Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Cuba! Liberdade? Democracia? Sabem eles lá o que é isso!

Porto, segundo os brasileiros

Quando abrirem Igrejas Católicas nos territórios muçulmanos poderei mudar a minha opinião, até lá, TODOS os muçulmanos SÃO INIMIGOS!

Arábia Saudita decreta pena de morte para quem carregar Bíblia



A Arábia Saudita é o “berço” do Islamismo, tendo em Meca a cidade mais sagrada desta religião.
A Arábia Saudita é o “berço” do Islamismo, tendo em Meca a cidade mais sagrada desta religião. Já é proibido aos não muçulmanos entrarem naquela cidade. De modo geral, a perseguição religiosa só aumenta. Não há igrejas conhecidas e a maioria dos cristãos naquela nação são imigrantes estrangeiros.
Agora, o governo do país que já se diz regido pela lei sharia, anuncia modificações em uma lei sobre literatura. Isso poderá marcar o fim do cristianismo na região. O motivo é simples: está prevista pena capital para quem carregar Bíblias para dentro da Arábia. Ou seja, o que já era considerado contrabando, agora chega ao extremo. Não se pode comprar legalmente uma cópia das Escrituras por lá.
A missão Heart Cry  [Clamor do coração] divulgou em seu relatório mais recente que ao legislar sobre a importação de drogas ilegais, incluiu-se um artigo que aborda “todas as publicações de outras crenças religiosas não islâmicas e que tragam prejuízo”. Ou seja, na prática, entrar com uma Bíblia na Arábia Saudita será o mesmo que carregar cocaína ou heroína.
Opinião:
 
“E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.”
Apocalipse 6:9
Perseguição e morte de cristãos é bíblico e ocorre desde os tempos de Jesus.
Por ser um importante parceiro comercial dos EUA – onde rola grana alta e muito petróleo – a Arábia raramente recebe cobertura negativa da imprensa internacional…. nem nessa caso contra cristãos, nem contra gays, por exemplo, que também são sumariamente mortos por lá quando descobertos.
E não se ouve falar em protestos do pessoal dos direitos humanos, nem em manifestações contrárias de nenhum tipo. Assim como já ocorre na Síria e em outras partes do mundo, parece que o assassinato de cristãos é algo encarado com certa naturalidade.
Por Leonardo Souza

Justa homenagem, he he he


Depois da "história" acerca do convite ao chefe do pasquim da queimada, agora os milhões que caem para o filho que todos odeiam: Pinto da Costa anda a mentir-nos!

... entretanto o Andebol voltou a perder com os encornados e está à beira do abismo depois de uma época imaculada ...

CADA VEZ MAIS DE VOLTA AOS TEMPOS DOS ANDRADES ...

O Porto em Imagens (350)

José Simões

Ele só queria ver as notícias....



"Sunday morning in my living room." John ThawleyAnimal of the day
Publicado por Animal of the day em Sábado, 26 de Março de 2016

Esquerda e socialismo: falta de transparência!

Como funcionou a chamada direita:
  1. TAP: Privatizada pelo governo PSD/CDS através de concurso público internacional
  2. Metro do Porto: Depois de um concurso internacional e consulta a 24 concorrentes, concessionado por ajuste directo pelo governo PSD/CDS.
Como funciona a esquerda "impoluta":
  1. Governo PS mudou a privatização da TAP em negociações secretas com os vencedores. Os contornos exactos desta negociação não são conhecidos.
  2. Concessão do metro do Porto à Barraqueiro foi prolongada pelo governo PS sem qualquer tipo de concurso.
  3. A Barraqueiro está no negócio da TAP e no negócio da Metro do Porto.
  4. Em nenhum destes negócios feitos pelo governo PS houve acusações de falta de transparência.

Líderes muçulmanos respondem se existe diferença entre muçulmanos moderados e extremistas: NENHUMA!

O Porto em Imagens (349)

Ismael Queiroz

Portuenses de Excelência: Filipa Martins com duas medalhas

A ginasta do Sport Clube do Porto, Filipa Martins, obteve ontem a segunda medalha de bronze na Taça do Mundo de Ginástica, que está a decorrer em Doha, desta vez na trave. A atleta portuense repete assim o pódio pela 2ª vez, depois de na véspera ter também obtido o 3º lugar na final de Paralelas Assimétricas. Este é mais um excelente indicador trazido da Taça do Mundo de Ginástica Artística disputada na capital do Qatar e que antecede o importante desafio de Filipa Martins, que a 21 e 22 de Abril disputa o 'test event" que encerra a qualificação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro'2016.
Filipa Martins é uma das grandes esperanças do Porto para um bom resultado nos próximos Jogos Olímpicos. [daqui]


MAIS UM BRONZE PARA PORTUGAL!!!!MAIS UMA FANTÁSTICA PRESTAÇÃO DA GINASTA PORTUGUESA NA FINAL DE TRAVE DA TAÇA DO MUNDO DE DOHA EM GINÁSTICA ARTÍSTICA.MUITOS PARABÉNS FILIPINHA!!!#ESTAMOSJUNTOS #VIVAPORTUGAL #SOMOSGRANDES #LIMPAMOSOBRONZEDASCOMPETIÇÕES
Publicado por Sérgio Mateus em Sábado, 26 de Março de 2016

Este sim, é muito bom; já o "rapazinho" encornado é uma treta fabricada pelo jornalixo desportivo lisboeta


Turquia na UE? Quem quer a raposa no galinheiro?

Os grandes aliados (económicos, pelo menos) do ISIS na UE seria o fim do Mundo!

Este documentário da RT é claro e completamente elucidativo: Ancara é o "banco" dos terroristas islamitas que os ajuda e os financia!

A Ferreirinha morreu há 120 anos: a mulher que triunfou num tempo e num sector em que só os homens dominavam

Há 120 anos, na Quinta das Nogueiras, em Godim, Peso da Régua, falecia Antónia Adelaide Ferreira. Terminavam assim os 84 anos de vida da que ficou conhecida como a “Ferrerinha”, a “mãe dos pobres”, mas que foi também uma empresária de raro sucesso, num tempo e num sector exclusivamente dominados por homens.

Figura incontornável do Alto Douro vinhateiro, Antónia Adelaide nasceu em 1811, no seio de uma família abastada e com créditos firmados no cultivo da vinha. Por diligência paterna, foi destinada a casar com um primo que nunca se interessou pelos negócios e que delapidou parte do património familiar. Enviuvou cedo, aos 33 anos, sendo já mãe de dois filhos: uma menina, Maria de Assunção, e um rapaz, António Bernardo Ferreira.

A viuvez precoce despertou em si a vocação de empresária, levando-a a assumir a liderança da Casa Ferreira, fundada pelo seu avô, Bernardo Ferreira, por ordens do Marquês de Pombal. Fez grandes plantações de vinha, construiu armazéns, contratou colaboradores, comprou quintas importantes – Aciprestes, Porto e Mileu – e fundou outras – como Vale Meão –, tornando-se uma figura de primeira grandeza no setor do Vinho do Porto.

À sua prosperidade não foi indiferente o Duque de Saldanha, um dos homens mais poderosos do seu tempo. O marechal pretendeu fazer casar o seu filho com a menina Maria de Assunção. Após recusa de D. Antónia, inconformado, o duque mandou raptar a jovem, então com apenas 12 anos. Para o evitar, D. Antónia e os filhos são forçados a fugir do país, fixando-se em Londres. Aí casa, em segundas núpcias, com um dos administradores de longa data da empresa, José da Silva Torres.

Já em Portugal, é numa das suas numerosas viagens do Alto Douro para o Porto, em 1861, que se dá o famoso naufrágio no traiçoeiro Cachão da Valeira que vitimou o seu amigo, o Barão de Forrester. Os remeiros foram incapazes de resistir à força da corrente, o barco embateu nas rochas e todos os ocupantes foram atirados para as águas revoltas do rio. Diz a tradição que o barão foi arrastado para o fundo pelo peso das libras de ouro que carregava no seu largo cinturão. Quis a sorte que D. Antónia se salvasse graças às suas saias que, insufladas de ar, a mantiveram à superfície e a levaram até à margem.
1868 foi um ano de produção excedentária de vinho do Porto. Apesar da excelente qualidade de vinho, as enormes quantidades disponíveis provocaram uma rápida saturação do mercado. Os viticultores viram-se a braços com produções que não conseguiam escoar. Para ajudar os produtores e talvez pressentindo uma excelente oportunidade de negócio no futuro, D. Antónia teve a coragem de comprar grandes quantidades de vinho, a baixo preço, num tempo em que todos queriam vender.

Dois anos mais tarde surge a praga do oídio que destrói grande parte dos vinhedos. Apesar dos preços escalarem vertiginosamente muito poucos tinham vinho para vender. Foi a oportunidade para D. Antónia recuperar o investimento efetuado e multiplicar a sua fortuna.
Entretanto, a região do Douro é também atingida pela filoxera, doença provocada por um inseto que sugava, secava e matava as raízes das videiras. O seu efeito manifesta-se, em primeiro lugar, nas zonas mais a leste mas, por volta de 1872, coloca de rastos muitas das mais conhecidas propriedades produtoras de vinho do Porto. Os rendimentos baixam drasticamente, provocando a escassez de vinho e uma nova subida do seu preço.

D. Antónia não se acomoda e desloca-se a Inglaterra para se informar sobre os meios mais modernos e eficazes para combater a praga. Ao mesmo tempo que luta contra a indiferença dos sucessivos governos portugueses em relação à sorte da produção vinícola nacional, D. Antónia adota processos mais sofisticados de produção do vinho e investe em novas plantações de vinhas. A solução passou por utilizar raízes de videiras americanas, imunes ao ataque da filoxera.

Tentando que as quintas do Douro não caíssem nas mãos dos ingleses, a Ferreirinha adquiriu-as uma a uma e, mais tarde, devolveu-as por um preço simbólico – chegando mesmo, em alguns casos, a doá-las – aos antigos proprietários.

Detentora de uma grande fortuna e de dezenas de quintas na região do Douro – com destaque para a Quinta do Vesúvio, a mais famosa das suas propriedades –, esta mulher visionária lutou sempre pelos mais necessitados e pelas suas causas. Quando, em 1880, ficou novamente viúva, intensificou o seu envolvimento em obras de benfeitoria, nomeadamente na construção dos hospitais de Vila Real, Régua, Moncorvo e Lamego.

Duas vezes viúva, D. Antónia consolidou a empresa de forma admirável. O seu espírito empreendedor ensinou-a a prever, decidir e actuar, mas nunca esquecendo o lado humano, o que a transformou numa figura de grande projeção e carisma.

Símbolo de empreendedorismo, de altruísmo e de generosidade, esta mulher determinada e corajosa construiu um enorme império ao longo do século XIX. Quando faleceu, em 1896, deixou uma fortuna considerável e perto de trinta quintas. Entre as numerosas quintas hoje geridas pela Casa Ferreirinha encontra-se a Quinta da Leda, situada em Almendra, Vila Nova de Foz Côa. Das uvas provenientes destas vinhas, nasce a base do vinho topo de gama da Casa Ferreirinha, o conceituado Barca Velha, símbolo inquestionável da qualidade mais alta dos vinhos do Douro e que é declarado apenas em anos realmente excepcionais.

Em 2004, a RTP exibiu uma série, da autoria de Francisco Moita Flores, retratando a sua vida ímpar. A emblemática empresa A. A. Ferreira foi adquirida em 1987 pela Sogrape que continua, anualmente, a entregar o “Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira” que visa distinguir “figuras femininas portuguesas que, devido às suas características humanas e capacidades de empreendedorismo, tenham replicado de alguma forma o excepcional exemplo de Dona Antónia nos tempos de hoje, nomeadamente através do contributo para o desenvolvimento económico, social e cultural do País”.  [Manuel Sousa, aqui]

UBER?


O "pó" está a dar nos clubes da segunda circular da capital centralista e colonial: depois do testa-de-ferro encornado chegou a os boys do "zporten not lisbon"

Nove elementos da Juve Leo detidos tinham 5,5 quilos de haxixe


Os nove elementos da Juventude Leonina (JL), uma das claques do Sporting, detidos na quarta-feira pela Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa, são suspeitos de se dedicarem ao tráfico de droga para financiar algumas das actividades daquele grupo. Esta não é uma novidade para a polícia que, há cerca de três anos, quando da detenção de elementos de uma claque do Benfica, chegaram a idêntica conclusão.

As investigações que levaram à detenção dos nove homens ligados à JL iniciaram-se a 21 de Fevereiro deste ano, quando o Sporting recebeu no seu estádio, em jogo a contar para o campeonato nacional, o Benfica. Nessa ocasião houve confrontos graves entre adeptos das duas claques (no exterior do estádio) e dentro recinto, com os elementos da claque sportinguista a enfrentarem e a agredirem a polícia.

Seguiram-se meses de investigações diversas, com inúmeras acções de vigilância em outros eventos desportivos onde actuaram equipas do Sporting, até que na manhã de quinta-feira, numa operação que se prolongou até às 18h30, se procedeu a sete buscas (seis domiciliárias, em Almada, Carnaxide, Lisboa, Oeiras e Ovar, e uma à sede da JL, em Lisboa).

Numa das casas revistadas apreenderam-se mais de 5,5 quilos de haxixe, 64 gramas de cocaína e uma balança de precisão. Na sede da JL a polícia veio a encontrar algum material pirotécnico proibido, nomeadamente 28 potes de fumo e um petardo. Foram ainda encontrados durante as buscas (num local não especificado) 600 euros em dinheiro.

Indícios de “violência gratuita sob as forças de segurança”

Nesta sexta-feira, em conferência de imprensa, o comandante da Divisão de Investigação Criminal da PSP lisboeta, subintendente Resende da Silva, não só salientou o facto de, durante as investigações, terem sido reunidos indícios que apontam os suspeitos como responsáveis “por acções de violência gratuita sob as forças de segurança, sendo também identificadas várias situações de posse de material explosivo”, como noutros casos se concluiu que “os elementos afectos à referida claque [JL], através de vários meios, incentivaram à violência os restantes elementos do grupo”.

“Perante a perigosidade objectiva dos suspeitos e existirem fundadas suspeitas de que persistirão na mesma conduta, foram emitidos e cumpridos mandados de detenção para aplicação de medida de coacção e mandados de busca”, conforme referiu a PSP através de comunicado.

Os nove detidos, com idades compreendidas entre os 21 e os 36 anos, irão responder por ofensas à integridade física, posse uso de artefactos pirotécnicos, resistência e coacção sobre funcionário, dano qualificado, participação em rixa, tráfico de droga e posse de arma proibida.

Um dos suspeitos agora detidos é, conforme foi confirmado pela própria PSP, dirigente da JL. Trata-se de um homem de origem guineense que, de acordo com o que revelaram ao PÚBLICO diversas fontes terá ligações ao narcotráfico. Segundo o subintendente Resende da Silva é quase garantido que na sequência deste processo venham a ser constituídos, em breve, mais arguidos.

Resende da Silva não quis estabelecer qualquer relação entre a actividade (tráfico de droga) deste grupo e o mesmo tipo de crime que levou, há três anos, à detenção e posterior condenação de elementos da claque benfiquista No Name Boys. Outras fontes policiais disseram ao PÚBLICO que a venda de droga é um dos principais modos de subsistência de algumas claques organizadas, as quais encontram nessa actividade, mas também na extorsão e em algum tipo de furtos, o modo que lhes permite arranjar dinheiro para viajarem semanalmente, seja para as provas realizadas em Portugal seja para as que ocorrem no estrangeiro. [daqui]

Sub 17 do FC Porto vencem o Torneio Internacional da Real Sociedade



FC PORTO (SUB17) CONQUISTA TORNEIO INTERNACIONAL DA REAL SOCIEDAD PARABÉNS!"O #FCPorto conquistou esta segunda-feira a 32.ª edição do Torneio Internacional da Real Sociedad, ao bater na final o Palmeiras, por 3-1, com golos de Leandro Cardoso, aos 34 e 55 minutos, um autogolo de Klaidher, aos 58, e Gabriel Barbosa a reduzir para os brasileiros, aos 73. No final, a festa foi azul e branca no Campo José Luis Orbegozo do Complexo Desportivo de Zubieta, em San Sebastián, após um percurso com três vitórias (uma delas frente à equipa da casa, por 1-0) e um empate. Leandro Cardoso foi o melhor marcador do torneio, com três golos, e o médio João Lameira considerado o melhor jogador." Fonte: fcp #SomosPorto
Publicado por FC Porto Global em Segunda-feira, 28 de Março de 2016

O Porto em Imagens (348)

Armando Leite

No Porto, hoje (mais parecia um dia de inverno)


Recordar Nova Lisboa - Huambo



CONHECER NOVA LISBOA-HUAMBO, NO TEMPO DE NORTON DE MATOS.
Publicado por Chow Yun Lee Mande 

O que fazia Soares o ministro da geringonça comuno-socialista ao lado de um condenado por pedofilia? Não era melhor Ferro Rodrigues? Ou Pedroso? Ou mesmo Costa?

De estranhar, igualmente o algodão silencioso da imprensa tuga...





António Costa, ministro da Administração Interna, sabia, uma semana antes da detenção de Paulo Pedroso, por alegados actos de pedofilia (no âmbito do processo Casa Pia), que este e Ferro Rodrigues, seus camaradas no Partido Socialista, se encontravam referenciados pelas autoridades. Esta é a conclusão que resulta do depoimento, feito a 14 de Julho de 2003, pelo então director da Direcção Central de Combate ao Banditismo (DCCB) da Polícia Judiciária (PJ), Orlando Romano, que na altura jantou acompanhado do governante, então líder da bancada parlamentar do PS, e ainda do à época director nacional da PJ, Luís Bonina. [daqui]

Bloquistas esganiçadas: a trampa é a mesma, as moscas é que são vermelhas

As dirigentes do Bloco têm imunidade parlamentar. Podem insultar e difamar quem quiserem (e fazem-no frequentemente) que nunca irão a tribunal por isso.
Quando se sentem insultadas têm um organismo público (a Comissão para a Igualdade de Género) a fazer queixa à justiça por elas. Nem custas judiciais têm que pagar. Nem precisam assumir a responsabilidade pela queixa. (João Miranda)

A patética, irresponsável e perigosa extrema esquerda portuguesa e o corrupto LULA

E é de indignação o único sentimento que é possível sentir quando se observa a reacção (de apoio !!!) que o PCP, a líder do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, e o ex-líder Francisco Louçã tiveram perante a decisão da Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, de empossar o seu antecessor, Lula da Silva, como seu ministro, para que este ganhasse direito a ser apenas julgado pelo Supremo Tribunal Federal do Brasil — o equivalente ao Tribunal Constitucional português — e assim evitar a possibilidade da sua iminente prisão preventiva no âmbito da operação Lava-Jato.

O Porto em Imagens (347)


Consequências de uma Europa comida pela esquerda e violada pelo islão

Descontraia

O Porto em Imagens (346)


Páscoa: onde assenta toda a minha fé!



«Jesus chorou.»
João, 11-35 (o versículo mais curto da Bíblia)

A mensagem arrebatadora do Evangelho - e aquela que resume toda a essência do cristianismo - é a de um Deus que assume a plenitude da condição humana. Com os seus luminosos momentos de alegria, os seus lampejos de júbilo, as suas inevitáveis dores, a sua irrenunciável agonia. Como se a missão do criador ficasse incompleta sem esta experiência radical de abraçar por inteiro o ser débil, indeciso e angustiado que o barro divino moldou.
Até ao fim dos séculos, Jesus será inseparável da circunstância deste percurso terreno em que voluntariamente se irmana ao mais comum dos homens. Nasce pobre, numa gruta. Enaltece os humildes. Elege simples trabalhadores como discípulos. Rejeita sem vacilar o ilusório fulgor dos bens materiais. Perdoa os pecadores: «Eu não vim para condenar o mundo, mas para o salvar.» (João, 12-47). Enfrenta os fariseus com palavras tão actuais na manhã de hoje como há dois mil anos: «Vós, os fariseus, limpais o exterior do copo e do prato, mas o vosso interior está cheio de rapina e de maldade.» (Lucas, 11-39). E não hesita em dar a mais humana das interpretações à pétrea Lei de Moisés: «O sábado foi feito por causa do homem e não o homem por causa do sábado.» (Marcos, 2-27).
Condenado sem apelo nem recurso, renegado pelos seus, vilipendiado pela multidão que aclama Barrabás, confrontado perante a prepotência de Caifás e a cobardia moral de Pilatos, crucificado entre dois salteadores como um delinquente pelo crime de blasfémia. Deus feito homem num mundo de homens que sonham ser deuses.
Pouco antes confessara aos discípulos em Getsemani que sentia «uma tristeza de morte». E ali mesmo implora numa prece que poderia brotar da voz interior de qualquer de nós: «Pai, tudo Te é possível, afasta de Mim este cálice!» (Marcos, 14-36).
Um cálice que, no entanto, beberá até ao fim. Imerso na condição humana da gruta à cruz.
 Texto reeditado [daqui]

Collabro sing Stars from Les Misérables | Britain's Got Talent 2014

O Porto em Imagens (345)


O dia em que o FC Porto tentou contratar Cruyff

Portistas não tiveram dinheiro para o holandês 
É uma história pouco conhecida, mas que pode ser lida no almanaque "Glória e vida de três gigantes". No verão de 1970, depois de uma época desastrosa, a Direcção do FC Porto, liderada por Pinto de Magalhães, propõe em assembleia geral que os seis mil associados que disseram "sim" à Direcção apoiem cada um com mil escudos para o clube "contratar um craque de nível mundial". Os sócios subscreveram o desafio e prometeram juntar o dinheiro. A 3 de Junho de 1970, o FC Porto informa que tinha contactado o Ajax para comprar Cruyff, contudo, apesar de ter seis mil contos para pagar aos holandeses, estes exigiam oito mil contos e o holandês voador pedia três mil contos só para si. Por outro lado, o FC Porto nem se qualificara para as provas europeias, o que também dificultava um eventual negócio.
Cruyff acabou por não jogar no FC Porto [daqui]

Salvar o TUA! Carago, mexa-se!



Aqui no Norte produtor e activo, exportador e inovador, temos que continuar a sustentar as loucuras da capital?

De acordo com as últimas estatísticas divulgadas pelo Banco de Portugal:

  • FAMÍLIAS e EMPRESAS reduzem o seu endividamento em 800 milhões de euros
  • ESTADO aumenta 3.800 milhões de euros o seu endividamento
Isto tem vários nomes:

  • Para os economistas, chamam-lhe "CROWDING OUT"
  • Para os portugueses, chamam-lhe ROUBO CENTRALISTA!

Em conclusão:

  • a economia portuguesa está mais endividada e muito mais dependente de quem nos financie, porque as poupanças dos portugueses (as que ainda resistem) já não dão para mais!
  • todos os esforços das famílias e tudo o que os demais agentes privados fazem para o seu próprio bem é contrariado e anulado pelo governo da capital centralista e colonial que alimenta uma máquina do estado com tiques de louco e que impõe cada vez maiores cargas fiscais que implicarão, quer a falência do país e a guilhotina para as gerações vindouras....

Aqui no Norte produtor e activo, exportador e inovador, temos que continuar a sustentar as loucuras da capital?

Quero voltar para os braços da minha Mãe!

Saudades ...

O Porto em Imagens (344)

Nuno Pimenta

17 árbitros de basquetebol, o lisboeta Sérgio Silva e o resultado final é conhecido: o FC Porto, depois do futebol e do andebol, também é ROUBADO no basquetebol. Estamos realmente de regresso ao centralismo colonial!

Para escutar Paulo Miguel Castro, COM MUITA ATENÇÃO

O regresso às derrotas encomendadas está de regresso ...

A visita de hoje ...

(fotografia de José António Terroso Modesto)

Esta fortaleza flutuante, o "VENTURA", está de volta ao Porto de Leixões.
Trata-se do navio construído em 2007/2008 nos estaleiros italianos de Fincantieri, pertença da companhia P&O Cruises, com 290 metros de comprimento, 36 metros de boca, que deslocam 113.700 toneladas de arqueação bruta e pode atingir uma velocidade máxima de 23,5 nós! Transporta até 3.600 passageiros e 1200 tripulantes. Lá dentro, todas as mordomias e conforto. Um teatro com 3 deck's, 2 piscinas, jacuzzi, ginásio, discoteca, solário, restaurantes, biblioteca, livraria, simuladores de golf, cinema ao ar livre, galeria de arte, várias salas de espectáculos, sala de jogos interactivos e até capela!

Uiversidade do Porto entre as melhores do mundo em 15 áreas de ensino

A Universidade do Porto está entre as 400 melhores do mundo em 15 áreas de ensino analisadas pela edição 2016 do“QS World University Rankings by Subject”, um dos mais completos e reputados rankings internacionais de ensino superior, elaborado pela empresa multinacional Quacquarelli Symonds e disponível para consulta emwww.topuniversities.com.
Num ranking que volta a confirmar a ascensão da Universidade na elite mundial do Ensino Superior, o grande destaque vai para a presença da U.Porto entre as 100 melhores universidades do mundo na área da Engenharia Civil e de Estruturas, a melhor posição alcançada por uma universidade portuguesa. Ainda no domínio das Engenharias, a Universidade aparece entre as 150 e as 200 melhores a nível mundial nos campos da Engenharia QuímicaEngenharia Electrotécnica e Engenharia Mecânica.
A Universidade surge ainda no top 200 em três outras áreas (Agricultura e Silvicultura,Farmácia e Farmacologia e Educação) e entre as 201 e as 300 melhores do mundo em quatro (Línguas ModernasCiência de Computadores e Sistemas de InformaçãoCiências Ambientais e Economia), estando também classificada no top 400 nos domínios das Ciências BiológicasMedicinaQuímica e Matemática.
Em relação à edição anterior do ranking, regista-se a estreia da U.Porto na elite mundial de duas áreas do saber (Educação e Economia). Estes resultados confirmam de resto a tendência de subida que a Universidade tem vindo a registar no “QS World University Rankings by Subject”.  Em 2015, a U.Porto era referenciada em 13 áreas, ao passo que, em 2014 , foi classificada no top 350 mundial em apenas sete áreas de ensino.
Quando comparada com as restantes universidade nacionais, a Universidade do Porto surge na liderança das instituições com mais referências, seguida das universidades de Lisboa (11), Coimbra (10), Nova de Lisboa (8) e Minho (2). A U.Porto é ainda a melhor universidade portuguesa – nalguns casos em ex aequo – em 13 dos 15 rankings em que é referenciada (Engenharia Química, Engenharia Civil e de Estruturas, Ciência de Computadores e Sistemas de Informação, Engenharia Electrotécnica, Engenharia Mecânica, Agricultura e Silvicultura, Ciências Biológicas, Medicina, Farmácia e Farmacologia, Ciências Ambientais, Educação e Economia).
Para a elaboração desta sexta edição do “QS World University Rankings by Subject” foram analisadas mais de 4.200 universidades e 10.000 cursos de todo o mundo. A avaliação para cada uma das 42 áreas/disciplinas classificadas foi ponderada de acordo com três indicadores de qualidade (reputação académica, reputação entre empregadores e produção científica) e teve como base dados de inquéritos a empregadores e académicos de todo o mundo, bem como informação bibliométrica existente na base de dados Scopus.


Recorde-se que já em Setembro passado a Universidade do Porto surgiu como a universidade portuguesa mais bem colocada no “QS World University Rankings”, o rankingde avaliação genérica das instituições de ensino superior da Quacquarelli Symonds, ocupando a 308.º lugar entre mais de 800 universidades mundiais classificadas. [daqui]

Parque da Cidade do Porto

No dia 17 de Abril valerá a pena votar (nos mesmos)?

ELEIÇÃO DOS ÓRGÃOS SOCIAIS

 
Nos termos e para os efeitos do disposto no artigo 51.º, n.º 1, dos Estatutos do Futebol Clube do Porto, informo todos os Senhores Associados que no próximo dia 17 de Abril de 2016, entre as 10h00 e as 19h00 horas, decorrerão, nas instalações do pavilhão Dragão Caixa, as eleições para os órgãos sociais do Futebol Clube do Porto para o quadriénio de 2016/2020.

Informa-se ainda os Senhores Associados que eventuais candidaturas deverão ser apresentadas nos termos do disposto no artigo 52.º dos Estatutos do Clube.
 

Porto, 15 de Fevereiro de 2016
 

O Presidente da Mesa da Assembleia Geral,
 Dr. Miguel Ângelo de Abreu Bismarck

A "paz" dos muçulmanos que vivem entre nós

O Porto em Imagens (343)

Regina Rafael

A UBER em Angola

Não há que enganar. África sempre na crista da onda.


Do granizo (II)


Câmara aprova nova estratégia para a limpeza e recolha de resíduos urbanos



Só a CDU votou contra a proposta de acabar com as concessões na recolha de resíduos urbanos e criar um novo sistema que passa pela constituição de uma empresa municipal que vai operar em toda a cidade. Rui Moreira acusou os comunistas de apenas quererem transparência naquilo que não controlam e de serem contra o municipalismo.

A nova solução foi desenvolvida após ano e meio de estudos que a autarquia efectuou com a FEUP - Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e foi apresentada ao executivo esta manhã, pelo vereador da Inovação e Ambiente, Filipe Araújo.

Actualmente, a varredura, a recolha de indiferenciados e de reciclados estão concessionados a duas empresas privadas em 50% da cidade. A restante malha urbana é operada pela autarquia.

No novo modelo, toda a cidade será servida pelos mesmos princípios, ou seja, prestação de serviço quanto a varredura e recolha de indiferenciados e serão os serviços da própria autarquia a recolherem os recicláveis em toda a cidade.

Com este novo sistema, a Câmara do Porto pretende ser uma referência nacional e internacional em termos de sustentabilidade nos resíduos, limpeza urbana e na reciclagem. Filipe Araújo, o vereador responsável pela Inovação e Ambiente, acredita que existe um "potencial de crescimento de reciclável, dado que mais de 70% do indiferenciado é potencialmente reciclável."

Por outro lado, o Porto vai, com as alterações que se preparam, diminuir a "pegada ecológica" da cidade, nomeadamente através da utilização de frotas mais sustentáveis e através de um sistema tecnológico de monitorização e operacionalização.

Em preparação está também a criação de uma empresa municipal para o ambiente. A criação desta nova estrutura trará ganhos de eficiência de recursos e poderá impulsionar uma maior libertação de pessoas para incorporar outras divisões da Câmara.

RUI MOREIRA ACUSA CDU

A Câmara espera, com esta mudança de paradigma na recolha e limpeza urbana, não apenas aumentar a eficiência e limpeza da cidade, mas também operar uma diminuição de custos com a Recolha e Limpeza Urbana em mais de 10%.

O novo sistema implica uma forte aposta na formação dos colaboradores, realocando alguns deles noutros serviços da Câmara do Porto, por forma a melhorar a qualidade prestada ao cidadão em acções como a poda de árvores, serviços em jardins e parques.

Apesar disso, a CDU criticou duramente a soluções, opondo-se à criação de uma empresa municipal. Mas, Rui Moreira respondeu ao vereador Pedro Carvalho, acusando os comunistas de quererem empresas públicas centralistas e sem escrutínio, mas de se oporem ao municipalismo.

"As empresas municipais são escrutinadas, são transparentes, são do Estado e, no Porto, não têm dívidas", lembrou o presidente da Câmara, adiantando "os senhores só querem transparência naquilo que não controlam e gostavam de voltar a encher a Câmara do Porto de camaradas, como fizeram no passado. Mas não vai ser esse o modelo que vai ser seguido".

O PS, pela voz de Manuel Pizarro, elogiou as soluções apresentadas pelo independente Filipe Araújo e o PSD votou favoravelmente a proposta, que incluía a intenção de criar a empresa. Tal pormenor acabou por ser retirado do texto, por se ter concluído que não era necessário que fosse aprovado em reunião de Câmara, tendo o resto da proposta sido aprovada com 12 votos a favor e um contra (CDU).  [daqui]

Do granizo...


Além de usurpador também é IMBECIL!


22 de Março de 1959 - Do Calabote: o sistema encornado já vem de longe



Francisco Palmeiro, antigo jogador do 5lb nos anos 50 e 60, admite a corrupção e ajuda de Inocêncio Calabote no vergonhoso jogo '5lb vs. CUF', de 22 de Março de 1959.Toda a história aqui: http://souportista.pt/aniversario-do-calabote-22-de-Março-de-1959-recorda-toda-a-historia-aqui?ref=fbSuperPortistas
Publicado por Super Portistas em Terça-feira, 22 de Março de 2016

Trump, pela democracia, pela liberdade e valores ocidentais!



Watch my speech at #AIPAC2016. #MakeAmericaGreatAgain
Publicado por Donald J. Trump em Segunda-feira, 21 de Março de 2016

Colinho de parabéns



Fez ontem 1 ano! Parabéns ao Colo-Colo!
Publicado por Mentalidade Leonina em Segunda-feira, 21 de Março de 2016

A primeira vaca a ir para o Algarve nas férias da Páscoa...


O Porto em Imagens (342)


Em abono da verdade


"Dissidentes"

Em Cuba não há opositores. Há "dissidentes", como lemos e ouvimos a toda a hora. É espantoso como o léxico oficial da mais velha ditadura do hemisfério ocidental, feroz repressora dos direitos humanos, consegue contaminar o discurso jornalístico dos países com liberdade de imprensa. Pela mesma lógica, um Álvaro Cunhal ou um Mário Soares, por exemplo, nunca teriam sido opositores a Salazar: não passariam afinal de "dissidentes" do regime. (Pedro Correia, no Delito de Opinião)

Hossana


Porta 18


Obama preferiu estar sentado ao lado de um ditador a ver um jogo de basebol...

“It’s outrageous that the President of the United States is not in the Situation Room right now planning to destroy ISIS.”
Rudy Giuliani slammed President Barack Obama for “sitting with a dictator watching a baseball game while innocent people are being killed.”

Vergonha desportiva nacional !

UM ANO SEM UMA PENALIDADE CONTRA?
(o último árbitro que teve essa coragem foi atirado para a 2ª classe da arbitragem)
UM ANO SEM UM JOGADOR EXPULSO, DIRECTAMENTE OU POR DUPLO AMARELO?

Depois olhamos para isto e ficamos com a CERTEZA que tudo é fabricado, ou como quem diz, ARTILHADO PELO SISTEMA ENCORNADO






Humor MUITO negro!


Raul Castro garante que não há presos políticos em Cuba !!!!


O Presidente cubano, Raul Castro, contestou, esta segunda-feira, a existência de prisioneiros políticos em Cuba, quando questionado por um jornalista norte-americano sobre esta matéria numa conferência de imprensa conjunta com o homólogo norte-americano, Barack Obama. [daqui]
É penoso ler este tipo de notícias: por um lado um presidente que nem americano é (e ainda por cima muçulmano disfarçado) visita um país de comunistas retorcidos, por outro o jornalista fala em "homólogo" referindo-se a Castro, que nem sequer foi eleito pelo povo,mas sim pela cáfila comunista reinante em Cuba há várias gerações... Francamente, tudo mau gosto...

O Porto em Imagens (341)

Rui Miguel Melo

Palestina? A verdade para os tótós do costume



What is the truth about the name Palestine and the Palestinian people?
Publicado por Israeli American Council - IAC em Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2016