Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

A "deusa" Morgada

Há já vários anos que Maria José Morgado tem vindo a ser endeusada por uma certa comunicação social. Não conheço a pessoa em causa, mas não posso deixar de me espantar com o reconhecimento público que lhe é granjeado a propósito das suas alegadas façanhas profissionais. Relembro que Maria José Morgado é procuradora da república, sendo de sua incumbência a investigação criminal. Essa investigação terminará com um arquivamento ou uma acusação, ambos da sua responsabilidade enquanto magistrada do Ministério Público. No entanto, o bom trabalho de uma procuradora não se afere pelo elevado número de acusações proferidas, mas sim por uma elevada taxa de condenações a final, ou seja depois de concluído o respectivo julgamento. Até agora, assistimos a inúmeras acusações em processos mediáticos, faltando ainda realizar os julgamentos. É bom de lembrar que cada absolvição por insuficiência ou falta de provas representará um cartão vermelho aos procuradores que dirigiram as investigações. É por isso que espero que a disponibilidade que a comunicação social tem tido para com Maria José Morgado e sua equipa não esmoreça quando as sentenças aparecerem.