Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Porto na pintura (43)

(Valença Cabral)

Rui Moreira. PS e PSD só querem regionalização quando não estão no poder

À luz do debate "Que Porto queremos construir até 2025" Rui Moreira lançou críticas a PS e PSD e defendeu que a regionalização é a maneira de tornar o poder imaginado pelo cidadão num poder real. 
O presidente da Câmara do Porto, o independente Rui Moreira, disse esta sexta-feira que o PS e o PSD só querem a regionalização quando não estão no poder e avisou que o processo vai partir do norte do país.
Em declarações à Lusa, à margem de uma conferência sob o tema “Que Porto queremos construir até 2025”, Rui Moreira lamentou que a regionalização não tenha estado na agenda eleitoral, como era expectativa de vários autarcas do norte do país.
“Tenho muita pena, porque me esforcei com outros autarcas para inscrever isto. E aquilo que vejo, entre os partidos tradicionais, é claramente que o Bloco de Esquerda e o CDS são contra a regionalização, têm-no dito sempre. A CDU é única força política, do espetro principal, que quer a regionalização. O PS e PSD querem a regionalização quando não estão no poder. Quando estão no poder não a querem e, portanto, isto vai ter de ser mais uma vez do norte”, defendeu, sublinhando que, no seu entender, a regionalização devia avançar já.
No mundo ideal, a regionalização não devia ser uma preocupação, mas, hoje, a criação de regiões é, talvez, “a única forma” de transformar o poder imaginado pelo cidadão num poder real, acrescentou o independente.
Moreira explicou que a falta de poder das autarquias para concretizarem os projetos e estratégias que os cidadãos esperam que sejam competências destas só pode ser resolvida com um processo de regionalização, alertando para o surgimento de situações que ocorrem noutros países, “como o separatismo, os conflitos e principalmente o populismo”. Para o presidente da Câmara do Porto, é agora que o país deve fazer reformas e não quando “há crise”.
O independente referiu ainda que, no futuro, a cidade do Porto vai ser determinada pelo poder que tiver, considerando que esta questão não se resolve com competências metropolitanas, mas pela assunção por parte de autarquias de mais competências.
“Em Portugal continua a acreditar-se que tudo se consegue resolver através da legislação. Tem sido assim e não vai poder continuar a ser assim. Há que resolver o problema uma vez por todas. Até 2025, nós vamos ter de ter poder. Poder é uma coisa que ninguém nos vai dar, que exige compromissos (…) e que as pessoas não se esqueçam desse poder que nós temos e que nos representam cada vez que passam a ponte da Arrábida e vão até lá abaixo dar uma volta ou vão para o parlamento”, frisou.
Questionado pela Lusa sobre se será candidato à Câmara do Porto nas eleições autárquicas de 2021, Moreira escusou-se a responder, dizendo apenas que podem contar com ele até 2021.
“Isso não é neste momento relevante. Espero que os oitos anos sejam suficientes. Se vir que não são suficientes continuarei. Disse já há dois anos e meio, antes de me recandidatar, que gostaria que surgissem pessoas para também trazer ideias novas”, declarou à margem da conferência promovida pela Associação Cívica Porto, o Nosso Partido.
Para o autarca, o importante é que “este projeto independente” continue, porque, se assim não for, a cidade do Porto não consegue ir mais além.
“Temos todos os ingredientes, temos o diagnóstico feito, as coisas estão a correr bem e o nosso justo quinhão não está a ser repartido, não nos está a ser dado e isso não é lamúria. O que nos parece é que se nós queremos fazer da cidade do Porto mais alguma coisa para os que vão ter 18 anos em 2025, precisamos de poder. E, por isso, acho que a mensagem é que este movimento tem de continuar, comigo ou com outros”, concluiu. (via)

Nunca gostei de Carlos Lisboa. E o sentimento piorou quando, em pleno Dragão Caixa, nos mandou levar no cú! Por isso...

F. C. Porto segue na frente e derrota corrupto-benfica em basquetebol

Digam ao estagiário da RTP que os meus impostos não pagam erros básicos de português

O único verbo terminado em "or" com acento circunflexo é o principal: o verbo pôr. Os derivados supor, expor, repor, propor, dispor não necessitam de acento.  São verbos da segunda conjugação, pois em Latim escrevia-se ponere, poer......


O melhor líder do PSD depois de Sá Carneiro



Ó proença, se houvesse VAR na Champions League...


“Já não sou acionista das Produções Fictícias”, “Já não sou acionista das Produções Fictícias”, “Já não sou acionista das Produções Fictícias”, “Já não sou acionista das Produções Fictícias”, “Já não sou acionista das Produções Fictícias”. É o meu sobrinho, diz o biltre! E eu voltei a acreditar no Pai Natal!

O já nomeado secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media afirmou já não ter quaisquer participações em empresas do setor, que depois da tomada de posse estará sob a sua tutela.
Nuno Artur Silva confirmou que vendeu a empresa Produções Fictícias, que é detentora do Canal Q, a quem já a estava a gerir desde 2015, ou seja a Michelle Costa Adrião e André Caldeira, este último, apurou o jornal i, é sobrinho do futuro governante.
“Já não sou acionista das Produções Fictícias e, consequentemente, também já não sou acionista do Canal Q. Não tenho [agora] nenhuma participação em qualquer empresa de audiovisual, de media ou de comunicação social”, afirmou Nuno Artur Silva ao Público. (via)


PEDOFILIA - Se o povo tivesse dois dedos de testa: Costa, Pedroso e Ferro

"já fiz o contacto"


Datas com História: 23 de Outubro de 1962

Kennedy decide bloqueio marítimo a Cuba
Resposta norte-americana à instalação de mísseis nucleares na ilha comunista 
(manchete do DN neste dia em 1962)


Ficaria para a história como a Crise dos Mísseis em Cuba e um dos momentos em que o mundo esteve em maior risco de uma catástrofe nuclear. Após ter descoberto -- através de aviões espiões -- que a União Soviética estava a instalar em Cuba mísseis capazes de transportar ogivas atómicas, o Presidente Kennedy mandou a Marinha impor um bloqueio à ilha comunista de forma a impedir o transporte de mais material vindo da Rússia.
"Bloqueio marítimo a Cuba", titulava o DN a 23 de Outubro de 1962, com o antetítulo "Kennedy decide enfrentar a ameaça".
"Para impedir que as armas soviéticas transformem a ilha numa base capaz de destruir o continente americano. Os russos estão a instalar ali mísseis que podem atingir Washington, o Canadá ou o Peru - afirmou o presidente".
"Será considerado ataque directo da Rússia aos Estados Unidos e justificará represálias imediatas contra o território soviético qualquer míssil nuclear lançado de Cuba contra qualquer país do hemisfério ocidental", acrescentava então o DN.
A tensão manter-se-ia até 28 de Outubro, com o recuo soviético. O bloqueio naval perduraria até 21 de Novembro, após a retirada total dos mísseis e bombardeiros russos da ilha de Fidel Castro.
A crise teve um efeito colateral positivo: levou à criação de um "telefone vermelho" entre Washington e Moscovo, linha de comunicações prioritária que permitiria aos líderes das duas superpotências da Guerra Fria comunicar directamente.  (daqui)

Saiba quem é quem no governo socialista


Ó proença, e se fosses à puta que te pariu? Estás com medo de voltar ao Colombo?

Vocês sabem do que estou a falar... Não sabem, então aqui vai:


Lembro-me assim de repente que se houvesse VAR o corrupto benfica não teria ido à final da Taça dos Campeões de 89/90, não teria ganho a Taça de Portugal em 2017 ou teria perdido no Dragão em 2017/2018




O melhor resort de águas termais do mundo é português: Aqua Village Health Resort & Spa, situado na aldeia de Caldas de São Paulo (Oliveira do Hospital)

O Aqua Village Health Resort & Spa, situado na aldeia de Caldas de São Paulo (Oliveira do Hospital), foi eleito o melhor resort de águas termais do mundo, ganhando outros nove prémios nos Haute Grandeur Global Excellence Awards, em Kuala Lumpur, Malásia.


(…) ganhou três galardões na categoria de Resort dos Haute Grandeur Global Excellence Awards, em Kuala Lumpur, Malásia, entre eles o de melhor resort de águas termais do mundo.
Na mesma categoria, o empreendimento, que se enquadra na paisagem florestal e montanhosa daquela aldeia, venceu também os títulos de melhor resort refúgio da Europa, melhor resort de montanha da Europa e de suite mais luxuosa da Europa (uma suíte presidencial de 200 metros quadrados).
Já na categoria Spa o hotel ganhou três prémios: melhor spa medicinal da Europa, melhor spa termal da Europa e melhor spa de luxo em Portugal. O que distingue o spa deste hotel são as suas águas termais, ricas em enxofre e sílica, que são captadas a alta temperatura de um poço do rio Alva.

Sabe-se que as reconhecidas propriedades terapêuticas daquela água ajudam a amenizar problemas de pele e de ossos – daí as populações locais extraírem água daquele sítio desde tempos imemoriais – e foi precisamente essa riqueza termal que os empresários do Aqua Village quiserem potenciar com a criação do hotel.
O spa está equipado com uma piscina termal hidrodinâmica e tem sauna, banho turco, duche de contraste e salas de tratamento para massagens. No exterior, com vista para a paisagem de choupos que rodeia o empreendimento, estendem-se outras duas piscinas aquecidas, uma delas semi-coberta e com a água a 38 graus.
Nesta edição dos Haute Grandeur Global Excellence Awards o Roots Restaurant & Bar, com cozinha portuguesa de autor baseada em produtos regionais, foi também premiado como melhor restaurante de hotel de luxo na Europa, melhor restaurante familiar de luxo na Europa e melhor bar de restaurante de luxo em Portugal.
O Aqua Village Health Resort & Spa abriu há três anos, com 39 apartamentos T1 e T2 totalmente funcionais – alguns com vista para o rio e outros com banheira de hidromassagem na varanda –, sala de cinema, ginásio e espaço para conferências. O hotel escapou intacto aos incêndios que assolaram Oliveira do Hospital em 2017.
Grupo Sana arrecada 13 prémios no mesmo concurso

O grupo hoteleiro Sana ganhou 13 prémios no mesmo concurso. A cerimónia distinguiu o restaurante River Lounge, do Myriad by Sana, como o melhor Restaurante à beira mar, e atribuiu outros seis prémios europeus e seis nacionais ao Epica Sana Algarve (Albufeira) ...
O hotel algarvio foi considerado o melhor a nível europeu nas categorias “Best Resort Spa” e “Best Fitness Spa”, tendo recebido três distinções de melhor em Portugal nas categorias “Best Coastal Hotel”, “Best Resort Hotel” e “Best Health & Wellness Spa”.
(…) A nível nacional o Myriad foi considerado o melhor nas categorias de “Best Hotel View”, “Best Honeymoon Hotel” e “Best Design Hotel”.

António Costa mostra o quanto está ao lado da incompetência e do corrupto benfica

1. Apanhado a gerir empresa no governo. 
2. Acusado de parcialidade pelos presidentes dos 2 principais organismos que tutela. 
3. Apanhado a condicionar disciplina do IPDJ. 
4. Perde credenciais do único laboratório antidoping de Portugal.

Conclusão: reconduzido por ANTÓNIO COSTA


Porto na pintura (42)

(Valença Cabral)

Abençoado Coimbrões-FC Porto


Entretanto, na África do Sul, o efeito "mandela" faz-se sentir cada vez mais

FC Porto d'outros tempos

Equipa do FC Porto da Época 1924/25 


Campeões do Campeonato de Portugal e do Campeonato do Porto. O Presidente do FC Porto Domingos de Almeida Soares ofereceu um banquete há Equipa no Palácio de Cristal devido ás conquistas e prestações da Equipa. Da esq. p/ dta. Fridolf Resberg, Mihaly Siska, Norman Hall, João Nunes, Akoz Teszler (Treinador), Tavares Bastos, Júlio Cardoso, Velez Carneiro, Coelho da Costa, Domingos de Almeida Soares (Presidente do FC Porto) Pires Peixoto, Balbino da Silva e Floriano Pereira.

Foi um dia do caneco


Flopelix


Árbitro beijoqueiro safa o corrupto benfica

Assinalou fora de jogo neste lance. 
A corrupção benfiquista não pára!

Felisberto um dos “meninos queridos”. Pedro Felisberto... é o nome de um árbitro auxiliar de 1.ª categoria. Se acrescentar o pormenor, que foi o árbitro que beijou a mulher, que estava na bancada com um cachecol do Benfica ao pescoço….


Bernardo Sousa suspenso 2 anos! Já não se pode ser fiel aos patrocinadores.


Isto tem um nome, não tem? Corrupção?!


GALP, UNICER, APITEL, EDP, BCI, SIBS, SONAE, etc, etc... O CDS é o Jorge Mendes da política nacional.


Este documento é verdadeiro, ou estão a brincar com toda a gente?


Este socialismo nunca falha...


A National Geographic vai expôr na cidade do Porto "Um Século e Tanto de Descobertas"


A primeira fotografia de natureza publicada pela National Geopraphic Society, a descoberta de Machu Picchu ou a primatóloga Jane Goodall a tocar num chimpanzé recém-nascido: estas são algumas das imagens icónicas que vão poder ser vistas, entre a partir de hoje e até ao dia 19 de Julho de 2020, no Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (edifício da Reitoria).

Um século e tanto é uma exposição para celebrar os 130 anos da National Geographic e mostrar, através de cerca de 150 objectos e imagens, a importância da investigação e exploração nas áreas da ciência e tecnologia. Além de uma selecção de peças trazidas do museu da instituição sediado em Washington, D.C., a exposição vai contar também com 200 capas de edições nacionais e internacionais da revista, bem como fotografias, ilustrações, mapas e objectos das colecções do MHNC-UP, da Sociedade de Geografia de lisboa, do Museu de Marinha e do Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de lisboa.

As visitas podem ser feitas de terça-feira a domingo, entre as 10 e as 18 horas. Os bilhetes de adulto custam nove euros, os reduzidos (crianças com mais de cinco anos, estudantes e maiores de 65 anos) custam quatro, e o bilhete familiar custa 23 euros.

Alverca é do campeonato de Portugal (3ª divisão) e equipa Adidas? Há petróleo no Ribatejo? É mais um satélite do corrupto benfica?


Terminal Intermodal de Campanhã vai fazer nascer 4,6 hectares de área verde

A zona oriental vai ter a maior cobertura verde da cidade com a construção do TIC - Terminal Intermodal de Campanhã, que fará ali nascer uma área ajardinada com o total de 4,6 hectares. O projecto era prometido à cidade há década e meia, mas nunca avançara. Começou finalmente a ser construído há três semanas.

O TIC é um projeto revolucionário para os transportes e a mobilidade no Porto, além de um grande empreendimento de arquitetura e engenharia com os seus 24 mil metros quadrados de área bruta total de construção. Mas é também revolucionário no campo da sustentabilidade ambiental, já que vai tornar-se no maior polo de absorção de carbono na cidade: entre a sua cobertura totalmente verde e a área circundante igualmente ajardinada, vão ser 46 mil metros quadrados de superfície verde.

Além disso, este não é apenas mais um projecto pois as obras já começaram no passado dia 23, dando assim um importante passo para concretizar o que foi uma aposta assumida pelo Executivo de Rui Moreira: a construção do Terminal Intermodal de Campanhã, que vinha sendo sucessivamente prometida à cidade desde 2003.

Mas as preocupações ambientais e de cuidados com o Planeta e a qualidade de vida na cidade do Porto não se ficam por aí, e vários aspetos são igualmente tidos em conta na construção do TIC. Refira-se, a título de exemplo, que este complexo vai ser erigido com respeito integral pela norma internacional LEED (do inglês: Leadership in Energy and Environmental Design; em português: Liderança em Energia e Design Ambiental).

Trata-se de uma certificação para construções sustentáveis, concebida e concedida pela organização não governamental United States Green Building Council (USGBC), com o intuito de promover e estimular práticas de construção sustentáveis, satisfazendo critérios para uma construção verde. Prevê categorias como Localização e Transporte, Lotes Sustentáveis, Eficiência da Água, Energia e Atmosfera, Materiais e Recursos, Qualidade Interna dos Ambientes e Inovação e Prioridades Regionais.


A nova plataforma intermodal em Campanhã, que deverá estar concluída dentro de dois anos, vai constituir um dos principais nós da rede de transporte público, enquanto interface estratégico de um anel de contorno da cidade do Porto, funcionando em articulação com o interface da Casa da Música e o futuro interface do Hospital de S. João.

O TIC vai abranger os comboios suburbanos e os de longo curso, o Metro e a rede urbana da STCP, além dos autocarros de serviço intermunicipal e regional que passarão a dispor de um terminal de última geração, numa zona da cidade de fácil acessibilidade rodoviária.

Representando um investimento de cerca de 13 milhões de euros, terá ainda áreas utilitárias, como parque de estacionamento, terminal de camionagem, estação de serviço, paragens "kiss & ride", parque de bicicletas e parque de táxis, bem como áreas complementares de apoio ao público, áreas administrativas e áreas técnicas essenciais.(via)

Turquia? Fora com eles!


U.Porto é a melhor universidade para estudar de acordo com 6000 estudantes internacionais

(foto de Miguel Nogueira)

A Universidade do Porto deverá ultrapassar a barreira dos 6 mil estudantes internacionais, neste ano lectivo 2019/2020, a frequentar um grau/curso completo ou a realizar um período de estudos na instituição no âmbito de programas de mobilidade internacional.

De acordo com os dados do primeiro semestre, verifica-se que 5249 estudantes, na sua maioria mulheres e provenientes de 93 países, chegaram à Universidade do Porto para prosseguir a sua formação académica. Este número representa um crescimento de mais de 25% face ao ano lectivo anterior.

Este acréscimo do número de estudantes que procuram a Universidade do Porto traduz-se nos seguintes números de estudantes que estão a frequentar cursos de licenciatura e mestrado integrado: de 1137, em 2018/2019, para 1496 em 2019/2020.

Esta tendência que é acompanhada pela crescente procura dos cursos de pós-graduação (mestrados e doutoramentos) da U.Porto, que este ano registaram a entrada de 2305 estudantes internacionais, em relação aos 1947 registados no ano transacto.

O Brasil (2866) lidera, como habitual, com 2866 estudantes a escolherem a Universidade do Porto para prosseguir estudos; depois é Moçambique, com 114 estudantes, Itália, com 107 estudantes e Cabo Verde com 79 estudantes.

A lista de estudantes inclui 84 nacionalidades, representativas de países tão diversos como África do Sul, Bangladesh, Coreia do Norte, Palestina, Japão ou Estados Unidos.

As faculdades que mais estudantes acolhem são as de Engenharia (706), Letras (560), Ciências (330), Economia (298) e Belas Artes (194).

De realçar que ainda não estão contabilizados os estudantes de mobilidade que chegam no 2.º semestre do ano letivo. Com a tendência crescente de estudantes estrangeiros a procurarem o Porto para estudar, a Universidade espera ultrapassar ainda este ano letivo, a barreira dos 6 mil estudantes internacionais, correspondentes a mais de 20% de toda a comunidade académica. (via)


Porto e Douro estão entre os 20 melhores destinos para 2020 (segundo a Forbes)

“Excelente comida, vinho, paisagens”, resume especialista de viagens na revista norte-america. E diz-se ainda: “clima perfeito e preços razoáveis”.

A influente revista de economia e negócios destaca no seu site o Porto e Douro com um artigo de um colaborador especializado em propostas para o consumidor, Christopher Elliott, no caso de viagens, e em colaboração com especialistas de uma agência de viagens, a Ovation Travel Group, particularmente dedicada ao mercado do turismo de negócios e de luxo.
Entre várias propostas surge o Porto e o Vale do Douro como a proposta nº 7 da lista e com uma indicação especial: “O Porto é óptimo para famílias”. 
Mas, no geral, o que a região tem para oferecer de melhor é resumido logo à entrada: "O Porto tem excelente comida, vinho, paisagem, clima perfeito e preços razoáveis”, garante-se. (via)

A "Simples Curiosidade" de uma Toupeira ao serviço do corrupto benfica

Aí está ele! O ex-ministro das finanças do governo que deu 7mil milhões de euros do contribuinte ao banco que agora preside!


O antigo ministro das Finanças e actual presidente do EuroBic, Fernando Teixeira dos Santos, ameaçou processar a antiga eurodeputada socialista Ana Gomes. A ameaça, proferida em declarações ao jornal Eco, resulta de publicações feitas por Ana Gomes na rede social Twitter, nas quais acusava a empresária angolana Isabel dos Santos de “lavar dinheiro” através do banco a que Teixeira dos Santos preside. “Ou prova o que afirma ou será acusada de difamação”, disse agora o antigo ministro de Sócrates ao jornal digital. (via)