Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

JN - o jornal do Porto?

Tomei a liberdade de "pedir emprestado" este post de Rui Farinas, que, conjuntamente com Rui Valente, Antonio Alves e Miguel Barbot, escrevem nesse magnífico Renovar o Porto .
Li, reconheci verdade da tese e assino por baixo.


"Que o Jornal de Notícias se tem abastardado, sobretudo depois que passou a pertencer à familia Oliveira, e deixou de ser um veículo de comunicação do Porto e do Norte do país, é sobejamente conhecido. Se ao menos tivesse incrementado o seu nivel de qualidade informativa e literária, ainda vá que não vá, mas a qualidade dos redactores continua pelas ruas da amargura e envergonha o jornalismo diário nacional. Porque continuarei eu então a insistir em "bater no ceguinho"? Porque acho que um silêncio prolongado acaba por ser uma forma de conivência com a mediocridade, que inclui ainda uma tendência anti-Porto e até anti-FCPorto. Não estou a inventar nada e se duvidam leiam o jornal com atenção.

Raramente compro o JN. Hoje comprei. Verifico então que, a propósito do actual surto de gripe, é publicado com grande destaque o horário alargado dos Centros de Saúde a que os doentes podem recorrer, mas ... apenas os Centros de Saúde de Lisboa e arredores! Sem comentários.

Já agora, e a propósito, nunca entendi porque motivo o JN não publica a grelha de programas do Porto Canal, nem sequer no suplemento das sextas feiras onde têm lugar todos os canais, incluindo aqueles que são uma chachada e que ninguém vê. Será que o Porto Canal um dia ofendeu o Sr.Oliveira e agora, como retaliação, é ignorado pelo jornal? Por simples curiosidade gostava de saber o motivo, alguém me poderá esclarecer?
(...) Não percamos a coragem de combater tudo o que em nossa consciência está errado e necessita de ser alterado. "
Rui Farinas