Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Cinema Trindade: 17 anos depois!


A garantia foi dada esta quarta-feira à Lusa o responsável pela exploração da sala, que se encontra encerrada há 17 anos.

“Estamos a fazer tudo por tudo para abrir a sala no dia 26 de Janeiro. Na pior das hipóteses abrimos em Fevereiro. Isso é inquestionável! Estamos todos a fazer um esforço e com um pensamento positivo. É uma questão de dias”, declarou Américo Santos, presidente da Nitrato Filmes, a distribuidora portuguesa de cinema independente que vai explorar o Trindade.

Américo dos Santos explicou que o Cinema Trindade, que vai ter duas salas em permanente funcionamento com estreias e ciclos programados, deveria ter aberto em finais de 2016, mas houve problemas com o empreiteiro da obra, que foi obrigado a suspender os trabalhos no período das festas natalícias, surgindo também problemas que “não estavam previstos no caderno de encargos”.

“Um dos problemas que veio atrasar a obra foi o sistema elétrico, que obrigou a uma reformulação do projecto e que se está a refletir nos prazos”, acrescentou.

Américo Santos disse que a obra tem “caráter de urgência” e que estão a pressionar o empreiteiro para conseguir abrir o espaço no dia 26 de Janeiro, mas realçou, por outro lado, que “requalificar um imóvel é mais complicado do que começar um espaço de raiz”.

Com a reabertura do Cinema Trindade, o centro do Porto vai voltar a ter cinema diariamente, com a reabertura das duas salas desativadas desde o final de 2000.

Em Outubro passado, o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, anunciava a formalização de dois protocolos – um no valor de 20 mil euros com o Cinema Trindade e outro de 10 mil euros com o Passos Manuel.

Na página da Câmara pode ler-se que já está disponível o Tripass, um cartão lançado pela autarquia e que vai dar acesso ao circuito de cinema na baixa do Porto com descontos e outros benefícios nas salas do Trindade, do Teatro Municipal do Porto (Rivoli e Campo Alegre) e do Passos Manuel.

0 comentários: