Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Vinho da trampa

O governo de lisboa e os funcionários partidários do parlamento, que nada mais têm que fazer, não gostam da palavra Estremadura, que como sabem é o nome de uma província de Portugal onde fica a miserável e centralista capital. Vai daí, olhando, como é hábito para o (pouco) que observam do postigo do seu pardieiro, decidiram substituir a indicação geográfica “Estremadura“ pela indicação geográfica “Lisboa“, para designar os vinhos produzidos em parte dos concelhos de Lisboa (com excepção do da Azambuja) e de Leiria.

Por este andar, os mesmos salafrários, incomodados com a designação do país, Portugal, não tarde e vão, por decreto, alterar a designação para "Lisboagal"...

Preparem-se...

0 comentários: