Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Revista Wallpaper diz que a arquitectura moderna do Porto "vive o seu momento"

A Wallpaper, publicação referência na área do design, arquitectura, moda e lifestyle, destaca nesta semana o novo momento que vive a arquitectura do Porto.

Contrariando a ideia que o estilo arquitectural da cidade se resume a barroco e azulejos, a Wallpaper passa em revista alguns dos mais recentes projectos de arquitectura, que considera de excelência.

A publicação inglesa enaltece o momento que a cidade vive e traça uma retrospectiva da evolução arquitectónica da cidade impulsionada com o epíteto de Capital Europeia da Cultura em 2001, passando pelo viveiro de talentos da Escola de Arquitetura do Porto - com destaque para os premiados Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto de Moura- e chega aos dias de hoje, com o empenho da cidade em elevar os novos equipamentos a um patamar mais elevado, com colaboração de artistas internacionais.

A título de exemplo, é também citado o novo projecto previsto para o Matadouro, concebido pelo japonês Kengo Kuma em parceria com os portugueses da OODA, que pretende revitalizar este equipamento abandonado há mais de duas décadas e transformá-lo num espaço privilegiado para acolher actividades artísticas.

Os destaques na cidade do Porto englobam projectos de natureza tão díspar como: habitação na Rua do Paraíso (Fala Atelier), 429 Foz (dEMM Arquitectura), Edifício na Alferes Malheiro (Franca Arquitectura), Pavilhão Líquido na Fundação de Serralves (DepA) e São João de Deus - Fases I e II (Brandão Costa e Domus Social). (daqui)

0 comentários: