Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

A liga Salazar ainda não acabou: hoje o jogo na Vila das Aves provou-o


Alertámos ainda antes deste jogo: a gatunagem anda à solta. Confirmou-se. Pela terceira vez esta temporada, o boifica beneficia de um penálti inventado pouquíssimos minutos depois ter sofrido um golo. Neste caso, com a agravante de Jonas fazer uma falta claríssima segundos antes de a bola chegar à area.
Neste campeonato, o boifica não precisa de reagir aos golos sofridos. Os gatunos reagem por si. O de hoje é Nuno Almeida, o famoso Ferrari vemelho. Chamem-lhe colinho, andor, o que quiserem. É uma vigarice e não é de hoje. A Liga Salazar ainda não acabou.



Este senhor chama-se Derley e, no início da época, rescindiu com o boifica e assinou pelo Desportivo das Aves.
Até ao momento, nesta temporada, participou em seis dos sete jogos para os quais esteve disponível (falhou dois, por estar suspenso). É um dos melhores jogadores do Aves.
Apesar de, teoricamente, nada o impedir de defrontar o boifica, uma vez que não está emprestado, hoje foi remetido para o banco.
Uma opção que, a ser meramente técnica, é muito estranha, mas que tem uma explicação muito simples: o boifica, uma vez mais, 'ofereceu' jogadores a adversários da Primeira Liga, mas com a salvaguarda (ilegítima e ilegal) de não jogarem contra si. Com isso, fortaleceu esses clubes para os jogos contra os seus rivais e garantiu aliados políticos (para as votações na Liga, por exemplo), ao mesmo tempo que os fragilizou para os jogos contra si.
Se isto não é desvirtuar uma competição e a verdade desportiva, não sabemos o que será.

MAIS CURIOSIDADES:

0 comentários: