Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Hospitalidade nortenha atrai cada vez mais turistas ao Porto

O número de passageiros a aterrar no Aeroporto Sá Carneiro aumentou 9,1% no primeiro trimestre. Este crescimento é fruto do boom do turismo, ambiente business friendly e hospitalidade nortenha. 

O número de passageiros a aterrar no Aeroporto Francisco Sá Carneiro não pára de aumentar. De acordo com boletim da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), todos os aeroportos receberam mais passageiros no primeiro trimestre de 2019 em relação ao período homólogo e o Aeroporto Sá Carneiro não foi exceção. Recebeu 2.598.393 de passageiros em comparação aos 2.381.206 recebidos no primeiro trimestre de 2018, um crescimento de 9,1%.

O aumento do número de passageiros a aterrar na Invicta é fruto do destaque internacional que o Porto tem tido nos últimos tempos, ora não fosse o Porto considerado o melhor destino europeu. O boom do turismo, a qualidade de vida, o tempo, a hospitalidade e o ambiente business friendly são factores que fazem do Porto um destino cada vez mais atrativo.
O Porto é sem dúvida cada vez mais um destino muito procurado por turistas estrangeiros de todas as idades e de todos os cantos do mundo. A reputação da hospitalidade portuguesa é excelente, ao nível do acolhimento geral, clima, comida e crescente oferta de qualidade ao nível de hotelaria e de actividades de lazer com um cunho tipicamente Português. A excelência no acolhimento e tipicidade do norte de Portugal (não apenas o Porto mas também da região do Douro, Braga, Guimarães e arredores) são sobejamente conhecidos e divulgados além-fronteiras, destaca David Quito, country manager da Emirates.
A Emirates é o ponto de ligação directo entre o norte de Portugal e a Ásia. Segundo David Quito, a nova rota Porto-Dubai “está a ser um sucesso absoluto e comprovou-se como uma mais-valia”. A companhia, que começou a operar no Sá Carneiro em Julho, diz que são os japoneses, árabes, chineses, sul-coreanos, indianos, australianos e neozelandeses as nacionalidades que mais procuram a Emirates para viajar para a Invicta. Segundo o country manager da empresa “o número de passageiros está a crescer significativamente, tanto ao nível do lazer como dos negócios”.

Unidades hoteleiras no Porto em crescimento

Segundo dados facultados pela Turismo do Porto e Norte de Portugal, em 2017 o Porto oferecia 165 estabelecimentos hoteleiros e em 2018 esse número aumentou para 215, um crescimento superior a 30%. Isto significa que a cidade do Porto tem uma oferta de quartos e de camas em número superior ao número médio de quartos e de camas na Área Metropolitana do Porto. Os hotéis de três, quatro e cinco estrelas, representam 69,4% da quota total, sendo os hotéis de quatro estrelas a escolha mais predominante, no ano de 2018. Face a este crescimento a Câmara Municipal do Porto já anunciou a proibição de novos registos de Alojamento Local em zonas de “contenção”.
Mais que o turismo a cidade do Porto tem vindo a destacar-se pelo ambiente business friendly que oferece. Cada vez mais investidores estrangeiros investem no norte de Portugal. David Quito concorda e salienta que o “Porto tem vindo a cimentar-se como um destino de negócios, sobretudo de tráfego oriundo da Ásia e Médio Oriente”.

0 comentários: