Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

MEL

A nova alegria cá de casa...

... chama-se MEL, é uma gatinha persa com 2 meses

... e é uma meiguice

2 comentários:

Amigo Kosta

Mel forever.

off top(portuense)

veja lá estes salários

Salários Públicos

Mata da Costa: Presidente dos CTT, 200.200 Euro lisboa
Carlos Tavares: CMVM, 245.552 euros lisboa
Antonio Oliveira Fonseca: Metro do Porto, 96.507 Euro Porto
Guilhermino Rodrigues: ANA, 133.000 Euro lisboa
Fernanda Meneses: STCP, 58.859 Euro Porto
José Manuel Rodrigues: Carris 58.865 Euro lisboa
Joaquim Reis: Metro de Lisboa, 66.536 Euro lisboa
Vítor Constâncio: Banco de Portugal, 249.448 Euro lisboa
Luís Pardal: Refer, 66.536 Euro lisboa
Amado da Silva: Anacom, Autoridade Reguladora da Comunicação Social, 224.000 Euro lisboa
Faria de Oliveira: CGD, 371.000 Euro lisboa
Pedro Serra: AdP, 126.686 Euro lisboa
José Plácido Reis: Parpública, 134.197 Euro lisboa
Cardoso dos Reis: CP, 69.110 Euro lisboa
Vítor Santos: ERSE, Entidade Reguladora da Energia, 233.857 Euro lisboa
Fernando Nogueira: ISP, Instituto dos Seguros de Portugal, 247.938 euro lisboa
Guilherme Costa: RTP, 250.040 Euro lisboa
Afonso Camões: Lusa, 89.299 Euro lisboa
Fernando Pinto: A TAP, 420.000 Euro lisboa
Henrique Granadeiro: PT, 365.000 Euro lisboa

este portugal é mesmo a brigada da mão gelada

Um dia,
quem sabe....................


Abraço

 

Extraordinário mas nada surpreendente. Se pretender outrs diversão, pegue na lista telefónica da capital e conte o nº de institutos. A cada um conte um presidente, uma secretária, um administrativo e uma empregada de limpeza. Some-lhe um carro. Prémios. Outras mordomias. Veja quanto dinheiro isto faz girar, as encomendas de material, a manutenção dos carros, e os salários dos colaboradores. Cai tudo em lisboa, mesmo que o instituto seja dedicado a outras regiões. É sempre a correr para o mesmo lado: lisboa. São sempre os mesmos a "mamar". Fico verdadeiramente furioso e ainda mais quando ninguém (apenas uns poucos como nõs) se preocupa e assobia para o lado. Irra.
Um abraço.