Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Universidade do Porto entre as melhores do mundo em 24 áreas do ensino superior

Com o melhor desempenho de sempre no "QS World University Rankings by Subject", a Universidade do Porto surge entre as 300 melhores do mundo em 24 das áreas de ensino no mais completo e reputado ranking internacional de ensino superior.

As classificações elaboradas pela empresa multinacional Quacquarelli Symonds e disponíveis para consulta, colocam a Universidade do Porto entre as melhores do mundo em várias áreas de ensino.

O grande destaque vai para a inclusão da Universidade no 48.º lugar na área do Desporto, em estreia no ranking. Nota de relevo, também, para a presença no "top 100" das melhores universidades do mundo nas áreas de Arquitetura e Engenharia Civil e de Estruturas.

O ranking destaca também o desempenho da Universidade em vários domínios das Artes e Humanidades.

À semelhança de edições anteriores, a Universidade do Porto volta a impor-se nos domínio das Engenharias e Tecnologia, surgindo na elite mundial nos campos da Engenharia Química (151-200), Engenharia Mecânica (151-200), Ciência de Computadores e Sistemas de Informação (201-250), Engenharia Eletrotécnica (201-250).

Para além das "repetentes" Arquitetura e Línguas Modernas (201-250), a Universidade do Porto surge pela primeira vez, e logo em posições de relevo, nos rankings ligados à Arqueologia (151-200), Arte e Design (151-200) e Linguística (251-300).

Alargando a análise às restantes grandes áreas de ensino (Ciências da Vida e Medicina, Ciências Sociais e Gestão e Ciências Naturais), a Universidade situa-se no "top 200" do mundo em mais quatro domínios: Agricultura e Silvicultura, Farmácia e Farmacologia, Ciências Ambientais e Educação.

Estes resultados confirmam a tendência de subida que a Universidade tem vindo a registar anualmente no "QS World University Rankings by Subject". Em 2016, a UP era referenciada em 16 áreas, mais três do que em 2015. Já em 2014, foi classificada no top 350 mundial em apenas sete áreas de ensino.

Para a elaboração da edição 2017 do "QS World University Rankings by Subject" foram analisadas mais de 4.200 universidades e 10.000 cursos de todo o mundo[daqui]

0 comentários: