Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

João Koehler merece todo o meu respeito!

(…) Recorde-se que João Koehler referiu que "a situação mais grave até foi em Lisboa, quando tentaram incendiar o autocarro da equipa de hóquei em patins do FC Porto no qual podia ter morrido toda a gente": "Isto, sim, foi grave, não se compara com meia dúzia de pedras".

"Há um ambiente muito crispado porque as pessoas sentem-se injustiçadas porque há uma suspeita enorme sobre os quatro campeonatos que o Benfica conquistou e é normal que quem queira ver futebol se revolte", acrescentou o empresário.

João Koehler disse mesmo que o Benfica pôs-se "a jeito" para que isto acontecesse: "No futebol português há tanta matéria para ser julgada... um sentimento de impunidade e depois queixam-se que os autocarros são apedrejados. É algo que não devia acontecer mas, como se diz no Porto, põem-se a jeito". (daqui)

0 comentários: