Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Turcos e russos voltam aos beijos



Há retrocessos civilizacionais em curso e o da Turquia é dos mais perigosos.


A Mustafa Kemal Ataturk, o estadista que fundou a Turquia moderna, que a secularizou e libertou do islamismo, impondo a laicidade como atributo civilizacional e da liberdade, sucede, menos de um século depois, o Irmão Muçulmano Erdogan cuja piedosa deriva conduz a mais um caótico país islâmico.


«As regras e teorias de um velho sheik árabe chamado Maomé e as abstrusas interpretações de gerações de sujos e ignorantes mulás fixaram a lei civil e penal da Turquia. Eles determinaram a forma da constituição, as mais pequenas acções e gestos do cidadão, a sua alimentação, as horas para levantar e dormir, tradições e hábitos e mesmo os mais íntimos pensamentos. O Islão, essa absurda teologia de um beduíno amoral, é um cadáver podre que envenena a nossa vida. A população da república turca, que reclama o direito a ser civilizada, tem de demonstrar a sua civilização através das suas ideias, sua mentalidade, através da sua vida familiar e seu modo de vida». 



0 comentários: