Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

De Aurélia de Sousa a Júlio Resende. O Porto visto (e pintado) por 41 artistas

Pintura de Dordio Gomes

De Abel Salazar a Júlio Resende, de Fernando Lanhas a Dominguez Alvarez, a exposição "Porto com Sentido" reúne obras de 41 artistas plásticos que retrataram o Porto ao longo dos últimos 60 anos.

A Ponte D. Luís I, os barcos no Douro, as ourivesarias, alfaiates e outros negócios da Invicta são algumas das paisagens que artistas como Aurélia de Sousa, Albuquerque Mendes, Fernando Lanhas e Dominguez Alvarez gravaram a óleo e aguarela nas suas telas. Os quadros estão reunidos na exposição “Porto com Sentido”.
As obras estão expostas na Fundação Manuel António da Mota, situada no Mercado Bom Sucesso, e foi organizada em colaboração com a Cooperativa Árvore. Ao todo, são dezenas de pinturas de 41 artistas plásticos. Em comum, o facto de terem retratado a cidade Invicta ao longo dos últimos 60 anos. A exposição é acompanhada por um catálogo com textos de Fátima Lambert e Germano Silva.
Pintura de Lima de Carvalho

“Uma experiência que pretende ser simultaneamente uma viagem pela história da arte e da cidade, num percurso que evidencia a ligação emocional de cada artista à cidade do Porto, abrindo as consciências de cineastas e fotógrafos para paisagens de intrínseca e intensa fotogenia”, pode ler-se na apresentação da exposição.
“Porto com Sentido” pode ser visitada gratuitamente até ao dia 28 de Fevereiro, de segunda a sexta-feira das 10h às 18h, sábados, domingos e feriados das 12h às 18h. [notícia daqui]

0 comentários: