Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Seja rosa ou laranja, do governo de lisboa vem sempre a mesma trampa: COLONIALISMO E CENTRALISMO

Os ataques repetem-se, o esbulho mantém-se, a centralização em lisboa cresce, o colonialismo sobre as regiões do país aperta cada vez mais.
Este governo está a reeditar e a refinar os recentes ataques dos governos de Sócrates: atrás de uma coisa designada "troika", inventam quesitos cujo resultado é o reforço astronómico do centralismo na capital do império onde cresce a concentração todos os centros de decisão e poder, assim como esmagam e conduzem as regiões de Portugal à simples condição de contribuintes líquidos. 
Os desvios de milhões e milhões de euros das regiões para a capital é já um clássico obsceno do procedimento pornográfico dos poder do terreiro do paço, com particular prejuízo do Norte. 
Recentemente desenterraram a vontade de constituir uma única entidade para gestão dos portos, com sede e boy em lisboa... Leixões, o único porto de mar rentável e lucrativo de Portugal será usado para pagar os prejuízos dos outros, sendo o centro de decisão e competência desviado para lisboa, a colonial. 
Agora, sabe-se que 800 milhões de euros dedicados por Bruxelas à Euro-Região Galiza-Norte de Portugal irão ser desviados. O biltre governo de lisboa, decidiu que as verbas deixarão de ser aplicadas na linha Porto-Vigo, destino original do apoio europeu, e reverterão directamente a favor da ligação de Lisboa a Madrid e aos troços em estudo, como Poceirão-Caia, isto para não falar na terceira travessia do Tejo !!!

Ou seja, ROUBAM AO NORTE PARA METER O DINHEIRO NO CÚ DE LISBOA! UMA VEZ MAIS!
Até quando os Nortenhos vão ficar calados e quietos? Até quando?

0 comentários: