Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

O porco do Afeganistão

O único porco de existência conhecida no Afeganistão foi encerrado numa sala, longe dos visitantes do jardim zoológico de Cabul, onde vivia a pastar junto de carneiros e cabras, porque os visitantes do zoo estão preocupados com a possibilidade de poderem ser infectado com gripe A.
O porco é uma curiosidade do Afeganistão muçulmano, onde os produtos suínos são ilegais por serem considerados contra a religião.
O animal está de quarentena desde domingo, logo que os visitantes se mostraram alarmados pela possibilidade de serem infectados com gripe A.
«Por agora o porco está de quarentena. Construímos-lhe uma sala», afirmou o director do zoo de Cabul, Aziz Gul Saqib. «Fizemos isto porque as pessoas têm medo de contrair gripe».
Em todo o mundo, mais de mil pessoas foram infectadas com o vírus, segundo dados da Organização Mundial de Saúde. Não há quintas com porcos no Afeganistão e não há voos civis directos entre Cabul e o México.
«Entendemos isso, mas a maioria das pessoas não tem conhecimento suficiente. Quando vêem o porco na jaula preocupam-se e acreditam que podem ficar doentes». O porco foi um presente da China para este zoo.

SOL com agências

0 comentários: