Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

O outro palácio do Porto


Dois arquitectos estão ligados a este incrível hotel nas margens do rio Douro. O primeiro, o italiano Nicolau Nasoni, projectou o Palácio do Freixo no século 18 para a família de um clérigo rico, Jerónimo de Távora. O segundo, o Português Fernando de Távora, um parente do proprietário original, transformou-a em um hotel de luxo.
Construído em 1750, tornou-se o mais elegante palácio do Porto. Foi aqui que o rei Luis I ficou quando visitou a cidade em 1872. Mas no século que se seguiu à visita real assistiu-se ao seu   declínio e decadência. Foi construída uma fábrica de sabão na propriedade. Mais tarde, esta fábrica foi convertida numa destilaria. Mais tarde ainda, o palácio tornou-se a sede da fábrica da farinha Harmonia. Um moínho de farinha foi construído nos seus jardins e muitas das salas do palácio foram usadas ​​para armazenamento. Quando a cidade do Porto comprou o palácio em 1986, pouco mais era do que uma ruína romântica.
Em 1995, o projecto de restauração liderada por Fernando Távora e seu filho trouxe o palácio à sua glória original. Os elegantes quartos foram restaurados, surgiu uma sala de jantar espaçosa e algumas salas de reuniões. O moínho da farinha foi reconfigurado para acomodar quartos confortáveis ​​que têm uma vista deslumbrante sobre o rio Douro. O palácio do Freixo é o palácio mais elegante no Porto.
Palácio do Freixo, Estrada Nacional 108, Porto, tel. 225-311-000, email: guest@pousadas.pt. Clique aqui para o site do hotel.

0 comentários: