Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Cuidado Ocidente porque isto é o Islão: selvajaria



A tal "religião da paz", com exemplos fantásticos dessa mesma, hum, "paz" e "amor" pelo próximo, no Irão, Sudão, Iemen, Afeganistão e nos milionários reinos do golfo, é na realidade uma religião adaptada aos propósitos terríveis de lideres religiosos que não passam de carniceiros e terroristas. Hoje, chegado do Sudão, temos o caso de uma mulher brutalmente açoitada por um polícia sudanês. As imagens das agressões mostram uma mulher aterrorizada e rodeada de homens grita e chora, sabendo o seu destino imediato. "Fechamos-te dois anos na prisão se não de vergas e te sentas no chão", ameaça um homem vestido com o uniforme da polícia do Sudão, antes de iniciar o ataque. "Devem ser 53 chicotadas", diz outro dos homens presentes, segundo as legendas do vídeo.

Perante as gargalhas da assistência, a mulher pede clemência: "Já chega! Já chega!" Pedido ignorado. A violência continuou. É um acto de pura crueldade. Mas a justiça do Sudão já abriu uma investigação para apurar se o castigo em causa está previsto no Código Penal do país!!! Percebem, se estiver, tudo bem, açoitem à vontade, torturem e humilhem... Segundo se consta o motivo que levou os agentes a agredir a mulher foi o facto daquela ter usado calças!!!


Muito gostava eu que aqueles andróides que defendem estes regimes muçulmanos vivessem naqueles antros de brutalidade e sofressem das mesmas sevícias...

3 comentários:

No islão, na prática, maomé assassinou allah, ao deixa-lo sem fala e sem espírito.

 

Lembrar, que no islam, allah andava às ordens e fazia as vontades a maomé.
Imagine se assim não fosse.