Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

I Encontro da Bluegosfera Portista: rescaldo

Petulantemente solicitei a permissão de estar presente no encontro da bluegosfera portista. Embora o meu blogue não seja exclusivamente dedicado ao FC Porto, é essencialmente um caderno diário de um Nortenho que ama as suas raízes e luta contra o colonialismo e centralismo lisboeta, é, claro, também Portista. Sócio desde 1976 (embora frequentasse o estádio desde pequenino, pela mão do meu irmão Zé Luis), já sou possuidor de uma larga história de acompanhamento e defesa do meu amado Clube. Foi pois com satisfação que vi a inscrição ser aceite e foi com curiosidade e prazer que entrei, num sábado de calor fantástico, no Auditório José Maria Pedroto, bem dentro das entranhas do "georgio armani" dos estádios mundiais, o Estádio do Dragão.
Um painel exigente mas de temática pertinente, provocou um alongar do tempo previsto. Além de me permitir conhecer algumas figuras no universo virtual com as quais "convivo" diáriamente, permitiu perceber a grandeza do FCPorto, a inteligência dos interlocutores, a visão apaixonada mas também racional da temática clubística. Apresentações bem construídas, coloridas com a diversidade necessária, mas sempre com a presença da marca Porto, da mística, da paixão. Excelente tertúlia!
Fiquei emocionado com a presença e dissertação do Alexandre Figueira, um algarvio que ama o FCPorto e escreve no Azul ao Sul e fez o periplo desde Faro para nos honrar com a sua presença, divertido com o José Teles, o "guarda abel" do Pobo do Norte, a visão da Fernanda Roxo e do Luis Marques, a necessária e obrigatória crítica visão contabilística do José Correia, as questões pertinentes do Ricardo Costa . "Chorei" também pelo fim do basquetebol e com a mensagem emocionada de Moncho Lopez, esperando como todos que seja apenas uma ligeira interrupção de uma modalidade num clube que se quer eclético e cujas modalidades de alta competição tantos triunfos e alegrias nos dão e tanto respeito criam nos adversários que nos tecem elogios e admiração... Carambas, o futuro está assegurado, e de que maneira...
Apreciei as explicações do director de comunicação do FCPorto, mas espero que medidas rápidas sejam tomadas para melhor reflectir a imagem do clube, quer nos média, quer no mundo virtual (aquele site não lembra o diabo)...
Bem hajam os organizadores, o FCPorto por ter disponibilizado o auditório e instalações.
Enfim, uma excelente tertúlia que merece ser repetida. O FCPorto somos também nós!

Obs.: podem ver imagens do encontro aqui no Fotos da Curva

1 comentários:

Caro Kosta de Alhabaite,

Antes de mais, muito boa tarde. Queria agradecer-lhe pelo simpático comentário que deixou no meu estaminé. Sendo de alguém tão vincadamente nortenho e portista, foi uma honra para mim.
Infelizmente, por lapso, em vez de responder ao comentário tentei enviar um mail. Sem sucesso, claro está, e por isso a demora na resposta, pela qual peço-lhe que não leve a mal.
Já agora, no seu artigo faz-me oriundo de Portimão, e eu, ainda que nada tenha contra os meus conterrâneos do barlavento, sou de Faro.

Cumprimentos

Alexandre Figueira