Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Cabras

Talvez por ainda não se ter esquecido dos gloriosos tempos em que, ao lado do seu marido e mais alguns fundamentalistas da extrema esquerda portuguesa, andou a amedrontar o país, Maria José Morgado continua com os mesmos hábitos terroristas que feriram e mataram muitos inocentes. É verdade que as armas e as bombas estão neste momento postas de lado, mas o terror da camarada Mizé continua bem presente no espirito dela, ao ponto de agora acusar inocentes sem provas concretas (Pinto da Costa não é o primeiro, nem será o único a quem a injustiça bateu à porta) só porque a opinião pública e alguns cabecilhas de Lisboa assim o exigem.

E quando a principal testemunha dá o dito por não dito ou a escritora do livro diz ter pactuado com mentiras, a procuradora enterra a cabeça na areia como costuma fazer a avestruz e acusa o Presidente do FC Porto porque sabe que foi para isso que a meteram naquele lugar.

Mas pronto, parece que afinal os terroristas que estão ao serviço de Lisboa e costumam dizer que Pinto da Costa é culpado de tudo e mais alguma coisa, hoje tiraram férias.

<>


Como é possível que a autora confessa de um crime, a Sra. Carolina, fique impune?
E para mais com este fundamento incrível:


“… o depoimento auto incriminador da ex-companheira do líder portista, não acompanhado de outras provas que o confirmem, «é de tal maneira frágil que não deve sustentar uma acusação».


O Ministério Público sustenta mesmo que

"... o depoimento de um co-arguido não corroborado por outros meios de prova não pode ser atendível, considerando que a sua valoração é ilegal e inconstitucional.”

Mas alguém me pode explicar porque motivo a confissão de um crime não é base para, pelo menos, ser a autora alvo de acusação, MAS AS SUAS PALAVRAS NÃO ACOMPANHADAS DE OUTRAS PROVAS, TENHAM SERVIDO PARA A MIZÉ (RE)ABRIR VÁRIOS INQUÉRITOS CONTRA O SENHOR PRESIDENTE PINTO DA COSTA?