Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Serei só eu? Estou farto de ouvir falar em fado!


Anda afoitos os lisbotas. Esquecendo os milhões que já foram gastos na divulgação daquela moda triste de lisboa, querem fazer crer ao mundo que o fado é uma qualquer coisa fundamental a esse mesmo mundo...

Uma canção marialva, cantada originalmente por bêbados nas tavernas de lisboa, adoptada por uns quantos parasitas, com ares de doutores da música... Irra, detesto os gemidos aos quais chamam fado. É uma canção sulista, mais concretamente lisboeta, que não nos diz nada. Mesmo assim, as rádios e televisões de lisboa não se calam com a trampa da coisa. Digam lá se isto não é uma maneira de colonialismo!?

0 comentários: