Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Os Cursos Técnicos de outrora e os doutores de hoje

Nós próprios andamos na faculdade. Obrigamos os filhos a grandes notas e bons desempenhos para entrarem na universidade. Cursos e mestrados. Pós-graduações. Saímos para o mercado de trabalho e é comum percebermos que afinal não sabemos nada de prático. Só teorias. Ganhamos uma miséria (eu há perto de 10 anos que não sou aumentado, pelo contrário).
Tive um problema com a sanita. Chamei um técnico. Limpo, educadíssimo e competente: problema resolvido em 5 minutos por 180 euros mais iva!!!
Vale a pena a universidade? Outrora, no meu tempo jovem, fiz o Curso Comercial no Oliveira Martins. Continuei a estudar mas os meus colegas com o canudo comercial tiveram todos emprego. Sabíamos de cálculo financeiro, contabilidade, direito comercial, dactilografia, para além das línguas e outras cadeiras tradicionais como a matemática. Ainda hoje entendo e falo o francês e o inglês que lá aprendi. Quem optava pelo Infante D Henrique, tirava Cursos Industriais: electricista, mecânico e outros.
Isso tudo acabou e hoje em dia todos os pais querem os filhos doutores para depois verem as criaturas a penarem por ter emprego e ganhaaram pouco mais de 500 paus... Muitos continuam a sair para o estrangeiro.

Desentupir uma sanita: 180 paus por 5 minutos ! Ide ser doutores para o raio que os parta!

0 comentários: