Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Apito Dourado: Equipa de Maria José Morgado sob investigação

O procurador-geral da República, Pinto Monteiro, decidiu mandar investigar as denúncias de Ana Salgado, irmã de Carolina Salgado, segundo as quais não terá sido isento o comportamento dos elementos da equipa de Maria José Morgado, procuradora-geral adjunta, na investigação do alegado envolvimento do presidente do FC Porto, Pinto da Costa, no caso “Apito Dourado”, noticia o semanário “Sol”. Em declarações feitas por escrito àquele semanário, Pinto Monteiro afirma que será levado a cabo um “pormenorizado inquérito não só ao teor das declarações prestadas” por Ana Salgado, gémea de Carolina, mas, ainda a “tudo aquilo que as envolve”. Pinto Monteiro acrescenta que “tomar-se-ão depois as medidas que se venham a mostrar necessárias e adequadas”. O procurador-geral da República satisfazia desta forma a curiosidade jornalística do “Sol”, que pretendia saber o que aconteceu à certidão do depoimento de Ana Salgado, que o Ministério Público do Porto fez chegar ao DIAP de Lisboa, no dia 10 deste mês. O “Sol” ouviu também Maria José Morgado sobre esta situação, mas a procuradora-geral adjunta limitou-se a afirmar que “o tempo dirá de que lado está a verdade”!!!

A acusação de manipulação contra o Ministério Público não podia ser mais comprometedora. É uma acusação de parcialidade e de perseguição !. E a verdade é que tem sido dada cobertura consciente e continuada a essa manipulação, desde o início.