Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Insólitos e Desconcertantes (7)


Insólitos e Desconcertantes (6)


Empresa tecnológica do Porto (...) distinguida pelo governo britânico


A iniciativa empreendedora e o talento de uma empresa tecnológica do Porto voltaram (…) a colher reconhecimento internacional com uma distinção atribuída pelo governo britânico. A Blip recebeu o "Overseas Direct Investment Award" pelos seus contributos para a relação comercial entre Portugal e o Reino Unido.

A distinção, atribuída pelo UK Department for International Trade (DIT - departamento governamental britânico de comércio externo), foi (…) entregue aos responsáveis pela Blip durante a 11.ª edição dos DIT Business Awards, na residência oficial do Embaixador do Reino Unido em Portugal, Graham Stuart. 

O "Overseas Direct Investment Award" (Prémio de Investimento Directo no Estrangeiro) reconhece e valoriza a promoção de boas relações comerciais e de investimento entre Portugal e o Reino Unido para que tem contribuído a actividade da empresa tecnológica do Porto, que produz software à medida para web e mobile.

"Sentimo-nos honrados com este reconhecimento, que é o reflexo do esforço e da dedicação que a nossa equipa entrega ao trabalho. É também o resultado de uma estreita relação que a Blip, nascida e criada no Porto, tem com a sua casa-mãe, no Reino Unido, e com muitos outros mercados no mundo", afirma Hélder Costa, head of technology da Blip. 

O "Overseas Direct Investment Award" realça o trabalho desenvolvido por empresas sediadas num determinado país, mas cuja actividade e investimento incidem noutros mercados, como é o caso da Blip.

A empresa fundada em Portugal e onde trabalham cerca de 310 colaboradores é responsável pela gestão e desenvolvimento tecnológico de plataformas de jogo online presentes em 120 países e utilizadas por mais de seis milhões de clientes das várias marcas da multinacional Paddy Power Betfair. O software desenvolvido na cidade do Porto é 100% exportado, transformando a Blip num dos principais tech hubs à escala global.

"As distinções feitas às empresas que apoiam a agenda de crescimento económico bilateral são reconhecidas pela comunidade empresarial portuguesa como uma importante valorização da sua capacidade de internacionalização e do seu esforço empreendedor", salienta João Sebastião, diretor do DIT Portugal. Para este responsável, "os DIT Business Awards são um momento de celebração das relações comerciais entre o Reino Unido e Portugal, e das sinergias que se criaram entre os dois países".

A Blip tem-se destacado pela valorização dos seus colaboradores e pela sua estratégia de employer branding, o que já lhe valeu, neste ano, o prémio de 3.ª Melhor Empresa para Trabalhar em Portugal e de Melhor Espaço de Trabalho, pela revista "Exame", uma lista que, aliás, já liderara em 2017

Insólitos e Desconcertantes (5)


Pistas de gelo voltam a aquecer o Natal na Baixa e na Boavista já no dia 30


A cidade volta neste ano a ter duas pistas de gelo para animar a época do Natal. Os locais são a Baixa e a Boavista e a abertura está marcada para o dia de "inauguração oficial" do Natal do Porto.

A Praça de D. João I e a Rotunda da Boavista recebem novamente pistas de gelo artificial já a partir de 30 de Novembro, o sábado da próxima semana, que é o dia em que o Porto começa a viver de forma mais animada a quadra festiva com um grande programa de animação.

No caso da Praça de D. João I, a pista de gelo abre logo às 10 horas, enquanto na Boavista pode-se começar a patinar uma hora mais tarde.

A festa natalícia toma então conta da cidade e a Baixa torna-se na zona principal, até porque a ligação das luzes e da árvore gigante acontece nesse mesmo dia às 18 horas.

Entretanto, para assinalar a abertura das pistas de gelo, logo no segundo dia de funcionamento - o domingo e feriado de 1 de Dezembro - ambas vão ter acesso gratuito durante o período da manhã e até às 13 horas.  

Também na tarde de domingo, pelas 16 horas, a pista da Praça de D. João I apresenta o espetáculo de patinagem artística "Magia no Gelo", a que o público poderá assistir livremente.

Já a pista da Praça de Mouzinho de Albuquerque ("Rotunda da Boavista") estará inserida, como é habitual, na Praça da Fantasia, um espaço com outros divertimentos como uma rampa de gelo, carrosséis, pistas de carros, comboio mágico, simuladores, jogos tradicionais, uma mini roda e até uma Casa do Pai Natal.

Refira-se que é também nesse fim de semana que abrem os três Mercados de Natal na Baixa.

/
HORÁRIO DAS PISTAS DE GELO

> Praça de D. João I
- de domingo a quinta-feira: 10h00-23h00 
- sexta e sábado: 10h00-01h00
- 24 de dezembro: 10h00-18h00
- 25 de dezembro: 15h00-19h00
- 31 de dezembro e 1 de janeiro: 10h00-02h00

> Rotunda da Boavista
- domingo: 10h00-22h00 
- de segunda a quinta-feira: 11h00-22h00
- sexta e sábado: 11h00-23h00
- 24 e 31 de dezembro 10h00-16h00
- 25 de dezembro e 1 de janeiro: 14h30-19h00

PREÇÁRIO
- 20 minutos: €3,5
- 60 minutos: €6
(daqui)

Exclusivo: Uma das salas da casa da mãe do Sócrates


Insólitos e Desconcertantes (4)


Companhia de bandeira anuncia nova ligação aérea entre o Porto e Pequim


Mais uma companhia aérea de bandeira vai reforçar a sua operação no Aeroporto Francisco Sá Carneiro para ligar a cidade do Porto a destinos transcontinentais. Neste caso, é a RAM - Royal Air Maroc e o destino é a cidade de Pequim, o que vem ajudar a fortalecer os laços entre o Porto e a China que a recente visita do presidente da Câmara àquele país foi potenciar e durante a qual, aliás, o sector da mobilidade foi um dos temas mais fortes.

Segundo comunicado da transportadora aérea marroquina, que tem vindo a reforçar a operação no Porto retomada há cerca de dois anos, já estão abertas as reservas para os voos entre o Porto e Pequim, via Casablanca, que têm início marcado para 16 de Janeiro próximo. "Três voos por semana, desde 590 euros" é a oferta da RAM que vai ligar o aeroporto de Casablanca Mohamed V ao aeroporto internacional de Beijing Daxing, pela primeira vez em menos de 13 horas de voo direto operado pelo dreamliner B787-9, com capacidade para 302 lugares, 26 deles em classe Business confort

Articulado com a ligação do Porto à maior cidade de Marrocos, o voo de Casablanca para Pequim será operado às segundas, quintas e sábados, tendo início no dia 16 de Janeiro, enquanto o voo com origem em Pequim será operado às terças, sextas e domingos a partir de 17 de Janeiro. Os voos de Casablanca oferecem ligações com Porto e Lisboa, combinando com tarifas e condições especiais, com a possibilidade de permitir estadias gratuitas em Marrocos até 5 dias. 

Esta nova operação da RAM vem juntar-se às mais de uma dúzia de operações que o Porto tem conseguido fazer iniciar ou reforçar nos últimos anos, ligando o Aeroporto Francisco Sá Carneiro aos mais variados destinos internacionais e transcontinentais, tanto por transportadoras aéreas de bandeira como por operadoras low cost. Essa mesma questão foi sublinhada na recente entrevista que Rui Moreira deu à rádio macaense TDM, durante a visita que efetuou na semana passada a Macau e à região de Shenzhen para aprofundar as relações económicas, turísticas e culturais entre a China e a região do Porto.
(daqui)

Insólitos e Desconcertantes (3)


Porto: 58 alunos receberam prémios "Rumo à Excelência"

Jardim Botânico do Porto tem finalista a árvore do ano. Votem!


O octogenário e imponente conjunto composto pelo Metrosidero (Metrosideros excelsa) e pelo Bordo-do-Japão (Acer palmatum), localizado no Jardim Botânico do Porto, está entre os 10 finalistas à edição de 2020 da "Árvore do Ano". A árvore vencedora vai representar Portugal na edição europeia do concurso "Tree of the Year". As votações online estão a decorrer.

A cidade do Porto pode orgulhar-se deste conjunto de duas árvores distintas, com mais de 15 metros de altura e um impressionante tronco que ultrapassa os sete metros de diâmetro. Tanto que o país quer a Europa a reconhecer a sua singularidade, como poderá acontecer caso seja eleita "Árvore do Ano".

Enquanto uma das principais "atrações" para quem visita o Jardim Botânico do Porto - Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto, "mais do que pela sua dimensão, este elemento singular surpreende pela combinação de texturas e de tons contrastantes que variam ao longo do ano. De folhas rijas, o Metrosidero complementa, inesperadamente, a copa leve e esvoaçante do Bordo. E, com a chegada do Outono, os tons quentes do Bordo combinam-se com o verde-escuro acinzentado do Metrosidero, proporcionando, em si, um espetáculo de rara beleza", destaca o Jardim Botânico do Porto em comunicado.

Situado no emblemático Jardim do Rapaz de Bronze, também jardim da casa de infância de Sophia de Mello Breyner Andresen, o conjunto foi selecionado entre as 35 candidaturas recebidas a nível nacional e avaliadas por um júri constituído por António Bagão Félix (autor do livro "Trinta árvores"), Rui Queirós (do ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, responsável pelos processos de classificação de arvoredo de interesse público) e António Gonçalves Ferreira (presidente da União da Floresta Mediterrânica, entidade promotora da iniciativa).

A votação pública online decorre até ao dia 1 de Dezembro e a apresentação dos resultados acontecerá logo no dia seguinte.