostos.

Tomou-lhe o gosto...

The Simply Google

Chega de ficar procurando por caminhos tortuosos...
Tudo concentrado, tudo à mão!
Chegou o SIMPLY GOOGLE

Olimpíadas de Física: portugueses com bronze e menção honrosa

Ainda melhor que a Selecção... mas sem receberem 50.000 € cada um...

Alunos portugueses do 12.º ano conquistaram duas medalhas de bronze e uma menção honrosa na 37.ª Olimpíadas de Física, que teve lugar em Singapura, de 8 a 17 de Julho.
Segundo a edição desta quarta-feira do jornal Correio da Manhã, Flávio Coelho, do Colégio Luso-Francês, no Porto, e Rui Barbosa, da Escola Secundária Carlos Amarante, em Braga, foram os alunos distinguidos com as medalhas de bronze nesta competição anual.
Quanto à menção honrosa, foi atribuída a André França, da Escola Secundária Emídio Navarro, em Almada.
Da comitiva portuguesa fizeram ainda parte João Baptista, também da Escola Secundária Carlos Amarante, e Leonardo Novo, da Escola Secundária da Maia.
As 37.ª Olimpíadas de Física contaram com participantes de 93 países, um número recorde, tendo a vitória absoluta ficado na posse de um estudante da Indonésia.
Fonte: Diário Digital

Transformação fundamental

O Fundo Monetário Internacional (FMI) defendeu ontem que Portugal precisa de uma “transformação fundamental” do Estado e da economia, nas conclusões preliminares das consultas que desenvolveu recentemente no país, divulgadas no seu endereço electrónico.
Esta necessidade é o resultado dos acentuados desequilíbrios orçamentais e da erosão da capacidade de afirmação internacional, em resultado do baixo crescimento da produtividade e das pressões oriundas da Ásia e dos novos membros da União Europeia. Esta situação, acrescenta a instituição, requer o reforço da concorrência interna, a melhoria do ambiente de negócios, o aumento da eficiência governamental e a redução do défice público através da redução de despesas.
Porém, mesmo com estas medidas aplicadas na totalidade, “o ambiente da economia doméstica continuará difícil e o crescimento relativamente vagaroso durante algum tempo”. Qualquer derrapagem na agenda das reformas, diz a instituição, terá um “impacto severo” na credibilidade do esforço de ajustamento, o que aumentará a sua duração e os seus custos.
O FMI prevê para 2006 um crescimento do produto interno bruto (PIB) um “pouco acima” de 1,0 por cento e o reforço da tendência em 2007, estimando para esse ano uma expansão da economia de 1,5 por cento.
Fonte: Público

Miseráveis Árabes

O que se passa neste mundo?
Somos obrigados a presenciar coisas destas ?
Temos que andar a pagar o petróleo carissímo a estes gajos, para termos este tipo de provocações ?

Há de certeza algo de errado neste mundo, para estas coisas acontecerem.

O carro do 38º aniversario do Principe Walled da Arabia Saudita!
Todo cravejado a DIAMANTES!!!
4,8 milhões de dólares... custo da "jóia", 1000 dólares para tocar-lhe...









Herói Nacional

Aristides de Sousa Mendes

Se fosse vivo, teria festejado ontem mais um aniversário.

Algumas semanas depois da invasão da Polónia por Hitler e do início da Segunda Guerra Mundial, Sousa Mendes tinha recebido instruções formais para não emitir vistos a determinadas categorias de refugiados – nomeadamente judeus e antifascistas – sem autorização prévia do Ministério dos Negócios Estrangeiros.
O ministro era nesse tempo o ditador Salazar. Ele e os seus colaboradores no Ministério não tencionavam facilitar a entrada em Portugal a refugiados que, por razões raciais ou ideológicas, consideravam como indesejáveis.
Os pedidos de autorização para passar vistos a esses grupos de indivíduos tinham por isso pouco êxito.
Sousa Mendes cedo o descobriu por si mesmo.

Dado que considerava as novas normas para a passagem de vistos como racistas e desumanas, começou por contorná-las e infringi-las naquilo que parecem ter sido, pelo menos inicialmente, casos isolados.
Foi descoberto pela polícia política portuguesa (P.I.D.E.) e o Ministério dos Negócios Estrangeiros foi informado.
Este último ordenou-lhe que parasse, ameaçando-o com medidas disciplinares.
É impossível estabelecer os números exactos, mas é quase certo que mais de 10 000 refugiados conseguiram fugir de França, atravessar o território espanhol e a seguir entrar em Portugal, graças aos vistos de Sousa Mendes.
Em 24 de Junho de 1940, o Dr. António de Oliveira Salazar, ditador e ministro dos Negócios Estrangeiros português, enviou 2 telegramas chamando imediatamente a Lisboa o cônsul-geral português em Bordéus, Aristides de Sousa Mendes.

O despacho acusava-o da "concessão abusiva de vistos em passaportes de estrangeiros". Ele significou o fim da carreira de 30 anos de Sousa Mendes. A verdade sobre o que tinha acontecido foi imediatamente silenciada pelo regime de Salazar.
Nem mesmo durante o processo disciplinar, realizado à porta fechada, se apurariam todos os factos.

Não sei se a toponimica da cidade já contempla a homenagem merecida a esta personagem.

Comunicação Social

"Projécteis lançados pelo movimento de Resistência Islâmica libanês alcançaram hoje as cidades de Haifa e Akko, no Norte de Israel, matando pelo menos oito pessoas e ferindo dezenas de outras, disse a polícia israelita."RTP

Eis um exemplo de como a nossa comunicação social consegue atingir o ridículo a defender o indefensável. Desde quando se pode definir o Hezbollah como movimento de Resistência Islâmica libanês? Resistência ao quê?

Israel retirou de Gaza e do sul do Líbano. O que aconteceu? Tornaram bases de guerrilheiros para atacar as cidades Israelitas. O terrorismo com o apoio da ideologia anti-semita europeia vai conseguindo levar a água ao seu moinho. Efectivamente a ferocidade e a ignorância com que os habituais defendem a causa palestiniana não consegue encontrar paralelo nos próprios palestinianos. E Israel, pressionado, vai cedendo terreno na sua luta pela sobrevivência.

Entretanto o Irão lá vai conseguindo desviar a atenção mundial.

Jobs for the boys

Número de funcionários no Estado aumentou até Junho

A Função Pública engordou no primeiro semestre de 2006, tendo agora mais funcionários do que no início do ano, e complicando assim os planos de José Sócrates para emagrecer o sector em 75 mil efectivos até ao final da legislatura, refere o Diário Económico de quinta-feira com base em dados da síntese financeira mensal de Junho, divulgada esta semana pela Direcção-Geral do Orçamento.
O Governo «não está a conseguir reduzir o número de funcionários públicos», sublinha o artigo explicando que, nos primeiros seis meses deste ano entraram para a Função Pública 22.420 pessoas, mas apenas se reformaram 12.254. Ou seja, com base neste aritmética simples, «houve um aumento líquido de 10.166 efectivos no universo de trabalhadores». Esta tendência, nota o jornal «contradiz os objectivos do Governo».

Fonte: Diário Digital

Datas com História: 19 de Julho de 1934

Nasce, na cidade do Porto, Francisco Manuel Lumbrales de Sá Carneiro.

Advogado de profissão, foi eleito pelas listas da Acção Nacional Popular, o partido único do regime salazarista, para a Assembleia Nacional, o parlamento fantoche do regime, convertendo-se em líder da Ala Liberal , onde desenvolveu diversas iniciativas tendentes à gradual transformação da ditadura numa democracia típica da Europa Ocidental. Colaborou com Mota Amaral na elaboração de um projecto de revisão constitucional, apresentado em 1970. Não tendo alcançado os objectivos aos quais se propusera, viria a resignar ao cargo de deputado com outros membros da Ala Liberal, entre os quais Francisco Pinto Balsemão.

Em Maio de 1974, após a Revolução dos Cravos, Sá Carneiro fundou o Partido Popular Democrata (PPD), entretanto redesignado Partido Social-Democrata (PSD), juntamente com Francisco Pinto Balsemão e José Magalhães Mota. Torna-se o primeiro Secretário-Geral do novo partido.

Nomeado Ministro sem pasta em diversos governos provisórios, seria eleito deputado à Assembleia Constituinte no ano seguinte, e em 1976 eleito para a I Legislatura da Assembleia da República.

Em Novembro de 1977, demitiu-se da chefia do partido, mas seria reeleito no ano seguinte para desempenhar a mesma função.

Em finais de 1979, criou a Aliança Democrática, uma coligação entre o seu PPD/PSD, o Centro Democrático Social-Partido Popular de Diogo Freitas do Amaral, o Partido Popular Monárquico de Gonçalo Ribeiro-Telles, e alguns independentes). A coligação vence as eleições legistativas desse ano com maioria absoluta. Dispondo de uma ampla maioria a apoiá-lo (a maior coligação governamental até então desde o 25 de Abril), foi chamado pelo Presidente da República Ramalho Eanes para liderar o novo executivo, tendo sido nomeado Primeiro-Ministro a 3 de Janeiro de 1980, sucedendo assim a Maria de Lurdes Pintasilgo.

Francisco Sá Carneiro faleceu na noite de 4 de Dezembro de 1980, em circunstâncias trágicas e nunca completamente esclarecidas, quando o avião no qual seguia se despenhou em Camarate, pouco depois da descolagem do aeroporto de Lisboa, quando se dirigia ao Porto para participar num comício de apoio ao candidato presidencial da coligação, o General António Soares Carneiro. Juntamente com ele faleceu o Ministro da Defesa, o democrata-cristão Adelino Amaro da Costa, bem como a sua companheira Snu Abecassis, para além de assessores, piloto e co-piloto.

Nesse mesmo dia, Sá Carneiro gravara uma mensagem de tempo de antena onde exortava ao voto no candidato apoiado pela AD, ameaçando mesmo demitir-se caso Soares Carneiro perdesse as eleições (o que viria de facto a suceder três dias mais tarde, sendo assim o General Eanes reeleito para o seu segundo mandato presidencial). Dada a sua trágica morte, pode-se muito bem especular sobre se teria ou não demitido em função dos acontecimentos subsequentes...

Vinte e cinco anos depois dos acontecimentos, contudo, continuam-se a existir duas teses relativas à sua morte: a de acidente (eventualmente motivado por negligência na manutenção de um avião que não era novo), ou a de atentado (nesse último caso, desconhecendo-se quem o perpetrara e contra quem teria sido ao certo - Sá Carneiro ou Amaro da Costa).

Wikipédia

Datas com História: 17 de Julho de 1944

"41 dias após o início dos desembarques aliados lançados no Dia D, Rommel é gravemente ferido por um caça Spitfire canadiano e permanece hospitalizado por vários dias. Nesse período, em 20 de Julho de 1944, ocorre o atentado contra Hitler, de que este escapou por pouco, com ferimentos leves (a mesa da conferência acabou por lhe servir de escudo). Sem nunca ter feito parte do partido nazi, Rommel tornara-se cada vez mais crítico ao governo do Führer. Implicado no atentado por suas ligações com os oficiais conspiradores, Rommel, ainda em recuperação médica, recebe em sua casa a visita de dois oficiais generais em 14 de Outubro de 1944.

Devido ao seu prestígio nacional, estes oficiais, leais a Hitler, trazem os termos do Führer a Rommel: ir a Berlim, passar por um julgamento popular e inevitavelmente ser condenado à morte, condenando também sua família a ser confinada em um campo de concentração ou, sozinho, acompanhar os dois oficiais e ingerir veneno para suicidar-se, opção esta que garantiria a integridade de seus familiares. Rommel sem dúvida escolhe a segunda alternativa, despede-se da família e acompanha os dois oficiais embarcando em seu automóvel.

Quinze minutos depois estaria morto.

Datas com História: 16 de Julho de 1945

Projecto Manhattan:
os americanos detonam a primeira bomba atómica no deserto de Alamogordo, Novo México.

O Projecto Manhattan, ou formalmente Distrito de Engenharia de Manhattan, foi um esforço durante a Segunda Guerra Mundial para desenvolver as primeiras armas nucleares pelos Estados Unidos da América com o apoio do Reino Unido e do Canadá. O projecto foi dirigido pelo General Leslie R. Groves, e a sua pesquisa foi dirigida pelo fisico estado-unidense J. Robert Oppenheimer, após ter ficado claro que uma arma de fissão nuclear era possível e que a Alemanha Nazi estava também a investigar tais armas para si.

Embora tenha envolvido pesquisa e produção em treze sítios diferentes, o Projecto Manhattan foi largamente desenvolvido em três cidades científicas secretas que foram estabelecidas por poder de domínio eminente: Hanford, em Washington, Los Alamos, no Novo México e Oak Ridge, no Tennessee.

A algumas famílias em Tennessee foram dados avisos de duas semanas para evacuarem as quintas e terras que eles tinham há gerações. O laboratório de Los Alamos foi contruído em terras que eram da Escola Rancho de Los Alamos, uma escola para rapazes residencial privada. O sítio de Hanford, que cresceu para quase 1000 milhas quadradas (2600 km2), incorporava terras de algumas quintas e de duas pequenas aldeias, Hanford e White Bluff

O projecto trabalhava no design, produção e detonação de três bombas nucleares em 1945.

A primeira em 16 de Julho: "Trinity", a primeira bomba nuclear do mundo, perto de Alamogordo, Novo México.

A segunda, a arma "Little Boy" (pequeno rapaz), que detonou em 6 de Agosto, sobre a cidade de Hiroshima, Japão.

A terceira, a arma "Fat Man" (homem gordo), que detonou a 9 de Agosto, sobre a cidade de Nagasaki, Japão].

Os três principais sítios existem hoje como o Sítio Hanford, Laboratório Nacional Los Alamos e Laboratório Nacional Oak Ridge. Em 1945, o projecto empregava cerca de 130000 pessoas e o seu pico de custo, um total perto de US$2 biliões ($21 biliões em 1996 [1]) Os bombardeamentos atómicos de Hiroshima e Nagasaki mataram centenas de milhares de pessoas imediatamente, e muitos mais após alguns anos, mas tiveram o efeito de "matar" a guerra que o Japão impôs ao Estados Unidos.

Datas com História: 15 de Julho de 1099

A Primeira Cruzada conquista Jerusalém

Foi chamada também de Cruzada dos Nobres ou dos Cavaleiros. Ao pregar e prometer a salvação a todos os que morressem em combate contra os pagãos (leia-se, muçulmanos) em 1095, o Papa Urbano II estava a criar um novo ciclo. É certo que a ideia não era totalmente nova: parece que já no séc. IX se declarara que os guerreiros mortos em combate contra os muçulmanos na Itália mereciam a salvação. Mas desta a salvação não era prometida numa situação excepcional. As várias versões que nos restam do seu apelo mostram que Urbano relatou também os infortúnios dos cristãos do oriente, e sublinhou que se até então os cavaleiros do ocidente habitualmente combatiam entre si perturbando a paz, poderiam agora lutar contra os verdadeiros inimigos da fé, colocando-se ao serviço de uma boa causa. O apelo foi feito a todos sem distinção, pobres ou ricos.

E foi de facto o que sucedeu. Mas os ricos e pobres rapidamente formaram cruzadas separadas.

Mais no
Wikipédia.

Jogo

The Big House é um jogo point'n'click que se passa numa casa que é grande...

A Caixa Geral de Depósitos ...

é uma instituição financeira do Estado.
Deve, por isso, servir a azuis, verdes e vermelhos, pretos, amarelos e cinzentos...
Então e a parceria com o Benfica de Lisboa? Acham bem? Espero a muito breve prazo um tratamento idêntico a outras cores, não sei se me estão a perceber!?
Ou será que por ter sede em Lisboa já temos antecipadamente a resposta?!
Será que quer seguir as pisadas da RTP, empresa pública, que há uns anitos comprou o Futre para o Benfica de Lisboa?!

Kulinária: Sangria


Ingredientes:

Vinho Tinto
Gasosa
Triplice Seco
Limões
Laranjas
Maçã
Açucar
Canela
Gelo

Preparação:

As quantidades de ingredientes podem ser variadas conforme o gosto.
Pele os pêssegos e corte-os aos pedaços.
Lave os limões e as laranjas e corte-os às rodelas.
Deite os frutos num jarro, polvilhe com açucar e canela e
Regue com o vinho e o triplice seco.
Deixe macerar durante 2 horas e por fim junte a gasosa e o gelo a seu gosto.


Na medicina, a sangria pode ser também:

Método usado para tratar várias sindromes através da punção dos capilares sanguíneos da pele, promovendo a saída de sangue estagnado.
Método indicado para estase de sangue, atendimento de emergência de crise hipertensiva, cefaleias, rinite aguda e muitas outras síndromes.

Com este calor, nada melhor que uma Sangria bem geladinha
Para refrescar os espíritos e levantar os ânimos ...!

De repente, tinha mais de 200 mg/dl disto...

...COLESTEROL - Esse inimigo silencioso

O colesterol mata. Só há uns anos para cá a comunidade médico-sanitária nos tem vindo a sensibilizar para os problemas de colesterol.

Doença de ricos, dizem uns. Doença silenciosa, dizem outros.

O que é certo é que se não controlarmos regularmente os nossos níveis de colesterol, se não praticarmos uma alimentação correcta e saudável, evitando os saturados, os fritos e derivados da gordura animal, e não praticarmos exercício diário, seremos fortes candidatos a uma qualquer doença cardiovascular ou outras.

Porque temos colesterol? Porque uns têm uma alimentação cuidada e tem-no com níveis elevadíssimos? E porque outros simplesmente levam uma vida inteira sem ter este tipo de problemas ?

Mas afinal o que é o colesterol?

O colesterol é gordura. Gordura no sangue, e somente de origem animal. Ou seja, um vegetariano dificilmente terá colesterol elevado.

O colesterol é uma gordura existente no nosso organismo (sangue, células) essencial ao metabolismo do nosso corpo. A sua origem apresenta-se de duas formas:

Endógena, produzida pelo nosso fígado, e Exógena, através dos alimentos de origem animal que ingerimos diariamente.

Existem dois tipos de colesterol, o LDL (popularmente designado como o mau colesterol) e o HDL (o bom colesterol).

O LDL deverá ser mantido em níveis normais (entre 100-130 mg/dl), não devendo ser ultrapassado e o HDL deverá ser mantido em níveis elevados (acima de 40 mg/dl) para que a sua função de transporte de LDL para o fígado e sua eliminação seja mais eficaz!

O colesterol total não deverá ultrapassar os 200mg/dl, contudo a OMS (Organização Mundial de Saúde) já terá avançado com o valor de 180mg/dl.

Nação Celta

Selecção do Norte presente no campeonato Intercéltico


De 24 a 29 deste mês irá decorrer na Cornualha o campeonato de desportos aquáticos das nações (distribuídas por cinco estados europeus) celtas, com a presença da selecção do norte de Portugal. O ano passado a selecção do Norte obteve o quarto lugar entre os onze participantes.

Realço este campeonato não só pela competição em si, que é reconhecida pelas associações náuticas internacionais, mas também pela carga etno-cultural que lhe está associada, já que participam mais de 800 atletas que são acompanhados por artistas de folclore e artesanato de todas as “nações/regiões” celtas.

O jugo lisboeta que impede a existência de regiões faz com que a participação do Norte de Portugal seja quase semi-clandestina, para além de frequentemente o nosso povo calaico ser confundido com os “lusitanos”, lusitanos esses que como bem sabemos nada tinham de celtas. No entanto os “lusitanistas” não precisam de ficar melindrados, afinal de contas no mapa do campeonato de 2005 (realizado nas Astúrias) a organização teve o cuidado de marcar apenas e só os territórios a norte do Douro.

Podem visitar aqui a pagina do campeonato:

http://www.intercelticwatersportsfestival.com/index.php?lang=EN

More than 700 competitors from eleven Celtic regions from across Europe including - Cornwall, Isle of Man, Wales, Scotland, Ireland, Brittany, Galicia, Asturias, Euskadi (Basque Country) and North Portugal - are due to take part in the 2006 Festival.

Um livro a comprar, já!

Eugénio de Andrea da Cunha e Freitas pertenceu a diversas instituições culturais, como a Academia Portuguesa de História (onde foi Académico de Mérito a partir de 1992) e Associação Cultural dos Amigos do Porto, entre outras.

Ao longo de sessenta anos de investigação, redigiu cerca de quatrocentos trabalhos, muitos deles sobre o Porto.

"Notícias do Velho Porto" reúne alguns textos sobre esta cidade.

A colecção "Descobrir o Porto" é dirigida por Helder Pacheco.

A bibliografia disponível sobre o Porto ou se encontra dispersa por múltiplas fontes, nem sempre acessíveis, ou está, em alguns casos, ultrapassada relativamente à natural evolução da cidade e desactualizada pela alteração dos conhecimentos patenteados na época em que foi produzida. Pese embora o volume considerável de estudos existentes, cobrindo inúmeras áreas da cultura (incluindo a científica) e da sociedade portuenses, a sua dispersão e dificuldade de consulta conduzem a que aspectos relevantes para a compreensão da história, do carácter e personalidade do burgo e dos seus habitantes continuem a ser ignoradas pelo público.
Esta colecção subordinada ao título Descobrir o Porto, pretende oferecer ao leitor interessado nas coisas da urbe um conjunto atraente e diversificado de obras, cobrindo campos de actividade que contribuam para divulgar, de modo actualizado, rigoroso e acessível, conhecimentos relativos à maneira de ser e de estar portuenses e aos factores sociais, económicos e ambientais que caracterizam a Cidade Invicta.
Descobrir o porto nos meandros, encantos, sortilégios e segredos vividos no quotidiano ou guardados no tempo, revisitar lugares e encontrar cidadãos, instituições e agires que marcam épocas e afirmam o espírito dos lugares, é amar a cidade nos aspectos mais profundos e essenciais de uma relação estruturada no saber e no sentimento.
Duas boas razões para compreender o Porto, o seu território, cultura e identidade.

in Campo das Letras

Onde se recordam as fontes do Ribeirinho e de Cedofeita

O Porto d'outros tempus: Um magnífico artigo de Germano Silva, no JN.

Jornalismo Mouro

A propósito do regresso o Jardel a Portugal (vai para o Beira-Mar, se conseguir encontrar o caminho), o JN faz um breve resumo da sua passagem por clubes lusos, escrevendo a certa altura: “ … regressou, então, a Portugal para jogar no Sporting, clube que Jardel ajudou a regressar aos títulos 18 anos depois ...

No site da RTP, pode ler-se exactamente a mesma treta: “ … regressou, então, a Portugal para jogar no Sporting, clube que Jardel ajudou a regressar aos títulos 18 anos depois … ”

Vamos agora ao site da TSF Online: “… regressou a Portugal para jogar no Sporting, clube que Jardel ajudou a regressar aos títulos 18 anos depois …”

Três textos perfeitamente idênticos. Quem copiou por quem?

Após pesquisa eis a clarificação: foram todos "beber" à LUSA: “ … regressou a Portugal para jogar no Sporting, clube que ajudou a voltar aos títulos 18 anos depois … ”

No site da SIC Online também se escreve algo parecido: “ … regressou, depois, a Portugal para jogar no Sporting, na época em que o clube de Alvalade regressou aos títulos …”

Mentira!

O tal de jejum terminou em 1999/2000 com um tal de El Matador. Nesse ano o Jardel jogava ainda pelos Dragões. Dois anos depois já estava entre os leões e, paralelamente aos árbitros, ajudou a conquistar um título, mas essa conversa de que foi ele que ajudou o Sporting a regressar aos títulos já mete nojo...
Aliás, a sua glória, essa ocorreu quando ele era jogador do FCPorto, em que se notabilizou como um grandioso goleador, mesmo e apesar de árbitros como o Paixão de Campomaior...

Assim é o jornalismo mouro em Portugal: de ouvido, com plágio e/ou, mais grave ainda, mentindo intencionalmente.

Kulinária: Francesinhas ...

Ingredientes:

Molho de Francesinha:
2 cervejas brancas
300 ml de polpa de tomate
2 folhas de louro
1 cubo de caldo de carne
2 colheres de sopa de amido de milho (maizena)
2 colheres de sopa de margarina
Piripiri q.b.
½ copo de leite

Sandes
8 fatias de pão de forma grossas (tipo hotelaria)
4 bifes fininhos (porco ou vaca)
2 chouriços de carne
4 salsichas frescas
4 fatias de fiambre
20 fatias de queijo
Margarina q.b.
4 ovos
Batatas fritas q.b.

Preparação:

Molho de Francesinha:
Dissolva a maizena no leite.
Misture todos os ingredientes com a maizena dissolvida, numa panela.
Passe a varinha mágica e leve ao lume para engrossar,
Mexendo de vez em quando. Rectifique os temperos e reserve bem quente.

Sandes
Primeiro trate das carnes. Corte as salsichas no sentido vertical,
(Se as salchichas de partirem muito, primeiro cozinhe-as e só então parta-as).
Corte os chouriços em fatias no sentido vertical.
Leve uma frigideira antiaderente ao lume e grelhe nela todas as carnes,
Começando pelos bifes e terminando no chouriço. Reserve.
Torre levemente as fatias de pão e barre com um pouco de manteiga ou maionese.
Disponha 4 fatias de pão levemente torradas em 4 pratos fundos.
Por cima de cada fatia de pão, disponha 1 fatia de fiambre,
seguida de 1 fatia de queijo, depois uma camada de chouriço grelhado,
seguida de uma camada de salsichas frescas e terminando com o bife.
Coloque outra fatia de pão sobre cada sandes.
Disponha um ovo estrelado sobre cada sandes.
Por cima de cada sandes disponha 4 fatias de queijo de modo a cobrir toda a superfície e o máximo dos lados da sandes.
Leve a sandes ao microondas por breves instantes de modo
A derreter um pouco o queijo.
Regue cada sandes com uma generosa quantidade de molho e
Disponha a toda a volta batatas fritas em palitos.

Nota:
Faz 4 francesinhas.

Allons enfants de la patrie

Já ontem postei sobre o caso Zidane-Materazzi e o já famoso 'coup de boule', numa música hilariante que me caiu à caixa de correio e que podem escutar aqui. Por isso aponto os canhões para uma efeméride historicamente bem mais interessante: a Tomada da Bastilha, a 14 Julho 1789, que deu origem, subsequentemente, à mais fundamental das declarações.
Liberdade, Igualdade, Fraternidade.
(Ordem dos factores: A fraternidade está em primeira linha: é a base. Sem ela não poderia existir nem igualdade e nem liberdade sérias. A igualdade decorre da fraternidade, e a liberdade é a consequência das duas outras. Mas esta é a minha opiniao, pessoal e intransmissível).

Eis uma pequena abordagem:
O 14 de julho
Data revolucionária francesa que se tornou festa nacional, hoje o 14 de julho associa desfiles militares e festejos com bailes e fogos de artifício. A tomada da Bastilha, em 14 de julho de 1789, é comemorada na França há mais de um século.
A tomada da Bastilha
Nos primeiros meses da Revolução Francesa, reinava uma grande agitação em Paris. Na primavera de 1789, os Estados Gerais recusaram-se a se dissolver e transformaram-se em Assembléia Nacional Constituinte. Em julho, o rei Luís XVI manda vir novas tropas e demite Necker, ministro popular. Na manhã de 14 de julho, o povo de Paris saqueia o Hôtel des Invalides (dependências militares destinadas a abrigar soldados feridos em combate) apreendendo armas e dirigindo-se em seguida a uma velha fortaleza real, a Bastilha. Depois de um sangrento tiroteio, ele ocupa a fortaleza e liberta alguns prisioneiros que ali se encontravam.
A tomada da Bastilha é uma primeira vitória do povo de Paris contra um símbolo do Antigo Regime. O edifício, aliás, foi totalmente demolido nos meses seguintes.
A "festa da Federação", em 14 de julho de 1790, celebra com grande pompa o primeiro aniversário da insurreição. Em Paris, no Campo de Marte, uma missa é celebrada por Talleyrand, no altar da pátria.
A festa nacional
Nos anos seguintes, a comemoração do 14 de julho de 1789 é abandonada, até que a IIIª República, em particular Gambetta, então presidente da Câmara, procura celebrar os fundamentos do regime. Sob proposta do deputado Benjamin Raspail, a lei de 6 de julho de 1880 transforma o 14 de julho em festa nacional da República.
Desde o início, destaca-se o caráter patriótico e militar da manifestação, como um testemunho do reerguimento da França após a derrota de 1870. Todas as comunas participam. A festa tem início com um desfile solene com tochas e fanfarra da praça das armas à caserna, na noite do dia 13. No dia seguinte, os sinos das igrejas e as salvas de tiros anunciam o grande desfile, seguido de um almoço e de espetáculos de jogos. Os bailes e fogos de artifício encerram o dia.
Depois da austeridade da guerra de 1914-1918, o 14 de julho de 1919 é uma grande celebração da vitória. Dentro do mesmo espírito, o 14 de julho de 1945 é precedido de três dias de comemorações cívicas.
O 14 de julho hoje
A festa do 14 de julho sempre foi um grande sucesso. Em Paris, o tradicional desfile militar nos Champs-Elysées é precedido de uma minuciosa preparação. Por toda parte ocorrem bailes, iluminações especiais e exibição de fogos de artifício.
Os presidentes da Vª República acrescentaram algumas modificações às comemorações da data. Recuperando a tradição da Paris revolucionária, o Presidente Giscard d’Estaing criou o desfile das tropas entre a praça da Bastilha e a praça da República.
Durante a presidência de François Mitterrand, o 14 de julho de 1989 foi o momento alto da celebração do bicentenário da Revolução Francesa. Inúmeros chefes de Estado estrangeiros foram convidados a assistir, em particular, o espetáculo de Jean-Pau Goude intitulado "A Marselhesa".
Em 1994, soldados alemães do Eurocorps participaram do desfile nos Champs-Elysées, como um sinal de reconciliação.
Desde a eleição do Presidente Jacques Chirac, inúmeros jovens vindos de toda a França e militares são convidados para a recepção realizada no pátio do Palácio do Elysée após o desfile.

As quatro fases líquidas da vida

O GOOGLE MAPS É QUE SABE!!

(c) Google maps

Google maps ensina: As mais importantes cidades de Portugal são: PORTO e Oeiras.

O Adeus: Pauleta

Pauleta anunciou que não voltará a jogar pela selecção nacional. Isto significa que, no Europeu de 2008, teremos oportunidade de ver tantos golos do Pauleta como no Europeu de 2004.

Calor, muuiiitoooo calor!

sol.jpg

Anúncio

... Aceito sugestões para explicar o significado da palavra "naturalmente".

Percursos pela Cidade do Porto

A PortoVivo propõe oito percursos pelo coração da cidade do Porto entre 15 de Julho e 28 de Outubro

O poleiro do elefante

Este elefante tinha a mania que era cegonha. Pensava que também tinha um bico, umas penas, asas enormes e que até podia trazer bebés de França.
O povo diz que “cada um é para o que nasce” e, tirando a carga negativa/determinista (Calvinista) da frase, é maravilhosamente libertador cada pessoa perceber claramente aquilo que Deus quer que ela faça e seja. Dentro e fora dos templos das igrejas enferma-se muito da paranóia de querer fazer e ser o que os outros fazem e são. Por causa disto existem muitas frustrações, cansaços, desânimos, competições e divisões. "Cada um é cada qual". As Escrituras esclarecem que, “...cada um tem de Deus o seu próprio dom, um de uma maneira, e outro de outra.” (1 Coríntios 7:7). Devemos ser e fazer aquilo que Deus quer que sejamos e façamos, e não o que nós pensamos ser melhor. Aquele que pensa fazer algo, não sendo, é um néscio. É um pequeno elefante mimado em cima de uma árvore, pensando ser uma bela cegonha.


(chegado por e-mail)

Piadinha

O João chega a casa, vira-se para a mulher e diz:

_A nossa filha Isabelinha não namora mais com o Paulinho!!!
_Mas porquê João? Ele é tão bom rapaz e eu gosto tanto dele...
_Vi os nomes deles escritos no muro do quintal!!!
_Ó homem, eles são jovens e aliás tu também escreveste os nossos numa árvore...
_ESTAVA ESCRITO A MIJO!!!
_Ó João, as mentalidades agora são diferentes, eles são mais inovadores...
_ERA A LETRA DELA...

Zidane: as teorias de um acto...

Eis as várias teorias relativamente à (suposta?!) agressão do francês

Zidane culpado de agressão a ... Fidel Castro:

Afinal foi tudo fita: o italiano caiu sózinho:

Ao abrigo de um rito islâmico o argelino, naturalizado francês até lhe comeu o coração...

A atitude de Zidane evita o assassinato do italiano: