Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Porto, a cidade que nos une

Turismo: Porto vai ter a "melhor loja da Europa"

A futura loja de turismo do Porto vai ser "a melhor da Europa" e deve abrir "no início do segundo semestre de 2012", disse à Agência Lusa o presidente da entidade regional Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP).
Denominada Porto Welcome Center, a loja terá 400 metros quadrados de superfície e ficará localizada atrás do Hotel Intercontinental, na Baixa portuense, referiu ainda Melchior Moreira.
O responsável falava à margem do 1º Congresso Internacional de Gastronomia e Vinhos do Porto e Norte de Portugal, que começou hoje e termina sexta-feira na Exponor, em Matosinhos.
O Porto Welcome Center faz parte da rede de 53 lojas que vão abrir noutros tantos municípios da região nos próximos dois anos, sendo vistas como um "projecto de alavancagem turística" para a região.
Melchior Moreira considera tratar-se de um "projecto inovador", com potencial para revolucionar o turismo regional porque "toda a informação" sobre a oferta turística regional passará a estar "em rede", ficando assim acessível em qualquer localidade.
"É um projecto único e uma grande vantagem" para os turistas, indicou o presidente da TPNP.
O Aeroporto Sá Carneiro terá também uma loja destas, mas cuja abertura deverá ocorrer na Páscoa do próximo ano.
Numa segunda fase, a TPNP ambiciona abrir unidades semelhantes nos aeroportos de Faro e de lisboa e, por fim, avançar para a internacionalização, instalando-se em cidades que hoje drenam regularmente turistas para o Porto e região envolvente, através dos voos de baixo custo.
Na abertura do congresso, Melchior Moreira disse que o evento é "mais uma ação estruturante da Turismo do Porto e Norte de Portugal", contribuindo para reforçar a importância da gastronomia e dos vinhos, "enquanto produto estratégico deste destino".
O responsável acrescentou que este produto "vem ganhando cada vez mais adeptos", tendo referido que a Europa regista "mais de 600 mil viagens de uma ou mais noites de duração e cujo principal motivo de deslocação são a gastronomia e os vinhos".
Neste sentido, a TPNP pretende "dar um passo decisivo para a qualificação dos processos e dos serviços e para a diferenciação e competitividade da região no sentido de se afirmar como um autêntico "Destino Turístico Gastronómico e Vitivinícola", com uma oferta devidamente organizada em parcerias estratégicas".
A propósito, Melchior Moreira adiantou à Lusa que o orçamento da entidade regional a que preside, que atualmente é de 2,3 milhões de euros anuais, "vai crescer 70 por cento em 2012, aproveitando sobretudo os fundos comunitários disponíveis".

Por Agência Lusa, publicado em 24 Nov 2011 - 14:15 , in Jornal I



0 comentários: