Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Há lojas com histórias no Temporário do Bolhão

Dentro do Mercado Temporário, também cabem os comerciantes do exterior do Bolhão. As lojas estão instaladas na zona por detrás dos frescos, nos mais de 5 mil metros quadrados de área ocupada, partilhados entre vendedores do interior e inquilinos das lojas de rua da casa-mãe.


Nesta reportagem, o Porto. foi conhecer quatro das dez lojas de exterior do Bolhão que transitaram para este espaço, algumas delas descendentes de negócios tão antigos quanto o edifício agora em recuperação; são na maioria casas de família que passaram de geração em geração, mas há uma que foi uma aposta empreendedora, num tempo em que o Bolhão tinha futuro incerto.


O Porto. convida a conhecer (em vídeo) as histórias partilhadas por Luís Cruz, da Principal Sapataria; Miguel Durães, d' A Horta do Bolhão; José Vieira, d' A Económica do Bolhão e Fátima Cardoso, da Soft Lingerie.


Localizado em plena baixa portuense, na Rua Fernandes Tomás, o Temporário já recebeu, desde a abertura no dia 2 de Maio, mais de 100 mil visitantes. [ daqui ]



0 comentários: