Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Oporto de ayer, hoy y siempre

São 25 imagens da cidade do Porto em destaque, esta quinta-feira, no portal de viagens Ocholeguas da edição online do jornal espanhol El Mundo.  É só clicar no link para ver e ler.


80 milhões? Estão mesmo com a corda na garganta!

Eis dados do último R&C trimestral apresentado em Dezembro pela SAD encornada:


Até um ano:

38.007.321€ - Empréstimos bancários e overdrafts
90.000.000€ - Empréstimos obrigacionistas
32.600.000€ - Outros empréstimos
17.530.022€ - Factoring
178.137.343€ - Total a pagar a um ano.

As condições dos Empréstimos à mesma data são:

Maturidade:

Outubro 2012 - 32.600.000€ - Papel Comercial 2009/2014 EUR1M+3%
Novembro 2012 - 12.000.000€ - Empréstimo BES EUR3M+6%
Novembro 2012 - 16.800.000€ - Empréstimo BES EUR3M+6%
Dezembro 2012 - 50.000.000€ - Benfica SAD 2012 EUR2M+5,85%
Abril 2013 - 40.000.000€ - Benfica SAD 2013 6% (taxa fixa)
Junho 2013 - 3.951.415€ - BES/Millennium bcp - bonificado EUR6M+2% (Benfica Estádio)
Julho 2013 - 10.030.022€ - Investec 10,35% (taxa fixa)

Corda na garganta??? Parece mesmo....

Vitor Pereira (o nosso) responde à letra à tulipa holandesa do "sporten"

«Se o Benfica é o segundo clube da preferência de Van Wolfswinkel...»

O avançado holandês do Sporting afirmou que a equipa leonina tudo iria fazer para que o FC Porto não fosse campeão nacional.
O treinador dos azuis e brancos reagiu de forma cáustica: «Acho que o Van Wolfswinkel deve é assumir que o Sporting tem obrigação de ganhar os seus jogos, pois neste momento precisa muito de pontos. Depois, se acha que o Benfica é o segundo clube da sua preferência, está no seu direito e já não tenho de comentar

Vitor Pereira (o nosso), responde à letra ao iletrado Jesus

«Jorge Jesus teve declarações desrespeitosas para com os profissionais do Sporting»

O treinador do Benfica considerou que o actual Sporting é mais uma réplica da sua equipa B. Em vésperas de defrontar a equipa leonina, o treinador do FC Porto considerou que tais afirmações foram desrespeitosas.
«Considero que foram declarações desrespeitosas para com os profissionais do Sporting. Quando um jogador se impõe na equipa A deixa de ser da equipa B com todo o mérito, pois é sinal que trabalhou para isso», começou por dizer Vítor Pereira.
Jorge Jesus também disse que quando o Benfica defrontou o Sporting a equipa leonina estava mais forte do que actualmente. Vítor Pereira puxou da memória: «Nesse jogo, o Benfica fez o resultado na segunda parte, quando o Sporting estava já num desgaste físico, fruto de não ter tido tempo para recuperar. Até esse momento, vi mais Sporting do que Benfica
E falando de equipas bês, Vítor Pereira ainda ironizou: «Acho engraçado que esse assunto venha agora à baila, pois a grande exibição do Benfica até ao momento foi em Camp Nou, elogiada por toda a gente e pelo próprio treinador. A verdade é que dessa equipa do Barcelona que jogou com o Benfica só um jogador, o Puyol, esteve agora no jogo com o Real Madrid
«Se foi o Barcelona A que jogou contra o Benfica, agora também não será o Sporting B a defrontar o FC Porto», vincou.

Enganaram-se no nome da equipa

Afinal a equipa eliminada foi outra...
Esta foi a sensacional capa do jornal oficioso dos encornados de lisboa; na altura, sem se saber sequer o resultado do processo que corria termos na FPF,  manifestavam a sua vontade face ao caso das 72 horas. Saiu-lhes, até ver, o tiro pela culatra e lá meterem, pela enésima vez, a viola ao saco. 
Mas afinal, pensando bem, face à eliminação da equipa deles, esta noite, no AXA, o título até está apropriado para amanhã: bastar-lhes-á, mudar as cores das camisolas e o nome do clube eliminado e já está. Ha ha ha, embrulhem mouros!

Monólogos da caca


Ora aqui está um cartaz para colocar no balneário dos Dragões.

O rapazinho da foto teve esta afirmação:  "Este é um jogo grande, muito importante, que queremos ganhar. Mas a obrigação de vencer é deles e nós vamos fazer tudo para tentar impedir que eles sejam campeões".

Ou seja, conversa de cagalhão pequeno, de jogador de equipa medíocre e sem ambições. 
Na realidade, esta época, a qualidade exibicional do "sporten" de lisboa tem sido miserável. Não jogam absolutamente nada e merecem o lugar que ocupam. Aliás, no meu entender, os sportinguistas deveriam andar satisfeitos. Pensando bem, as "tretas" do Cristóvão incorporam, apenas e só pelo que sabemos dos jornais, matéria suficiente para que a equipa de lisboa fosse de imediato relegada para divisões secundárias. O moço, relembre-se, na altura dos factos era vice presidente do clube do bairro saloio de alvalade, tentou driblar os árbitros, assustá-los, compromete-los e corrompe-los: DESCIDA AUTOMÁTICA DE DIVISÃO. Se fosse uma equipa da Cidade do Porto já lá estava com os costados, mas sendo uma equipa da capital colonial, já se sabe que tudo se esquece, tudo se lhes perdoa... 

Mas voltando ao mocinho holandês, é uma afirmação triste e de gente de mentalidade desportiva pequenina, mas que bem poderá servir para incentivar as tropas do Dragão. Apesar da mediocridade sportinguista, será um prélio difícil e complicado de vencer. Vai ser precisa toda a atenção e génio para trazermos os 3 pontos. Que a parvoíce referida acima seja, pois, uma alavanca para o sucesso que se espera...

Nota: Por falar em afirmações infelizes, deixem que lhes diga que o que li do Domingos sobre o Izma é igualmente nojento. Vindo de um ex jogador acarinhado no FCPorto é qualquer coisa de negativo e surpreendente. Enfim, outro que se vai juntar ao cemitério de flops... e que nunca mais vai voltar à Casa da Partida, que é como quem diz, ao Dragão...

Quem vem e atravessa o rio (X)

A movida chega à Rua da Alegria

Frio, muito frio ... e neve, muita neve

A batota encornada: já vem de longe...

Notícias do Porto de Leixões: mercadorias aumentam em Janeiro

Durante o mês de Janeiro o Porto de Leixões movimentou 1,2 milhões de toneladas de mercadorias, tendo-se verificado um aumento generalizado dos vários tipos de carga, excetuando os granéis líquidos que registaram uma quebra significativa, devido às condições de mau tempo que afetaram a atracação de navios-petroleiro.
Nos vários segmentos de carga a evolução foi positiva, com um aumento de 124,5% no Ro-Ro, 17,7% nos granéis sólidos, 2,7% na carga contentorizada e 0,6% na carga geral fraccionada, destacando-se ainda o crescimento de 5,7% no número de TEU’s movimentados que atingiram os 47 168 TEU’s. Os granéis líquidos registaram uma quebra acentuada de-43,3%.
No que diz respeito às exportações, o valor mensal registou uma quebra de 0,5%, em comparação com o período homólogo, tendo também por base a quebra de exportações dos produtos aromáticos e refinados. (Fonte APDL)


Do "fazer as coisas pelo outro lado" ou as "coincidências" que assolam os jogos dos adversários dos encornados

Encornados vão jogar com o Braga para a Taça da Liga ...

... Sendo assim, lá surgem as habituais e recorrentes "coincidências":

- O árbitro Joge Sousa, no último Braga-Guimarães, expulsou o defesa Elderson do Braga (dois amerelos em 5 minutos, aos 87 e 92 minutos). É "só" a 15 ocorrência esta época de expulsões de jogadores cuja equipa vai defrontar a equipa do estádio da lucy no prélio seguinte... "Coincidências", claro!

- Recorrendo à táctica "aquisicionista", hoje ficamos a saber que os encornados já preparam a próxima época e assim andam no mercado à pesca (antes que os atletas descubram que o Porto lhes dá títulos e assim mudem a agulha...). Uma das aquisições hoje referida no pasquim rascord é ... o regresso de Ruben Amorim !!!! jogador emprestado ao ... Braga, que é só o próximo adversário. Pois, "coincidências", claro!

- Depois dos arruaceiros minhotos do Vitória de Guimarães e do Braga (mais uns do que outros, mas ambos beligerantes) se terem pegado á porrada no último jogo entre equipas B, o estádio vitoriano tem sobre si a eventual interdição. Quem lá vai jogar breve? Adivinharam, os encornados da capital... "Coincidências", claro! Com um bocadinho de "sorte" o jogo até pode ser no Algarve... Nada de novo, pois não?

Observação:
Este tema é também abordado pelo Amigo José Correia, no Reflexão Portista. Aliás este blogger da nossa excelente "bluegosfera", acrescenta mais: o próximo jogo para a Liga, que envolve o Beira-Mar e os encornados também já está privado de um jogador do ... Beira-Mar, pois então. Pelos vistos, outra "coincidência" ocorreu aos 85 minutos do último jogo dos aveirenses. Pedro Moreira foi expulso e assim fica de fora do jogo contra os que fazem as coisas pelo outro lado, os encornados. 
Fantástico, como observa José Correia, com todo o espanto, foi o salva-vidas do "sporten" não ter sido expulso no último jogo contra o estoril. Afinal as regras dizem que quando não há mais ninguém entre o avançado e a baliza, e dentro da área, é penalty e ... expulsão qualquer derrube como o lance que todos observamos. Aliás, como o próprio treinador Jesualdo confirmou e mostrou admiração pelo erro do árbitro ao sancionar a rasteira com um singelo amarelinho. Mas como o adversário do sporten vai ser o FCPorto era aborrecido privar o jogo de uma mais valia... Pois era... É um espectáculo este frenesim de coincidências...

Duarte Gomes (he he he) em Alvalade?

Borradas socialistas nos dois lados da fronteira...

 La presidenta de Castilla-La Mancha alega que trataba de recuperar información borrada por el anterior gobierno socialista (El Pais)

Não querendo desculpar ou apoiar o governo centralista de lisboa, liderado pela coligação PSD-CDS, não posso deixar passar esta afirmação lida no castelhano El Pais. Pelos vistos, os governos que exercem actualmente funções, deste e do outro lado da fronteira, que substituem os anteriores gabinetes socialistas, estão a trabalhar para corrigir e limpar a trampa herdada dos executivos da rosa... Lá como cá, a porcaria ficou e custa a sair...

Antidepressivo

Anita é espancada

Porto d'outrus tempus


Sabiam que houve um praça de touros (Real Coliseu Portuense) junto à rotunda da Boavista ?
Foi edificada pelo empresário de ourivesaria Lopes Pereira e Joaquim Vieira Guimarães que fundam a “Empresa Coelho Pereira & Magalhães” para a construção de uma praça de touros designada «Coliseu Portuense» (na imagem) a qual veio a obter a designação de «Real» aquando as Comemorações Henriquinas (evocação da morte do Infante D. Henrique), em 1894. Situava-se esta praça entre o Cemitério de Agramonte e a Rotunda da Boavista, nos terrenos hoje em dia ocupados por um edifício de escritórios (em frente da Casa da Musica), o Tabernáculo Baptista e pela adjacente Litogafia Nacional (e Lusitânia) tendo sido foi inaugurada a 28 de Agosto de 1889. Durante alguns anos, ali se fizeram várias corridas, com algum sucesso (segundo contam os historiadores), nomeadamente aquela que contou com a presença dos rei D. Carlos e os príncipes reais em 1894. Mas o entusiasmo não foi duradouro e o recinto veio a ser palco de espectáculos Circenses e demonstrações de natação, tendo mesmo sido construído um enorme tanque na zona central do recinto. Com o avultar dos prejuízos, a praça foi demolida em 1895.

Panenka ou Panasca?



... Eu sou do tempo em que um certo Rio Ave, equipinha medíocre e que passou o jogo todo a defender, conseguiu uns contra ataques vigorosos e venceu o FCPorto nas Antas. Ainda hoje, como observam, me lembro desse jogo com raiva e aborrecimento. Naquele tempo, neste tempo e, porque não dizê-lo, sempre, as equipas que visitam o FCPorto jogam à defesa. Com mais ou menos autocarros, de um ou dois andares, fazem-no. E se umas vezes a velocidade, a sorte e a qualidade dos jogadores faz a diferença, outras vezes é um tormento. Ocasiões há em que um único remate à baliza dá golo contra e, como ontem, se esse golo é o primeiro da partida e, pior, depois de um jogo europeu, é o cabo das tormentas dobrar esse precalço e lograr vencer o jogo.  Ainda por cima, quando tivemos a chance de nos colocarmos à frente de marcador, através de uma penalidade estúpida e evidente, o nosso matador, Jackson Martinez, tentou marcar um penalty à Panenka, ou como muito bem diz o nosso amigo algarvio Alex F, do Azul ao Sul, um penalty à "panasca", pois todos já demos uns pontapés e um penalty deve ser, à falta de outros adjectivos, marcados à bomba. e obviamente falhou. Num jogo já de si complicado, pois o adversário metia todos os jogadores nos 30 metros junto à baliza e mostrava um registo de inúmeras vitórias fora de casa, demonstrando um bom poder defensivo e de sucesso no contra-ataque, era essencial partir à frente do marcador e depressa. Obviamente falhou (embora pudesse ter tido sucesso, é claro), mas falhou e a equipa sofreu logo de imediato um golo de contra ataque, que sinceramente me parece em fora de jogo... Sofreu o golo, e começamos todos a sofrer. Porquê? Porque tendo em conta a velocidade que o Porto estava a imprimir ao jogo, as sucessivas perdas de bola indiciadoras de falta de concentração e atitude competitiva, pensamos o pior. 

Felizmente não era dia de "olhanense" e a coisa compôs-se antes do intervalo e por fim a vitória lá apareceu. Muito justamente e com toda a justiça. Fica a pergunta: não aprendem? Bahhh.


Nota final:  Todos os Dragões já perceberam, por várias vezes, o alcance da frase "andamos a fazer as coisas pelo outro lado". Pois bem , esta época, como já o referi e ontem o Miguel Lima, do Tomo II notou, o estranho epifenómeno que se constata na presente edição da Liga Portuguesa: décima quinta expulsão !!!! (directa ou por amostragem do segundo amarelo) ao adversário no jogo que antecede o confronto com os encornados...

Quem vem e atravessa o rio (IX)

(fotografia de carina balio)

Porto d'outrus tempus

Rua de Júlio Dinis há 100 anos!
(quem desce para a Praça da Galiza em direcção ao Palácio de Cristal)

DE do do do, DE da da da

O que pode fazer a troca de uma preposição por um artigo definido...

Os galopantes lucros da Galp

Fevereiro ainda não chegou ao fim e já perdemos a conta aos aumentos dos preços dos combustíveis. Segunda-feira, mais um! Sacanas!

Facturinhas fracturantes


Ironia do destino - ou suprema contradição - é assistir ao assanhado espumar de raiva contra as facturas, por parte daqueles que sempre defenderam a luta contra a evasão e a fraude fiscal como a solução milagrosa para o equilíbrio das contas públicas. Para além disso, vai-se assistindo por aqui a uma descarada fraude, divulgando-se os NIFs de membros do governo e sugerindo que se peça factura em nome deles. Mas bem pior é a forma como os media noticiam este facto. O destaque vai para a possibilidade de Passos Coelho vir a ser objecto de fiscalização por parte da Inspecção de Finanças porque já terá facturas emitidas em seu nome (de forma fraudulenta, mas isto não é realçado) em valor superior aos seus rendimentos. A fraude que subjaz a isto é relatada com toda a bonomia, quiçá pelos mesmos que, noutras circunstâncias, pregam moral a rodos. Simplesmente abjecto. Luis Rocha, in Facebook

FDP's

Este é o relato de Marlene Melo no Facebook, merece toda a atenção!

“Hoje aconteceu um episódio que sinceramente nem queria acreditar.
Eu viajo diariamente do Porto para Aveiro mas nunca tinha acontecido algo tão mau. Um rapaz entrou na estação de Ovar, ao que me apercebi, com uma cadelita (super meiga e muito novinha), eu sei que os animais devem viajar com algumas condicionantes mas este rapaz entrou, dirigindo-se calmamente para o final do comboio. O revisor implicou com o facto de a cadelinha não ter bilhete (ninguém sabia que os animais pagavam bilhete, sabiam? eu não). O comboio parou a marcha na estação de Estarreja, o revisor chama a polícia para tratar da situação. Os passageiros revoltam-se e até se oferecem para pagar os 2€ do bilhete (algo que o dono já tinha proposto), no entanto, o revisor não permitiu (alguém que realmente zela pela CP!!!!). Pois… mas o problema é o facto do revisor não se lembrar que aquele é o meio de transporte de muita gente que se lavanta às 06H30 da manhã para ir trabalhar para a Invicta (imbecil) e fez toda esta gente ficar à espera da polícia por causa de 2€???????.
As pessoas estavam todas revoltadas mas o revisor…nada. Chega a polícia identifica o rapaz diz-lhe que deveria ter pago 2€, todas as pessoas (repetem) que pagam os 2€ e o que faz a polícia???? Adivinhem…agarram o rapaz à bruta (ele teve de largar a trela da cadelinha porque caso contrário ela era maltratada ai, o amigo dele pega na cadelinha que cheia de medo começa a ladrar porque vê que estão a fazer mal ao dono (ao contrário de alguns “humanos” os animais defendem o dono, só é pena esta cadelinha não se ter transformado (como nos filmes) numa leõa e acreditem que eu não teria ficado tão nervosa e até tinha compreendido a natureza). Bateram no rapaz sem qualquer problema, bateram no amigo como se de dois assasinos se tratasse. Todas as pessoas viram chamaram nomes, gritaram mas…nada e sabem porque? Porque estes 3 individuos (2 polícias e o revisor) não vão sofrer qualquer consequência. Amanhã se o revisor se lembrar chama a polícia para tirar do comboio um velhinho. Eu fui uma das pessoas que fui ter com ele educadamente e referi que pagava o bilhete, disse que ia reclamar e ele muito tranquilamente referiu faz muito bem!. Estou farta de chorar porque realmente estamos entregues a alguns. Eu pergunto será que os dirigentes da CP pactuam com este tipo de situações, não tem nada a dizer? Será que os polícias não deveriam ter uma parte pedagógica? Não deveriam ser mais profissionais? Mais Humanos? Alguém os tratou mal? Não.
Gostava de referir que em Ovar entra uma Sra Romena que cheira pior que um animal selvagem ou abandonado ou quase morto (todas as pessoas que fazem este trajeto sabem do que estou a falar) e já foi pedido a muitos revisores que não a deixassem entrar por uma questão de sáude pública, no entanto, a resposta é: tem bilhete! Pois… mas eu prefiro viajar com uma cadelinha.
O rapaz cometeu o erro nconsciente)de não ter comprado o bilhete da cadelinha mas isso é um crime tão grave?
Quero deixar bem claro que não conheço nenhum dos intervenientes incluindo a cadelinha.
Os polícias são os que estão nas fotos, a fera (cadelinha) está no meio deles (sem perceber nada), o comboio é o nº 15747 São Bento/Aveiro das 18H05 de hoje.
Partilhem, por favor, com o maior nº de pessoas pode ser que entre elas esteja alguém, responsável, consciente e que leve esta situação um pouco mais além.
Desculpem o longo texto, desculpem o desabafo mas nunca nos devemos calar. MM”
10916_4924826033170_403244511_n542688_4924827553208_429915349_n

Anita aprende a fazer lasanha

Rumo ao TRI

Descubra as diferenças

Grândola

Os melhores jogadores a actuar em Portugal

O que é ser Porto?

Para que não restem dúvidas: a mentira desportiva


Fantasporto - Oporto International Film Festival

(imagem de Laurem Maganete)

FC PORTO everywhere


E esta criatura abjecta vai continuar impune ?


Boavistão

É uma notícia de última hora que marca o futebol português. 
O Conselho de Justiça da FPF deu razão ao Boavista que, desta forma, pode pedir a inscrição na I Liga portuguesa na próxima época. 
Recorde-se que os «axadrezados» tinham sido notificados pelo Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa da decisão de considerar nula a reunião do Conselho de Justiça (CJ) da FPF que confirmou a sua despromoção à II Liga. 
Esta quinta-feira, o CJ da FPF decidiu dar provimento ao recurso do Boavista, situação que permite à direção boavisteira, agora presidida por João Loureiro, inscrever o clube do Bessa no principal escalão do futebol português. 
Para além disto, a FPF arrisca o pagamento de uma avultada indemnização, assim o Boavista opte pelo recurso aos tribunais para ser ressarcido pelos danos causados com a primeira decisão, que ditou a descida de divisão. 


 Veja a explicação do CD da FPF 

Qualquer dia até vamos pagar o ar que respiramos


Ela esta de volta...

O caminho da cabeça ao coração é enorme

Caso Pistorius: humor negro


…era uma relação que não tinha pernas para andar...

...há quem diga que queria trocar a sul-africana por duas canadianas… 

Urina

Dizem-me que hoje à noite, no estádio da lucy, em Carnide, a dita jorrou com força ...
... e até o árbitro Mr King ajudou à festa...

Xico (esperto), oh oh oh Xico

Função Pública: um dos cancros da nossa sociedade

Um dos melhores símbolos do paradoxo da função pública é que quando deixa de haver dinheiro nos serviços públicos a primeira coisa que se faz é deixar de servir o público. No privado despede-se, muda-se, tenta-se… mas enquanto não se abre falência tem de servir o público porque é ele quem paga o ordenado. Nos serviços públicos quando o dinheiro escasseia deixa-se de prestar serviço ao público e no resto mantém-se tudo igual. Fazendo parte do igual as declarações sobre a equidade.


  • O número de pessoas a ganhar menos de 310 euros aumentou 9,4%
M A S
  • O salário médio de um funcionário da Administração Central do Estado é de 1.532 euros

Mudar


Odiamos os políticos, os patrões, os juízes, todos aqueles que têm algum poder de decisão. Estamos contra os alemães, os franceses, contra o FMI e o Banco Central Europeu. Estamos formatados para a contestação... mas ignoramos a mudança. Basta dizer a um português que ele tem de mudar que a resposta sai automática: 'Porquê?' Temos de mudar para que a economia possa crescer e criar empregos. (...) Temos de mudar porque só a capacidade de mudança nos garante uma saída para o actual estado de coisas.»

Miguel Alexandre Ganhão

Combater o Centralismo


O pior centralismo - francamente pior do que aquele que decorre dos erros sucessivos dos vários governos ao nível do investimento e da política de desenvolvimento das cidades - é o que ainda teima em morar no espírito de muitos de nós.
A ignorância com que alguma Lisboa olha para o resto do país relembra-me o pobre Artur d' A Capital! de Eça de Queirós. O mesmo Artur que chegou fascinado a Lisboa, decidido a renegar as origens para ser um "lisboeta de gema" e, ironia do destino, acabou por regressar desencantado à vida mais pacata, mas tremendamente mais genuína, de Oliveira de Azeméis.
Na passada semana, acabada de entrar num táxi, lá veio a frase do costume: É do Norte, vê-se pela pronúncia... Vem do Porto? Não, sou de Guimarães! Oh, é quase a mesma coisa! Naturalmente que não me contive, e lá fui desvendando as identidades - que são tantas e tão diferentes - das cidades desse outro país longínquo que é norte de Portugal.
Coincidentemente, poucas horas depois, estava já no bar da Assembleia da República para um almoço rápido: Hoje é melhor não pedir um prego. Está muito atrasado, temos cá um grupo grande. São de onde? - perguntei. Do Porto - respondeu-me o funcionário. Enquanto saía, ouvi atrás de mim uma voz desconhecida: "São do Porto?! Vieram à civilização".
Que dizer? "Não há nada mais assustador que a ignorância em acção." (Goethe)

(recebido por e-mail)

Cada vez mais actual e terrível: a escravatura



No passado dia 8 de Fevereiro, celebrou-se a vida de Sta. Josefina Bakhita, escrava africana, que conseguiu a liberdade, sendo tratada com carinho e respeito, por um Cônsul italiano e sua família.
O tráfico humano não é de agora: algo horrível de séculos passados mas que ainda hoje persegue milhões de pessoas em todo o Mundo. Desde a escravatura de mulheres para prostituição até à submissão de trabalhadores a condições de trabalho indignas com medo de perder o trabalho que têm, são casos que aumentam na actualidade. Em cima podemos assistir a um vídeo de Lisa Kristine que, a partir da arte da fotografia, tenta mostrar ao mundo este flagelo e vergonha da humanidade.

A tão propalada (e não confirmada) democracia da esquerda


Não tenho apreço político por Miguel Relvas. Não lhe vislumbro qualidades assinaláveis e considero-o um elemento tóxico no Governo, pelas polémicas em que se viu (e vê) envolvido, às quais ainda não deu resposta esclarecedora. Todavia, o que aconteceu no Clube dos Pensadores, em Gaia, e no ISCTE, em Lisboa, não pode merecer elogios. Uma coisa é manifestar-se desagrado público pela governação, outra coisa diferente é utilizar uma manifestação para intimidar fisicamente uma pessoa ou impedi-la de exercer a sua liberdade de expressão.
E se o primeiro exemplo não me incomoda especialmente (é um caso de polícia ou porventura dos tribunais), o segundo deixa-me muito incomodado. O orador pode ser um crápula, um imbecil, até mesmo um "fascista" (como lhe chamaram), mas aquilo que distingue uma democracia consolidada é a sua capacidade para proteger os valores democráticos em qualquer circunstância. Calar um homem porque se discorda dele, com o objectivo de "proteger a democracia", é tão idiota quanto pretender extinguir o oxigénio do planeta para acabar com os fogos.
Sim, estou a parafrasear James Madison. Ele sabia muito bem que a liberdade de expressão não existe para que os tiranos sejam silenciados. Existe para que os tiranos falem e nós lhes possamos responder, denunciando as suas falácias. Isso - e não a limitação de uns para benefício de outros - é que é a democracia.

(recebido por e-mail)

Católicos: estamos na Quaresma, convém (re)lembrar

O percurso da vida não é linear. Há momentos em que me sinto perdido, na oração, nas decisões, no aceitar da realidade que me transborda. Apesar de custar, estes momentos recordam que não sou super-herói. Passo a passo, deixo que a fé tome cada vez mais espaço. A Quaresma é oportunidade de encontro: para quando surja a sensação de se estar perdido(a), prevaleça a certeza de que se é acompanhado(a).

Afinal, eles existem e até abateram o meteorito...




A acção de um misterioso e até agora desconhecido OVNI impediu consequências mais gravosas aquando da queda de um meteorito na Rússia. Veja as impressionantes imagens em vídeo e repare na acção do OVNI que dispara sobre o meteorito, implodindo-o e retirando-lhe força de impacto, o que pode ter poupado a vida a milhares de pessoas na região. Impressionante!

Manifesto


Não sou Funcionário Público, mas o Estado trata-me como se eu o fosse, enquanto REFORMADO.
Dizem que os Reformados não têm poder de contestação, que de nada lhes serve tomar uma atitude contestatária (uma GREVE deles é inconsequente por não afectar nada nem ninguém).
Eu não estou de acordo! E como tal, decidi tomar uma posição que traduzo no seguinte MANIFESTO:
Considerando:1. Que me foram retirados o 13º e 14º mês até 2018;
2. Que me reduziram a Reforma para a qual fiz descontos milionários durante uma vida de trabalho;
3. Que me foram aumentados os descontos para o IRS, o IMI, no Consumo de Electricidade, da Água e do Gás, para a “Compensação aos Operadores” respectivos (EDP, Tejo Energia e Turbo Gás), nos Combustíveis, para o Investimento das Energias Renováveis, para os custos da Autoridade da Concorrência e da ERSE, na Alimentação, na taxa de Esgotos, para a Utilização do Subsolo, para a Rádio, para a Televisão, para a TNT, para a Harmonização Tarifária dos Açores e Madeira, Rendas de Passagem pelas Autarquias e Munícipes, para o auxílio social aos calões que recebem indevida e impunemente o RSI (Rendimento para a Inserção Social), para pagamento dos cartões de crédito de políticos, para as portagens nas SCUTS e aumento nas auto-estradas, para a recuperação de BPNs, para que os Dias Loureiros, os Duartes Limas, os Isaltinos de Morais e quejandos depositem as minhas economias em nome deles em offshores, para as novas taxas de Apoio Social, para as remodeladas Taxas de Urgência nos Hospitais Civis, para as asneiras provocadas pelas ideias megalómanas de políticos incompetentes que criaram auto-estradas sem trânsito, para as Contrapartidas e Compensações a Concessionários de diferentes estruturas, para pagamento das dívidas às Parcerias Público-Privadas durante 50 anos ou mais, etc., etc., etc., tudo recheado com 23% de IVA (por enquanto);
4. Que, cada voto que um cidadão deposita na urna eleitoral, para além de pôr no poleiro os espertalhões que os (se) governam, representa um óbolo igual a 1/135 do salário mínimo nacional (actualmente em €485,00) a reverter para os seus cofres (1 voto = €3,60), a que acrescem as subvenções às campanhas e verbas para os grupos parlamentares. (Lei do Financiamento dos Partidos Políticos e das Campanhas Eleitorais: Lei n.º 19/2003, de 20 de Junho, com as alterações introduzidas pelo Decreto-lei n.º 287/2003, de 12 de Novembro (Declaração de Rectificação n.º 4/2004, de 9 de Janeiro), Lei n.º 64‐A/2008, de 31 de Dezembro1 e Lei n.º 55/2010, de 24 de Dezembro).5. Que esse valor é atribuído pelos quatro anos de legislatura, o que significa entregar aos partidos votados o quadruplo dessa importância (€14,40), atingindo uma despesa superior a 70 milhões de euros; Fonte: ttp://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1231653&page=-1
6. Que, no caso dos votos em branco ou nulos, essa valia é distribuída por todos os partidos concorrentes às eleições;7. E que, se eu me abstiver de votar, não há montante a ser distribuído pelos partidos concorrentes às eleições,

Eu, ARTUR ÁLVARO NEVES DE ALMEIDA PEREIRA, cidadão de pleno direito, com o BI e o NIF , com todos os impostos pagos e ainda credor do Estado por taxação indevida e não devolvida em sede de IRS, embora prescindindo de uma liberdade coarctada durante quase 40 anos e restituída em 25 de Abril de 1974, decido que, dependendo do cenário político-económico, meu e do meu país, entrarei em GREVE DE ELEITORADO, e SUSPENDO O MEU DIREITO DE VOTO ATÉ 2018!"

Vocês artistas são a pior escumalha que existe

O Sr Prof Dr Pinto da Costa, na Odisseia da RTP

Porque o azul e branco é que está a dar...


A república, convém relembrar, tem a sua fundação no assassínio do Rei. Que legitimidade pode ter? Depois destas décadas de decadência e podridão centralista e republicana, de corrupção e da assumpção de medíocres, não acham que é altura de mudar?!

Hoje, no Estádio do Dragão


Um é mentira, o outro futebol...

Champions League é só para alguns: são eles que o dizem...

O monólogo do Porto


Mais um fabuloso e tenaz jogo dos nossos atletas, do melhor que já assisti; faltaram mais golos, mas afinal o autocarro do opositor "é só a melhor defesa da liga espanhola" e o 4º classificado daquele campeonato.  Em La Romaneda será mais difícil, mas 1-0 é dos melhores resultados curtos: nada de golos sofridos e exige cuidados ao opositor, impedindo, nesta caso, a "fúria espanhola". Haja arte, engenho, fé e esperança! E sorte também, claro!
Abaixo, uns comentários sacados da "bola" espanhola (a marca):

Obs.: "como diria o outro, 'fora de jogo?', houve um penalty na 1º parte que ficou por marcar"... ou então, o Málaga não jogou um c#$%$ nem fez um remate à baliza"



Menudo equipazo el Oporto, no solamente tienen calidad sino que además no dan un solo balón por perdido, tremendo

desde el principio se sabia que ibais a perder...haber que el malaga esta bien pero el oporto lleva años sin perder en casa(salvo algun partido) y al benfica el archienemigo se lo come alli....vais a ir ustedes alli a hacerle frente??JA! os habeis merecido lleva mas de 1....

l Malaga jugo con 11 porteros. esto es permitido?

El peor partido del año, han presionado hasta el agotamiento 

Nos han dado un baño la verdad

menudo baño

Se mourninho se quedasse en el Porto tenia 2 o 3 Champios solo en Oporto. Es un de los mejores equipos del mundo.

Lo mejor ha sido que hemos perdido 1-0 

ALGUIEN SABE SI JUGO EL PORTERO DEL OPORTO?? ES QUE NO LO VI EN TODO EL PARTIDO.

Demasiado superior el oporto.

a mi me encanta el Oporto con un presupuesto muy inferior al del atletico de Madrid o valencia siempre están dando la cara en europa ,eso si luego nos venden a sus jugadores a 40 millones de euros Falcao , pepe , deco , hulk ,etc......etc.......ellos los van a buscar a America por 4 duros y luego los venden a precio de oro .

El Malaga no pasa, Oporto es mucho mejor equipo señores...

Masacre total! Porto invicto en su estadio Desde el 2008!!

Me ha gustado el monologo del Oporto

Baño de balón del FC Porto al Malaga. Dominante en tudo y todo el terreno. El Malaga no necessita solo 2 goles para pasar a los quartos .... pero lo minimo 3 ... porque el FC Porto irá a marcar en La Rosaleda.

Estaba claro el Oporto es mucho Oporto aqui os creeis que era una amigo pero antes preferiria un arsenal.. la suerte ha sido que solo haya caido un gol suerte al malaga en la rosaleda. El gol sería en fuera de juego pero en la primera parte ha habido un penalty claritoo

Esta edición de la Champions tiene muy buena pinta. Se ven equipos muy fuertes y con serias opciones de llegar a la final (Barça, Bayern, Madrid, Borussia, PSG, Juve, Manchester, Oporto...). 



Um jogo de futebol tem 90 minutos; mas hoje um teve 99 minutos e um penalty no fim (para o suspeito do costume)

... sem mais comentários, mas com um árbitro muito "corajoso" e "muito amigo"...


Obs.: para memória futura, aqui ficam os nomes dos bois de preto: Árbitro Principal: Nuno AlmeidaÁrbitros auxiliares: Paulo Ramos e Nuno Vicente. Ao primeiro, tenrinho nestas andanças, antevê-se um largo futuro... porque estas coisas fazem-se pelo outro lado ...

Obs: o árbitro ficou tão entusiasmado a festejar o golo que arranjou à equipa da capital colonial que até se "ESQUECEU" DE MOSTRAR O CARTÃO AMARELO A LIMA POR TER DESPIDO A CAMISOLAAté aqui se percebeu que as regras não se aplicam aos encornados. Já para não falar na cotovelada de Rodrigo e na habitual (e impune) tendência caceteira de Maxi.


Obs: Já agora gostaria de sugerir uma regra SÓ PARA SER APLICADA AOS ENCORNADOS: sempre que a coisa estiver preta, os seus jogos deveriam ter prolongamentos de 10 minutos, renováveis, até que por penalty ou fraqueza do adversário, os encornados marquem. Assim acabavam de vez estas polémicas. Está bem? 

Já agora, diz o Sr Presidente da Académica: «Arbitragem disfarçadamente tendenciosa na 1.ª parte e claramente tendenciosa na 2.ª»

Janelas do meu ser


Não sou nada. 
Nunca serei nada. 
Não posso querer ser nada. 
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo. 
Janelas do meu quarto, 
Do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é 
(E se soubessem quem é, o que saberiam?), 
Dais para o mistério de uma rua cruzada constantemente por gente, 
Para uma rua inacessível a todos os pensamentos, 
Real, impossivelmente real, certa, desconhecidamente certa, 
Com o mistério das coisas por baixo das pedras e dos seres, 
Com a morte a por humidade nas paredes e cabelos brancos nos homens, 
Com o Destino a conduzir a carroça de tudo pela estrada de nada. 
(...)

Tabacaria de Álvaro de Campos, na voz de João Villaret 

Qual papel? O papel!

Quando lhe pedirem o papel (factura) bem podem mandar o fiscal ir levar no local cuja anatomia fica próxima do cóccix (pronuncia-se "có-kcis") ou então entrar numa deste tipo:

Irão dos ayatollahs

Um trabalho extraordinário do Council of Foreign Relations sobre o Irão dos ayatollahs
CLICAR NA IMAGEM
Crisis Guide: Iran

Afinal quem foi São Valentim?


A figura que deu nome ao tão celebrado Dia de São Valentim, também conhecido pelo Dia dos Namorados está ligada ao martírio de um padre, a uma decapitação e, como sempre, a uma história do desafio ao poder instituído em Roma, personificado no imperador de Cláudio II.
Não há, contudo a certeza total e absoluta sobre quem era o Santo que  se celebra neste Dia. Obviamente seria muito provável que fosse um padre cristão romano, e assim surge um nome de  Valentinus (latim).
São feitas referências a, pelo menos, outros dois Santos Valentinus associados a este dia 14 de Fevereiro, a saber, um bispo de Interamna (actual Terni) e um outro que terá morrido em África em condições dramáticas, mas foi sem dúvida o padre de Roma que se tornou no mártir mais famoso e celebrado, muito porque, para adensar esta teoria, foi descoberta uma catacumba e uma antiga igreja dedicada ao Santo Valentinus precisamente naquela cidade.
Para reforçar esta ideia, no ano de 1493, na Crónica de Nuremberg, é feita uma referência ao Santo Valentinus, como padre romano martirizado durante o reinado de Cláudio II. O padre Valentinus, tal como aconteceu com outros cristãos, desafiou a lei do Império, que proibia a prática do cristianismo, assim como o auxílio a quem praticasse esta religião.
Valentinus não só era um homem de fé cristã como casava em segredo os casais que confessavam a fé cristã e fazia valer a expressão "dar santuário" a todos aqueles que eram perseguidos pelas autoridades. Supostamente também ajudava a libertar os cristãos enclausurados sujeitos a torturas.
O padre acabou por ser detido e, segundo reza a história, terá tentado converter o Imperador ao cristianismo. Um erro capital, pois o padre Valentinus acabou por ser espancado e, finalmente, morto. Decapitado precisamente no dia 14 de Fevereiro (instituído formalmente pelo Papa Gelásio em 496) do provável ano de 269.
Rezam as crónicas que, durante o seu cativeiro, a filha do seu carcereiro, que era cega, ter-se-á apaixonado pelo padre e, após um encontro com aquele, a jovem terá recuperado a visão. Um genuíno e retumbante milagre. A paixão foi adensada pela lenda que diz ainda que, na noite anterior à sua execução, o padre terá feito chegar uma carta à jovem apaixonada, na qual exprime o seu amor cristão, despedindo-se com um “do seu Valentinus”.

Este "amor"  é hoje celebrado pelos namorados e casais em todo o mundo, em que os amantes trocam mensagens de paixão, rosas, bombons, peluches, e outras coisas que podem envolver a troca de fluídos corporais

Na imagem, Santo Valentinus baptiza Santa Lúcia, numa Pintura de Jacopo Bassano de 1575

O "outro" perigo que vem do céu...


... embora seja verdade, conforme puderam sentir os russos, o perigo que menciono diz respeito ao castigo e expulsão do jogador Mangala do FCPorto. Agressões à "encornado"? Com cotoveladas ou sarrafadas ou mesmo agarrões aos árbitros? Não!!! Expulso porque saltou mais que o adversário. Excesso de agressividade, dizem os "colhões" da rádio, julgando perceber o julgamento de ... Xistra! Sim, esse cromo mouro que amarelou os jogadores do FCPorto que estavam à bica. Tudo dentro das coincidências do futebol luso, à moda de "quem faz as coisas pelo outro lado"...  Não tenho mais nada a dizer! O FCPorto venceu e é o que conta...

Dia dos Namorados (X)


Dia dos Namorados (IX)


Dia dos Namorados (VIII)