Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Nos Paços do Concelho mostram-se histórias que ligam o FC Porto à cidade


"Histórias na Cidade" está no átrio dos Paços de Concelho até ao próximo dia 26 de Outubro. A mostra, reveladora de histórias, curiosidades, factos e personalidades que ligam o Futebol Clube do Porto à cidade, pretende assinalar os 125 anos da instituição desportiva e o 5.º aniversário do Museu azul e branco.

Há uma medalha especial e outros pormenores para descobrir no átrio do Município, que interligam história da autarquia ao passado (mais antigo e recente) do FC Porto, como sejam celebrações de títulos ou reconhecimentos municipais a intérpretes da história portista.

Por enquanto, a Câmara do Porto é o primeiro e único ponto visitável da grande exposição "Histórias na Cidade", mas, a partir do dia 26 de Setembro, este evento fora de portas irá fragmentar-se por mais 23 instituições da Invicta.

Com o intuito de assinalar duas efemérides dos "Dragões" - os 125 anos do clube e o 5.º aniversário do Museu do FC Porto - a exposição propõe uma verdadeira seleção de memórias espalhadas por lugares e entidades parceiras, "revelando a íntima relação identitária entre o clube e a cidade nas vertentes desportiva, cultural, social ou artística, sublinhando ainda mais a riqueza de conexões entre o FC Porto e a Antiga, Muito Nobre, Sempre Leal e Invicta Cidade do Porto", explica o clube em comunicado.

No universo municipal, para além do edifício dos Paços do Concelho, a exposição chegará ao Teatro Rivoli, à Casa do Infante, à Biblioteca Municipal Almeida Garrett e à Casa do Infante.

Mas as activações de memória vão estender-se por distintos locais da cidade: Barbearia Garrett, Estação de São Bento, Teatro Nacional São João, Palácio da Bolsa, Museu do Carro Elétrico, Confeitaria Petúlia e Cemitério de Agramonte são apenas alguns dos pontos de passagem obrigatória do mapa "Histórias na Cidade", que prometem surpreender os visitantes com as suas narrativas.
[daqui]

0 comentários: