Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Ex-dirigente dos "Encornados" foge da prisão


"Ex-dirigente do Benfica escapa de prisão no Brasil
Luís Moreira e um preso por sequestro evadiram-se de noite. Guardas podem ter ajudado
Há cerca de quatro meses, Luís Jorge Lopes Moreira, ex-responsável da equipa de futsal do Benfica, vinha a público queixar-se das condições desumanas em que se encontrava detido na prisão de Itaitinga 3, no Ceará, Brasil, acusado de bigamia, falsificação de documentos, fraude, burla qualificada e branqueamento de capitais. As autoridades mudaram-no para instalações mais acessíveis, o quartel central do Corpo de Bombeiros, em Fortaleza, enquanto o Supremo Tribunal de Justiça analisava o pedido de extradição emitido por Portugal, onde é acusado de burlas no valor de 4,5 milhões de euros. Anteontem à noite, juntamente com um brasileiro detido por sequestro - José Leite -, fugiu da prisão, encontrando-se a monte.
Queixou-se de ter sido torturado com sacos de plástico na cabeça, para não respirar, de comer as refeições com fezes e de ter de beber água do chão. Após o apelo, as autoridades brasileiras retiraram-no daquela que é considerada uma das piores prisões do Brasil e detiveram-no no Corpo de Bombeiros. Anteontem, pela calada da noite, evadiu-se. Há quem diga que o cadeado da cela foi serrado, informação desmentida pelo capitão Márcio Albert a uma televisão daquele país.
"Ao início da noite, notámos a ausência de dois presos, o Luís Jorge e o José Leite, e mobilizámos homens para os procurar. Não há sinais de arrombamento na cela e já foi aberta uma investigação para apurar se houve responsáveis por esta fuga. O nosso circuito interno de televisão também vai ajudar a apurar as causas."
Detido no Brasil desde 30 de Março, Luís Moreira actuava em conjunto com um outro português, Carlos Lage, tendo este sido detido pela polícia federal em Junho passado. Ambos são acusados de, munidos de procurações falsas, abordarem construtores civis em Portugal e venderem-lhes terrenos que não eram propriedade sua.."

0 comentários: