Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Machista ma non troppo

Nos Bichos Carpinteiros, agora sem comentários, a Joana Amaral Dias congratula-se com o facto de o Chile, um país católico, conservador e machista, estar perto de eleger a sua primeira mulher presidente. Segundo a Joana, as sondagens dão-lhe uma vantagem de 25%.
Três questões se levantam:
1) Qual a surpresa de um país católico ter como presidente uma mulher?
2) Qual a surpresa de um país conservador ter como presidente uma mulher?
3) Se o Chile é um país machista, como afirma a Joana, provavelmente com conhecimento de causa, como é que uma mulher conseguirá ser eleita, ainda para mais com 25% de vantagem?

0 comentários: