Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Autonomia Regional - "Nortugal"


Publicado no Blog "Instituto Futurista"

O debate entre nós, nortugueses, (naturais do Norte de Portugal) é muitas vezes alimentado pelo coração em prejuízo da cabeça, esse órgão essencial na análise e avaliação. Temos o “coração perto da boca”, circunstância que impede a emergência da lucidez e do raciocínio. Vem esta reflexão a propósito da discussão entre nós sobre a antiga reivindicação de mais autonomia regional, fruto do centralismo político e económico desequilibrador do desenvolvimento do nosso país.

A regionalização pressupõe maior autonomia e mais liberdade como desenvolvimento. É aqui que qualquer ideia ou projecto autonómico deve ser alicerçado. Não se trata apenas de um campeonato de PIB’s ( o meu PIB é maior que o teu, o meu carro é melhor que o teu, etc.) mas de um outro campeonato, o do desenvolvimento sustentável; sermos efectivamente livres e responsáveis pelo nosso desenvolvimento presente e futuro. Mas antes de avançarmos para o resgate da nossa autonomia temos que fazer uma espécie de auto-análise profunda e avaliativa; o que efectivamente tem falhado? Quais os pontos negros do nosso subdesenvolvimento crónico? Quais os factores endógenos e os exógenos que determinam tamanha persistência? Onde procurar a energia que nos liberte definitivamente deste antigo estado atrofiado que estorva o nosso desenvolvimento?

0 comentários: