Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Uma estória que cheira mal (em 4 actos)

Acto 1

O Setúbal vive um problema financeiro grave desde o início da época. Os seus jogadores não recebem o ordenado há alguns meses.

Acto 2

O SLB oferece-se para ajudar o clube do Sado. Como e quando, nunca viemos a saber, tendo ficado tudo no segredo dos deuses. Fica a intenção altruísta de um clube que costuma "ajudar" aqueles que mais precisam, como o Salgueiros, o Alverca ou o Estoril.

Acto 3

O Setúbal, essa mesma equipa que vai em terceiro, vem jogar ao Dragão, estacionando o autocarro em frente à sua baliza e abdicando de qualquer intenção atacante. Nesse jogo, Jorginho sofre um penalty escandaloso que toda a gente viu, excepto o árbitro e, claro, 6 milhões de galinhas.

Acto 4

Em situação insustentável, os jogadores do Setúbal ameaçam fazer greve daqui a duas jornadas. Não na próxima, contra o Marítimo, mas, imagine-se, na jornada seguinte, somente dois dias depois. Quem será o adversário? Sim, vocês adivinharam.