Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Palhaço: Vítor Constâncio diz que devia ganhar menos

Vítor Constâncio admitiu hoje implicitamente que o salário do governador do Banco de Portugal é muito elevado, aceitando por isso que a sua remuneração venha a ser reduzida. Constâncio lembrou no entanto que isso «não depende» de si (mais aqui)"

Realmente, ganhar o que ele ganha e depois vir dizer coisas destas:

Vítor Constâncio: economia não se encontra em recessão técnica (na Lusa, PÚBLICO)
Constâncio diz que, ao contrário da economia portuguesa, as restantes economias europeias estão em recessão. O governador do Banco de Portugal disse que a economia portuguesa não se encontra em recessão técnica (dois trimestres consecutivos com o PIB negativo), reagindo aos números divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística que confirmam uma queda em cadeia (0,1 por cento) da economia no terceiro trimestre."Portugal não está em recessão técnica, a Europa está", disse o governador no almoço promovido pela Câmara do Comércio e Indústria Luso-espanhola. "As previsões mais recentes apontam para uma recessão de menos meio por cento em 2009 na Zona Euro", acrescentou o governador, referindo que essa recessão será "global". A economia portuguesa recuou 0,1 por cento no terceiro trimestre face aos três meses anteriores, arriscando entrar em recessão técnica ainda este ano caso se repita uma nova diminuição do PIB no quarto trimestre do ano. Em valores homólogos, a riqueza cresceu 0,6 por cento no terceiro trimestre do ano, de acordo com o INE. Segundo as Contas Nacionais Trimestrais que o INE divulgou hoje, as taxas de variação em cadeia e homóloga do Produto Interno Bruto (PIB).