Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

A densidade humana do cemitério

Ficou provada a "enormidade de calúnias", diz Sócrates
O primeiro-ministro, José Sócrates, manifestou, hoje, terça-feria, a "enorme satisfação" por ver reconhecido, pelo Ministério Público, que "não houve quaisquer irregularidades no licenciamento do empreendimento Freeport".


MAS...


O PÚBLICO revelou que o Instituto de Conservação da Natureza chumbou a construção de um novo cemitério no mesmo local onde poucos anos depois aprovou o Freeport.
O chumbo do cemitério fundamentou-se no "aumento da densidade humana" que o cemitério traria àquela zona protegida. Já o Freeport, com os seus 75 mil metros quadrados e uma previsão de meio milhão de visitantes para o primeiro ano de actividade, não aumentava a pressão humana !!!
Não é por acaso que grande parte dos casos de corrupção passam pela área do Ambiente. O poder de licenciar baseado em critérios que ninguém entende criou um reino de absurdos, onde a língua de pau da protecção da natureza permite tudo licenciar ou chumbar.

Pergunta pertinente: quem era o "chefe" do ambiente na altura?
Adivinhe... Era o Sr. Sousa!