Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

O novo PREC tricolor socialista

Aníbal Cavaco Silva, escreveu no seu livro de memórias políticas, que a máquina de comunicação do PS é poderosa e perigosa, é de facto espantoso o polvo que o PS montou à volta da comunicação social, para controlar tudo e todos, e quem discorde deles está ceifado e queimado. Nos meandros dos bastidores da comunicação social, há quem diga, que insultar ou dirigir qualquer crítica negativa a António Costa tem um preço a pagar… Ora, um partido que se diz “dono” da democracia é talvez dos mais fascistas e perigosos do País, “ter um preço a pagar” é frase de um assassino Estaline ou outros cadáveres canhotos, mas do PS exige-se outra cultura, uma cultura que já teve e desapareceu com José Sócrates e que António José Seguro tentou salvar, mas que António Costa acaba de destruir, o PS já não é um Partido democrático, é uma miscelânea de comunistas e bloquistas envergonhados que querem assaltar o Orçamento de Estado e relegar os portugueses para 3º ou 4º lugar. Um dos Portugueses afectados foi Alberto Gonçalves, o jornalística e cronista, agora só Observador, foi saneado por um dos  jornais do PS, o Diário de Notícias e agora a Sábado continuou o novo PREC que está a consumir o País, o Socialismo no seu estado puro, quer calar todas as vozes dissonantes e que contradizem o seu paleio barato, o País não está a ficar perigoso, está perigoso, o PS está a ir longe demais, e a toda democrática comunicação social, não denúncia, não fala, não discute, não crítica, só obedece, e obedece ao partido de sempre. Que raio de País é este? Onde está o povo do 25 de Novembro de 1975? Trabalha para pagar as clientelas do PS, enquanto que o Kamarada Arménio desfila, eles conseguiram o que queriam, escravizaram-nos, tiraram-nos a liberdade. Pobre País. 
in 
https://portugalgate.wordpress.com

0 comentários: