Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Os telhados de vidro de Berardo

Berardo volta a especular impunemente

O empresário Joe Berardo, conhecido especulador, tem andado numa roda via a criticar um sem número de pessoas ligadas ao BCP. O mesmo grupo de pessoas que através da gestão daquele banco lhe possibilitaram, segundo a revista Visão, a arrecadação de 200 Milhões de euros em 18 meses...

Começo a achar que a "brincadeira" tem como objectivo a ridicularização do BCP e a assim possibilitar a ascenção do "seu" banco do benfica... É só uma "forte" impressão...

O sujeito Berardo, já todos perceberam, não é flor que se cheire: a fortuna está assente em negócios pouco esclarecidos, tais como aquele apontado pelo relatório "Apartheid grand corruption" elaborado pela "Van Zyl Commission of Enquiry", na África do Sul, que afirma que o senhor empresário exportou ilegalmente, para o Funchal, 297 espécimes de "South African cycads", árvores extremamente raras e em perigo de extinção.
De acordo com aquele relatório, Berardo que apenas recebeu permissão para transportar as árvores do "Eastern Cape" para o "Transvaal", em vez disso enviou-as para fora do País, depois de ter declarado ao "Reserve Bank" Sul-africano que o seu valor era R22,300 (ZAR2005=R104,943 => 10 mil euros). O verdadeiro valor da compra foi dez vezes mais R285,000 (ZAR2005=R1,341,202 => 138 mil euros), configurando fraude de colarinho branco.
Depois os outros é que pretendem "retirar benefícios financeiros pessoais"...
Para trás fica a inexplicável OPA ao Sport Lisboa e Benfica, alegadamente efectuada no concluio com outro "interessante" empresário de pneus, e que se espera venha a ser severamente punida pela CMVM...