Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Lisboa ataca! Atenção Portucalenses!

· Excelente crónica de Rui Moreira no Público: «Como diria Jorge Fiel, este país é uma mesa de snooker inclinada, onde tudo corre para o buraco lisboeta. E, se é lá que está o poder e os seus protagonistas, se é lá que tudo acontece, se é lá que decorrem os jogos de bastidores, se é para lá que vai migrando a riqueza e a inteligência, se é lá que estão as agências de publicidade e de comunicação e também a economia semipública que as abastece, não será inevitável que os media optem, ou sejam obrigados a optar, por também lá estar?»

· Já agora, será verdade que a nova pide lisboeta e os seus sicários, protegendo a palavra de Carolina contra Pinto da Costa, vão calar Bexiga dando-lhe um lugar na CP? Na blogosfera podemos ler acerca disto aqui e aqui.

· Ao contrário do que ocorre na Região Norte, abandonada pelo poder de lisboa, aquela maldita cidade tem sempre o estado protector a safar as suas empresas da falência. Ricardo Arroja detecta-o aqui.