Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

O artigo da semana de Miguel Sousa Tavares

Já muitos de nós, Dragões, o afirmaram: este homem é imbatível quando escreve a defender o Porto. Quando fala do Porto era muito melhor não o ter feito (ainda que aqui ou ali acerte).

O artigo de MST que pode (DEVE) ser lido aqui ou aqui  merecia mais referências à podridão boifiquista. Por isso deixo aqui algumas apreciações:

· Já agora o MST poderia ter igualmente mencionado o testa-de-ferro-motorista-do-presidente-encornado que recebia e traficava droga com colombianos dentro das instalações do clube lisboeta, onde era responsável pelas … relações internacionais. Lembramo-nos da rapidez com que os encornados disseram nada ter com o assunto e a placidez ingénua com que a PJ logo o concluiu sem sequer ter feito algumas inquirições. Percebe-se, pois, que a impunidade permita sem pestanejar a recente e muito divulgada aliança encornada a um clube colombiano, em que o pneumático presidente Vieira (cujo passado “empoeirado” é por todos comentado) manifesta com regozijo o lançar da “semente” (da papoila, digo eu).

· Já agora o MST poderia ter questionado a impunidade fiscal e financeira do presidente encornado, sendo por todos conhecido, que de forma directa ou indirecta, beneficia de perdões fiscais e de dívidas de milhões e milhões de euros.

· Já agora o MST também poderia ter feito referência à vergonhosa e camuflada forma de manipulação sobre os árbitros dos vouchers, inicialmente negada, depois travestida de refeição do dia, mais tarde em 160 euros e recentemente desvalorizada pelo mesmo presidente, que, lembre-se, referiu a propósito dos vouchers que nenhum árbitro se corrompe por …. 300 ou 400 euros !!!! Fantástico! Lembram-se do apito dourado? Desse ordinário e escatológico processo criado unicamente para aniquilar o FC Porto? A ser verdade o que inventaram mas que todos os tribunais, curiosamente de lisboa, todos eles sem excepção consideraram não existir qualquer ilícito de corrupção (e não foi porque as escutas terem sido consideradas inválidas, como “eles” dizem), os tais cafés com leite e chocolatinhos deveriam ser realmente de ouro puro!

· Já agora o MST poderia ter mencionado a outra vergonhosa forma de manipulação de árbitros, como o escreveu Jorge Coroado, que afirma que membros de uma claque não organizada (e dos 3 grandes vocês já adivinharam qual é a claque não organizada) foram incentivados para frequentar cursos de arbitragem com promessas de subidas rápidas ao primeiro escalão. O objectivo deve ter sido idêntico ao “tão inocente” e abafado caso em que a Fundação boifica financiou, com o INATEL a formação de jovens árbitros de futebol… Com isto até se percebe que alguns dos actuais “jovens promissores árbitros” do 1º escalão da arbitragem já eram internacionais sem terem sequer arbitrado qualquer jogo da 1ª Liga!!! Fantástico! E que sejam criteriosamente colocados a arbitrar conforme manda o dono… Com isso até percebemos que os encornados tenham praticamente passado uma época inteira com apenas 26 cartões amarelos e zero expulsões, apesar da violência comprovada pelas imagens com que os seus jogadores atendiam alguns lances (veja-se o paradigma de Maxi Pereira antes e depois de ter lá sido jogador), já para não falar das grandes penalidades inventadas a favor e das perdoadas contra…

Mas esta gentinha boifiquista e toda a imprensa vendida e igualmente corrupta não vê estas coisas, que são factuais e comprovadas! Antes pretendem desvalorizar os triunfos do FC Porto, sonegar até notícias de conquistas (lembrem-se da Taça Intercontinental e da forma como a imprensa lisboeta (não) mencionou o facto) ou evidenciar méritos duvidosos em desfavor de actos meritórios (o golo de Kelvin, dizia na altura a primeira página da Bola, caiu do céu, mas no recente jogo do Dragão, o marcador encornado foi destacado em primeira página como “herói do povo”)…

É por isso que eu digo e reafirmo, com total desprezo e até ódio por essa gentinha: o FC Porto tem vários adversários e um inimigo: o clube de carnide e os seus dirigentes e apoiantes, sejam do norte ou do sul, sejam adeptos, dirigentes ou jornalistas!

0 comentários: