Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Deixo-vos com uma pequena lista de alguns casos (e só alguns mesmo) dos muitos casos de "não terrorismo" boifiquista

1992 – Claques do benfica agridem barbaramente um idoso do Belenense enquanto hasteavam orgulhosamente a bandeira e símbolos nazis. Não foi terrorismo.

1993 – Claques do benfica apedrejam criança. Não foi terrorismo.
1996 – Claques do benfica responsáveis pelo primeiro homicídio no futebol português. Não foi terrorismo.
2004 - Um confronto entre um grupo de 20 adeptos do Benfica e Sporting com armas brancas e tacos de basebol, junto à Estação de Santa Apolónia causou dez feridos, 3 deles,
afectos ao clube 'leonino', foram esfaqueados e ficaram em estado grave. Não foi terrorismo.

2008 – Adeptos do benfica perseguem 3 adeptos do Sporting em plenas ruas de Lisboa acabando por conseguir esfaquear um dos apoiantes do clube verde e branco. Não foi terrorismo.
2008 – Adeptos do benfica provocam desacatos que resultam em 3 adeptos do Vitória de Guimarães feridos (um deles esfaqueado) e na vandalização do estádio do Vitória. Não foi terrorismo.

2008 – Grupo de adeptos do benfica incendeiam, em plena Avenida de Berna, um autocarro que
transportava adeptos do FC Porto. Não foi terrorismo.

2009 – Cerca de 50 adeptos do benfica invadem Alcochete e causam o caos envolvendo agressões e feridos (soa familiar?) enquanto se disputava um jogo das camadas jovens. Não foi terrorismo.

2010 – 9 adeptos do benfica
conseguem dados pessoais dos árbitros, Jorge Sousa e Vasco Santos, ameaçando os mesmos e suas famílias de represálias. "Vê lá se apitas com isenção" ou "sei com quem estás feito e sei onde moras" são apenas algumas das mensagens que Jorge Sousa começou a receber em Novembro de 2009, antes de um Braga-Benfica (2-0). Sucederam-se novos SMS e várias chamadas em que o árbitro era ameaçado de morte. Não foi terrorismo.

2011 - Quando parte da claque bracarense se dirigia para a bancada, trocou insultos com os adeptos do Benfica no local: alguns elementos
ficaram para trás e os visitantes brindaram-nos com o arremesso de garrafas e outros objetos resultando num apoiante do Braga ferido com gravidade. Não foi terrorismo.

2013 – Vitória de Guimarães conquista Taça de Portugal e as celebrações dos adeptos vimaranenses foram mal
recebidas pelos benfiquistas, que reagiram com violência. Não foi terrorismo.

2015 – Centenas de adeptos do benfica agridem funcionários do Vitória de Guimarães, vandalizam o estádio e roubam material desportivo do armazém. Ainda estamos à espera que sejam detidos
(pelo menos os que aparecem nas filmagens), mas claro que não foi terrorismo.

2015 – Adeptos do benfica em Madrid atiram tocha que provoca queimaduras a uma criança. Não foi terrorismo.

2015 - Entre duas e três dezenas de adeptos do Benfica, boa parte deles afetos à claque
‘No Name Boys’, invadiram o centro de estágios do Seixal, à hora do treino da equipa principal de futebol (lembra alguma coisa?). Não foi terrorismo.
2016 - Um grupo de adeptos italianos, quando se deslocava para o Estádio da Luz foi atacado por adeptos benfiquistas. Não foi
terrorismo.

2016 – Adeptos do benfica recebem com tiros o autocarro da equipa após desaire em Setúbal. Não foi terrorismo.

2016 – Adeptos do benfica fazem emboscada a uma criança em cadeira de rodas como represália por festejar a vitória do FC Porto B sobre o Benfica B,
num jogo a contar para a Premier League International Cup. Não foi terrorimo. 2017 - O árbitro Nuno Almeida, recebeu ameaças de morte na véspera do jogo entre o V. Guimarães e o Benfica tendo-se deslocado ao Minho sobre escolta policial. Não foi terrorismo.

2017 – Batalha campal entre adeptos do benfica e adeptos do Basileia no exterior do estádio da luz resulta em tiros. Não foi terrorismo.


2017 – 22 adeptos do benfica acusados pela morte de adepto do Sporting junto ao estádio da Luz. Não foi terrorismo.
2017 – Adeptos benfiquistas forçam a evacuação de parte da bancada durante a
Supertaça em Aveiro devido a onda de violência. Não foi terrorismo.

2017 – Cerca de 150 adeptos do benfica forçam a evacuação de parte da bancada do estádio do Guimarães devido a onda de violência. Não foi terrorismo.
2017 – Batalha campal entre adeptos do benfica e adeptos do CSKA no exterior do estádio da luz. Não foi terrorismo.

2018 – Adeptos do benfica causam o caos em braga e agridem adeptos locais antes de jogo de futsal. Não foi terrorismo.
2018 - Batalha campal nas imediações do Estádio da Luz, com o balanço a traduzir-se em seis polícias feridos. Não foi terrorismo.

2018 – Dezenas de adeptos do benfica fazem espera a adeptos do Ajax forçando-os a procurar refúgio dentro de um hotel que acabou vandalizado.
Um dos adeptos holandeses acabou ferido. Não foi terrorismo.

Adeptos do Sporting invadem Alcochete provocam desacatos e ferem dois membros do clube e mais recentemente adeptos do Porto entram numa loja do benfica e tiram uma fotografia.TERRORISMO!!!! BANDO DE ANIMAIS SELVAGENS!

0 comentários: