Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Irão é uma ameaça: Rússia dixit (por fim)


O Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia reconheceu pela primeira vez a existência de uma ameaça nuclear proveniente dos regimes do Irão e da Coreia do Norte.
"A ameaça existe sempre, por isso nós acompanhamos atentamente o desenvolvimento do potencial nuclear de muitos Estados. E a análise que realizámos com os norte-americanos confirma que sim, que existe semelhante probabilidade, ameaça, e concordamos que é preciso criar uma defesa antimíssil", declarou o general Nikolai Makarov numa entrevista à televisão Russia Today.
Anteriormente, os militares e diplomatas russos sempre afirmaram que não existia qualquer ameaça nuclear para a Europa e a Rússia vinda do Irão e da Coreia do Norte, porque esses países não possuem potencial suficiente para a criação de armas nucleares.
O general Makarov acrescentou que os militares russos sabem que "muitos países que afirmam não ter armas nucleares, têm-nas".
"Sem dúvida que se caírem nas mãos de extremistas, isso será muito perigoso para a segurança internacional", frisou.
O chefe do Estado-Maior afirmou que a Rússia está pronta a colaborar com outros países para enfrentar essas ameaças.
"Temos de resolver em conjunto esse problema, vamos livrar-nos em conjunto das ameaças que podem surgir não só para os países da Europa, mas também para a Rússia, porque também somos parte da Europa", concluiu.

0 comentários: