Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

A verdadeira crise humanitária em Gaza



Quem o diz é o jornal árabe Asharq Al-Awsatque também descobriu que o território não vive qualquer tipo de crise humanitária devido ao bloqueio israelita. Muito pelo contrário, não só os milionários surgem como cogumelos, como o corrupto governo do Hamas prospera à custa do contrabando e outras atividades pouco religiosas. 
Nos territórios sob administração da Autoridade Palestiniana a economia também vai de vento em poupa. Mas neste caso a estratégia baseia-se no calote: os palestinianos da Judeia e da Samaria devem à companhia israelita de eletricidade mais de 432 milhões de shekels - a que acrescem 239 milhões de shekels devidos por  Gaza. O total ascende a 622 milhões de shekels (131 milhões de euros) e não contabiliza os roubos de energia que ocorrem um pouco por todo o lado.

0 comentários: