Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Nevou em Beja

Texto de um autor desconhecido que espero vir a poder identificar de tão bem que ele retrata a sociedade que temos hoje. Tal e qual.
Para reflectir.

“Nevou em Beja !
8:00 horas : fiz um boneco de neve…
8:15 Uma feminista passou e perguntou-me porque não fiz uma mulher de neve.
8:20 Fiz uma mulher de neve…
8:25 A minha vizinha feminista reclamou pelo perfil voluptuoso da mulher de neve, dizendo que ela ofende as mulheres da em todos os lugares.
8:30 O casal gay que mora nas proximidades, teve um ataque de raiva e protestou porque poderiam ter sido dois homens de neve.
8:35 Um transgénero da outra rua perguntou-me porque não fazia um boneco com partes removíveis.
8:40 Os vegans no final da rua queixaram-se do nariz de cenoura, já que os vegetais são comida e não bonecos para decorar.
8:45 O cavalheiro muçulmano do outro lado da rua exige aos berros que a mulher da neve use uma burca.
8:50 A polícia chega dizendo que há uma denúncia anónima contra mim, de alguém que foi ofendido pelo meu racismo e discriminação, porque “os bonecos” são totalmente brancos.
8:55 A vizinha feminista reclamou novamente que a vassoura da mulher da neve deveria ser removida porque ela representa as mulheres num papel doméstico de submissão.
9:00 Um procurador chegou e ameaçou processar-me se eu não pedir desculpas públicas, pelo maldito boneco de neve.
9:05 Uma equipa de jornalismo da TV apareceu. Perguntaram-me se sabia a diferença entre bonecos de neve e mulheres de neve. Respondi “as bolas de neve” e agora chamam-me sexista.
9:10 Estou no noticiário como um suspeito, terrorista, racista, delinquente, com tendências homofóbicas, determinado a causar problemas durante o mau tempo. Estou a passar por tudo isso por causa dos malditos bonecos de neve!
9:15 Quem mandou fazer a merda dos bonecos de neve ?… Estão a perguntar se tenho um cúmplice ou se alguma organização me incentivou a fazer os bonecos, nas redes sociais.
9:20 Os manifestantes da extrema-esquerda e da extrema-direita, ofendidos por tudo, estão a marchar pelas ruas exigindo que me decapitem.
9:25 Os comunistas marcham em frente à minha casa acusando-me de ser neonazi.
9:30 As feministas insultam-me e escrevem na fachada da minha casa a palavra “machista”.
9:45 Organizações ambientalistas acusam-me de poluir a neve.

Moral da história :
Não há ! É apenas o mundo em que vivemos hoje – e vai piorar.

O que foi aqui narrado pode ocorrer, e muitas destas coisas já estão acontecendo.
De tudo isso, a coisa mais difícil de acontecer é nevar em Beja.”
(Retirado de um grupo do Facebook)

0 comentários: