Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Hotéis lotados no Porto para passagem de ano e “a 70% no Natal”

As taxas de ocupação nos hotéis de 4 e 5 estrelas do Porto aproximam-se dos 100% na passagem de ano e dos 70% no Natal, destacando-se um aumento de 20% no turismo rural na região Norte.

 
As taxas de ocupação nos hotéis de 4 e 5 estrelas do Porto aproximam-se dos 100% na passagem de ano e dos 70% no Natal, destacando-se um aumento de 20% no turismo rural na região Norte.

Na passagem de ano, o Porto explode. Neste momento já há taxas de ocupação na ordem dos 90%, mas acredito que na última semana, com reservas de quinta-feira até domingo, a ocupação nesta área do Fim de Ano está a 100%, até porque os próprios hotéis têm um conjunto de propostas aliciantes em termos de ‘réveillon’ e porque os municípios têm propostas de animação”, declarou esta sexta-feira à Lusa o presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira.

No Hotel The Yeatman, por exemplo, a taxa de ocupação para a Passagem de ano está “lotada”, conta o diretor Jan-Erik Ringertz, referindo que o Porto “começa a ser um “destino de eleição para muitos turistas”.

“Já não é só no verão que temos taxas de ocupação consideráveis, mas também nestas épocas festivas. Neste momento, o The Yeatman está com uma taxa de ocupação muito elevada para o Natal e lotado para o ano novo já há algum tempo. O Porto está na moda, é uma cidade que tem evoluído imenso, sobretudo ao nível do turismo, e o The Yeatman também tem sentido essa evolução”, declarou.

A ocupação da Passagem de ano no Hotel InterContinental também já está lotada, um facto que confirma uma “tendência” verificada nos anos anteriores, conta à Lusa Ana Espregueira Mendes, diretora de vendas do Hotel InterContinental.

Para o Natal e, segundo dados fornecidos pela TPNP, a média de ocupação situa-se nos 70%, mas há unidades hoteleiras em que nesta época natalícia já estão perto da lotação esgotada, como são os casos dos hotéis de 4 e 5 estrelas localizados na Área Metropolitana do Porto.

O Grande Hotel do Porto, por exemplo, vai estar “com lotação esgotada nas noites de Natal e de Passagem de ano Novo, tanto a nível das taxas de ocupação hoteleira, como a nível de refeições”, revelou António Moreira, chefe de receção daquela unidade localizada na Baixa do Porto.

Segundo António Moreira, que trabalha naquela unidade hoteleira há mais de 30 anos, é a “primeira vez na vida do Grande Hotel do Porto que a nível de quartos vai estar completo na noite de 24 para 25”, com a noite a custar 149 euros e a ceia 40 euros por pessoa.

Um dado novo para o Turismo do Norte em 2016, classificado por Melchior Moreira como um “fenómeno”, é que o alojamento em unidades de turismo em espaço rural nalguns concelhos do Porto e Norte aumentou acima dos 20% em relação a 2015 e há actualmente unidades com ocupação esgotada.

“No Minho, em Trás-os-Montes e no Douro, neste período de Natal, há já uma procura de um conjunto de famílias para ocuparem estas casas em termos de turismo para ocupação rural. Comparativamente com o ano anterior, esta procura subiu acima dos 20%” na região”, declarou Melchior Moreira, referindo que o fenómeno se explica pelo investimento privado na recuperação de algumas unidades hoteleiras dotando-as de “melhores condições de conforto” e “programas”.

Numa análise “mais fina”, verifica-se que no Porto e Norte, em relação às festividades do Natal, há um “crescimento em toda a região na ordem dos 15 a 20% e nas festividades de Ano Novo, o crescimento aumenta na ordem dos 30 a 40%, com o Porto a estar praticamente a 100% e o resto dos sub-destinos — Minho, Douro e Trás-os-Montes -, estarão numa média de 90% em termos de ocupação, o que é “relevante para a economia regional”, conclui o presidente da TPNP.
[daqui]

0 comentários: