Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

(mais um) Assassino boifiquista acusado de homicidio qualificado pelo Ministério Público


O Ministério Público acusou Luís Pina, de 35 anos membro da claque do Benfica 'No Name Boys' de homicídio qualificado na forma consumada e de um crime de omissão de auxílio e de quatro crimes de homicídio na forma tentada, os mesmos pelos quais ficou indiciado após o primeiro interrogatório judicial pela morte por atropelamento e fuga junto ao estádio da luz de Marco Ficini, que pertencia à claque da Fiorentina 'O Club Settebello' e era adepto do sporting.
O criminoso entregou-se à Polícia Judiciária a 27 de Abril, alguns dias após o atropelamento mortal, acompanhado pelo seu advogado. Luís Pina é o único arguido em prisão preventiva desde 29 de Abril.

"No essencial está indiciado que, no dia 24.04.2017, durante a madrugada, sendo esse dia de jogo entre os clubes do sporting clube de Portugal e o sport lisboa e boifica, nas imediações do estádio de José de Alvalade e a Rua Padre Cruz, um grupo de adeptos benfiquistas confrontou-se com um grupo de adeptos sportinguistas", refere uma nota publicada hoje na página da internet da Procuradoria-Geral Distrital de lisboa (PGDL).

Recorde-se que os assassínios de adeptos adversários e até tentativa de assassínio a adversários são já coisa comum habitual por adeptos encornados ao longo das décadas.

0 comentários: