Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

I Guerra Mundial: Mais de 150 arquivos secretos sobre espionagem disponíveis online

Mais de 150 arquivos secretos da Primeira Guerra Mundial, com informações sobre organizações e pessoas envolvidas em actividades de espionagem durante o conflito, estão agora disponíveis na internet.

O Arquivo Nacional britânico tornou possível o acesso online pela primeira vez a esses documentos classificados depois de digitalizar arquivos do serviço de contra-espionagem britânica do MI5, no âmbito do programa de comemoração do centenário do conflito entre 1914 e 1918.
Entre os ficheiros figuram relatórios de interrogatórios, cartas, postais e fotos relacionadas com pessoas e grupos que estavam submetidos a vigilância durante a I Guerra Mundial.
Os documentos digitalizados contêm dados sensíveis de espiões em todo o mundo, incluindo de britânicos célebres como a enfermeira Edith Cavell, que salvou as vidas de vários soldados na Bélgica ocupada, de Mata Hari, do autor Arthur Ransome ou do poeta norte-americano Ezra Pound.
Os ficheiros incluem relatórios secretos e dados sobre organizações como o Partido Bolchevique, o Partido Comunista Britânico e a associação Boy Scouts (escuteiros).
Também estão à disposição dos cidadãos na Internet outros relatórios com informação sobre figuras políticas como os líderes russos como Leon Trotsky e Vladimir Ilich Lenin.
«Os arquivos da coleção do Arquivo Nacional revelam a importância do serviço de segurança britânico para salvaguardar a nação durante a Primeira Guerra Mundial», disse hoje Stephen Twigge, especialista do Arquivo britânico.

0 comentários: