Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

A imprensa centralista passou a semana a falar na Taça CTT. Então porque raio a Taça de Portugal tem que ser jogada na corrupta capital do Império? E o Rally de Portugal?

Foi uma semana a ouvir o mesmo disco: a Taça CTT.
Foram directos, entrevistas, comentários dos "sábios" do costume. Dissertações e outras filosofias de alcova. 
O único objectivo foi sempre o mesmo: tecer loas à equipa que passa sempre e em todas as modalidades pelo meio das pingas da corrupção. Distraídos, quer o Ministério Público quer a PJ, deixam sempre de fora o clubezeco encornado, mesmo quando todas as evidências lhes entram pelos olhos. 

Sempre tão atentos a tudo o que se passa a Norte, nunca conseguiram observar um "únicozinho" caso que comprometa os encornados da capital centralista e colonial. Sendo tantos os propalados adeptos, é extraordinário que desde árbitros, passando por jogadores até chegar aos dirigentes.

Mesmo aqueles dirigentes promovidos de motorista-de-presidente a director com gabinete dentro do estádio, sempre de portas abertas para receber os "altos dignatários" da Colômbia ou de uma Guiné qualquer, mesmo com quilos e quilos de droga a serem transaccionados por baixo das bancadas, a zelosa e eficaz polícia técnica e os juízes do ministério público, talvez por terem sede na capital, não conseguem observar qualquer causa-efeito.

Na 2ª Liga, cinco ou seis equipas em risco de descida e cai a bomba no fim da última jornada: corrupção e resultados combinados. Clubes sob suspeita, jogadores e dirigentes detidos. No meio da amálgama, pois claro, a equipa B desse clube "imundo-mas-sempre-limpo-de-qualquer-sujidade", estava com a corda na garganta. Recaiu nele alguma suspeita? Claro que não.

  • ainda que um dos jogadores detidos tivesse marcado um golo na própria baliza que favoreceu, já adivinharam, o tal clube de carnide;
  • ainda que a "paixão" tenha patrocinado duas penalidades e uma expulsão ainda antes do intervalo para assim impossibilitar a justiça desportiva (curiosamente, o 4º árbitro que foi muito "influente" na inclinação desse jogo até foi premiado para a tal final da Taça CTT - coincidências? não! );
  • ainda que esse clube encornado tenha beneficiado de um certo como extraordinário "erro" do Farense por ter alinhado com ... um jogador emprestado, já adivinharam, pelo tal clube de carnide e por isso terem ganho um total de 5 pontos contra esse mesmo adversário; será por causa do protocolo televisivo existente entre esses dois clubes?

Francamente, podia passar parágrafos inteiros a falar de actos inegáveis de corrupção desportiva, no futebol desde os vouchers para pagar almocinhos e jantarinhos a árbitros, a assistentes, a observadores e até às famílias, pagamentos claros aos inúmeros benefício que vimos jornada atrás de jornada até à conquista do título (o 3º em 3 anos sem queixas encornadas sobre a arbitragem, curioso, não é), até podia fazer o mesmo nas modalidades:

  • Play-off de andebol, meias-finais: nos jogos com o FC Porto, para além de terem até tido árbitros em cujo facebook pessoal desatam a insultar o Porto e a festejar os triunfos encornados, foi estranho perceber porque em muitos momentos dos 4 jogos o andebol do Porto tinha apenas 4 jogadores e os encornados os 7 regulamentares. Percebe-se para que lado caiu o triunfo. O treinador do Porto dizia que os gatunos lhe tinham entrado em casa...;
  • Na final Europeia do Hóquei em Patins, a Oliveirense estava na frente até que os árbitros puseram tudo de pernas para o ar: 3 jogadores para a Oliveirense e, adivinharam, os 5 regulamentares para os encornados. A reviravolta tinha que acontecer. Basta escutar o treinador derrotado.
  • Play-off de basquetebol: no quinto jogo da séria, a mesma Oliveirense estava a vencer por 7 pontos a 53 segundos do fim. Já devem calcular o que aconteceu, certo?
Apesar desta podridão irrefutável só possível graças à própria corrupção que gravita na PJ e no MP, a mesma é sustentada pelo jornalixo lisboeta que enaltece o clube encornado  como deuses na terra...

Pois bem, tudo isto para lembrar que toda esse jornalixo lisboeta se esqueceu que a segunda mais importante competição do futebol português vai ter lugar na capital colonial (mais um artifício para facilitar a vida aos clubes lisboetas). Será que é por ser entre dois clubes do Norte que não lhe deram atenção? Creio que será mais por lá estar o FC Porto, porque no domingo vão ser todos pelo Braga!

E já agora: o Rally de Portugal. Uma etapa dentro da Cidade do Porto, no seu centro, na sua sala de visitas. Milhares e milhares de pessoas a assistir. A RTP transmitiu em directo, mas na generalidade o destaque foi quase nulo. Vocês sabem muito bem que se a etapa tivesse sido realizado na capital colonial teríamos horas e horas de directos e o desfilar das esganiçadas, das fufas, dos paneleirotes e dos políticos de merda pelos ecrans, tipo aqueles programas sobre as pindéricas e saloias marchas de Santo António. Assim, como foi no Porto, até houve um palerma travestido de jornalista a dizer, num noticiário que concedeu 3 minutos e 25 segundos ao tema, "que os veículos circularam a grande velocidade nas "estreitas" ruas do Porto!". Avenida dos Aliados, Praça da Liberdade, Trindade, S. Bento e Avenida da Ponte são locais onde, no mínimo há 2 largas faixas de rodagem, mas a besta, repito, a besta travestida de jornalista, continua com aquela visão de postigo do país, neste caso do Porto.

Por isso, como já referia Miguel Sousa Tavares, não percebo porque há nesta Cidade e mesmo da Região Norte tantos "espermatezóides" que apoiam os símbolos da capital centralista e colonial.  Por mim, era devolvê-los com carimbo de defeito de fabrico ou mesmo neles praticar a misericordiosa eutanasia. 
Por estas coisas é que começo a odiar ter um cartão de cidadão que me identifica como português. Eu sou apenas PORTUENSE e só quero mesmo lisboa a arder e, já agora, juntamente com esses "miguel de vasconcelos" com defeito de fabrico que vivem na minha Pátria Portucalense!

0 comentários: