Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Percurso pelo "quartier" parisiense do Porto Oriental

(imagem de Miguel Nogueira)

O ciclo de Percursos Culturais visita nesta semana a zona do Bonfim, onde os emigrantes regressados com dinheiro do Brasil e ideias de Paris escolheram fixar-se, no final do século XIX.

Com início pelas 15 horas de Terça-feira, 12 de Março, no Largo de Soares dos Reis, o percurso vai recordar os muitos "brasileiros de torna-viagem" endinheirados, que passaram a habitar a freguesia naquela época. De passagens por Paris, tinham trazido ideias que fervilhavam na então "capital da Europa" e transformaram o Bonfim num quartier parisiense, fazendo surgir casas beaux arts em jardins tropicais.

O Porto Oriental tornou-se, então, o ponto de confluência de culturas díspares, como se constatará sob a orientação da museóloga e historiadora de arte Isabel Andrade Silva.

Este percurso, que está incluído na programação do Museu da Cidade, tem um custo de 3 euros e a duração de cerca de duas horas. 

+Info: percursos.culturais@cm-porto.pt | 223 393 480
(daqui)

0 comentários: