Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Dinâmica de vitória e outras coisas...




Até hoje não me tenho pronunciado relativamente ao FCPorto.
Chegou a hora.
Como Dragão associado (+ 30 anos) e accionista da SAD tenho sempre fé nos êxitos e o meu apoio é incondiconal, o que não quer dizer que concorde com tudo o que a SAD decide, o que a equipa faz, os técnicos escolhem ou a perfomance dos atletas.
Esta época, o nosso Presidente escolheu um rapaz (ao pé de mim é um moço) sem pergaminhos, sem conquistas na 1ª pessoa, sem destaques... Não vou confessar entusiasmo. Já pensei o mesmo do Mourinho... Tolerância, mas nada mais. Um Clube como o FCPorto não deve falhar: as aventuras e experiências não deviam ser modo, muito menos regra. Estamos a falar de um Clube bi-campeão do Mundo, um Clube bi-campeão da Europa. As responsabilidades, internas e externas são enormes e quem não aguentar então que se dedique à pesca...
A palavra de ordem é VENCER!
Eu sou daqueles que no passado longínquo da minha infância, era gozado por ser do FCPorto, mesmo por bacanos que se diziam do Cruz ou Ramaldense. Nunca baixei o meu Amor e dedicação. Sempre acreditei que o FCPorto já era grande e maior podia ser. Nunca esmoreci, ao frio, à chuva, ao sol, lutei como podia contra os elementos da natureza ou contra os elementos da capital... Até por uma retrete lutei... Assim como me insurgi contra um presidente da câmara bacoco e provinciano com tiques de "capitalista"...
Como disse, vejo esta época com a tolerância que pode ser dada e com a exigência de mais e muito melhor que na época passada: em termos de resultados, em termos de exibições e em termos de responsabilidade.
Cada início de época é sempre isso: recomeço, novos jogadores, perfis a adaptarem-se, métodos a assimilarem-se. Esta é uma nova época, com quase tudo novo. Dou-lhes, por isso o benefício da dúvida: à decisão da SAD, na escolha do treinador e dos (espera-se) reforços, ao póprio treinador, aos novos jogadores, mas CONFESSO que empatar com uns alemães da 4ª divisão não é propriamente um bom começo.
Dir-me-ão que jogaram juniores, que jogaram novos jogadores, que o Falcão e o FCPorto teimam em atirar bolas aos postes como quem engole saliva. Tudo bem, mas existe algo que é fundamental, principalmente para quem começa num Clube vencedor: DINÂMICA DE VITÓRIA! Mais nada. Por isso, não gostei nada disto que está evidenciado no sub-título.



Nota: A imprensa do estado (RTP), PAGA POR TODOS OS CONTRIBUINTES, continua a usar de racismo contra o FCPorto. Se andam a lamber o cú aos clubes de lisboa, ostracizam completamente o FCPorto. Nada de novo, portanto. Até quando vamos querer pertencer a esta república? O Partido do Norte está aí! O que esperam para aderir?

2 comentários:

..."pOSTEI "HÁ POUCO NO BLOG DO DRAGÃO VILA POUCA,manifestando o meu profundo repúdio pelo empate contra esses amadores alemães...Ele(Vila Pouca) achou um exagero ... que sim mas tb. ,jogos de muitas substituições,trocas e baldrocas,experiências e merdas quejandas. Encontro no seu escrito o fundamental ... se estes jogos não dão para coisa nenhuma ,então que os não façam,sequer os publicitem ... a tal dinâmica de vitória tem que SER a PALAVRA CHAVE e não começar logo a "desculpabilizar" a cuspir p'ró lado como "no pasa nada!"...
Gostei do seu artigo. Voltarei por aqui mais vezes...
João Carreira

 

Obrigado João.
O Dragão de Vila Pouca, porém, ama muito o nosso Clube, tal como nós. Tem por vezes uma maior condescendência ou uma observação mais benevolente (sabe-se lá o que lhe custa, penso eu...) Mas apreci-o (apesar dele se ter aborrecido comigo por causa ... da política, que tolice). Por isso não o leve a mal. Afinal acabamos todos por ter um pouco de razão, mas o que interessa é essa força maior que nos guia: FCPORTO!
Seja como for, a nossa vitalidade é importante, pois afinal também somos o FCPorto!
Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário. Sabe sempre muito bem. Fique bem e volte sempre: "mi casa es su casa"
Abraço.