Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

(II) Watergate português: por mais que a escumalha da esquerda (presidente incluído) queiram abafar a verdade ...

O maior segredo que o caso CGD ameaça desvendar é que este governo não tem condições para governar, e que a sua mítica “habilidade” é feita das “habilidades” e dos “erros de percepção mútuos” que vimos aqui ou na Concertação Social. Por vezes, dá “trapalhada”. Como poderia ser de outra maneira, quando o governo é chefiado por um político derrotado nas eleições e sustentado por dois partidos contrários a tudo o que é preciso fazer para garantir o financiamento do Estado e o relançamento da economia? Como poderia o governo viver de outro modo, senão pactuando com todo o tipo de facções e de interesses (veja-se, a propósito, a promessa de estender aos “grandes devedores” da banca uma “especial atenção”)? E como poderia resolver eventuais contradicções entre as várias facções e interesses, a não ser cultivando toda a espécie de “erros de percepção mútuos”?

0 comentários: